sexta-feira, 23 de julho de 2021

GTSM1 lança nova bicicleta full suspension com melhor custo benefício da categoria

Com o melhor custo/benefício da categoria, a GTSM1 Rav3 Blue/Orange Edition é uma bicicleta de alta performance desenvolvida em parceria com Márcio Ravelli


GTSM1 lança a RAV3 - Foto: Divulgação / GTSM1


A GTSM1 anunciou esta semana a inclusão de um novo modelo de bicicleta full suspension à linha de bicicletas desenvolvidas pelo em parceria com o multicampeão de MTB, Márcio Ravelli.

O novo modelo divulgado pela GTSM1 é a RAV3 Blue/Orange Edition, que possui quadro GTS de Carbono Super light modular Toray T700 com suspensão Mastershock MT-30 Air Tapered Boost e grupo Shimano Deore M6100 1x12.

Segundo Ravelli, o modelo é ideal para amadores que buscam alta performance. "Este é um dos modelos mais básicos da linha PRÓ, ideal para quem está evoluindo no cross country ou outras modalidades. É um modelo de transição para atletas amadores que estão começando a competir em alta performance", explica o campeão.

Pesando cerca de 12,5 Kg, a bicicleta GSTM1 RAV3 conta com suspensão Mastershock MT-30, o grande diferencial desta edição limitada, pois permite que atletas intermediários usufruam de um componente profissional. O sistema de 12 velocidades Shimano Deore garante muito versatilidade para o uso misto em diferentes modalidades do mountain bike.

Detalhes da bicicleta GTSM1 RAV3 - Foto: Divulgação / GTSM1


"Os componentes da GTSM1 RAV3 Blue/Orange Edition são resistentes e eficientes. Conseguimos desenvolver uma bicicleta que irá ajudar muitos ciclistas que vivem esta transição para o profissional pois possui o melhor custo/benefício do mercado", conclui Ravelli.

Preço e disponibilidade da GTSM1 RAV3


A nova GTSM1 RAV3 Blue/Orange Edition pode ser adquirida nas revendas da marca em todo o país e também no site da própria marca.

A RAV3 está disponível nos tamanhos 16", 18" e 20" pelo valor de R$ 19.999,00.
Leia mais...

quinta-feira, 22 de julho de 2021

Bernardo Cruz e Diego Knob garantem vitória na 1ª etapa da P.Cycle Enduro Series

Com vitórias na pró e nas e-bikes, Sense Factory enduro foi melhor equipe


Bernardo Cruz Sense Factory Enduro - Foto: Brunosebastiao_fotografo / Equipeolharfotografico


No último domingo, dia 18 de junho, a cidade mineira de Inhaúma foi palco da primeira etapa da P.Cycle Enduro Series 2021. Com mais de 250 inscritos, a competição reuniu alguns dos maiores nomes do enduro do Brasil e, num clima de grande confraternização e troca de experiências, a Sense Factory Enduro conquistou excelentes resultados, com direito inclusive ao prêmio de melhor equipe do fim de semana. 

Na categoria pró, o piloto Bernardo Cruz mais uma vez mostrou porque é considerado um dos maiores nomes das modalidades de gravidade dentro e fora do Brasil. As trilhas montadas no Cheira Céu Bike Park misturam altas velocidades, elevado nível técnico e muitos trechos de mata e, nas três especiais da categoria pró, o piloto da Sense Factory Enduro mostrou uma enorme consistência para vencer na somatória final dos tempos. 

“A prova foi muito legal e tivemos uma troca de experiências muito intensa com os meninos da base. Foi um evento bem familiar, com a amizade, a fraternidade e a diversão que são a cara da Sense”, comentou Bernardo.

“Comentei outro dia com meus amigos o tanto que tenho orgulho de fazer parte desse time, e o tanto que eu admiro o Henrique Ribeiro, CEO da Sense, não só como pessoa, mas também como amante do esporte. É uma marca nacional que, através dessas competições, mostra para o Brasil e para o mundo inteiro que estamos com uma marca que pode andar de igual para igual com as importadas, e isso é bom demais”, finalizou o campeão. 

Knob venceu na categoria e-bike


Além de Bernardo, Diego Knob também teve motivos de sobra para comemorar. Isso porque, há cerca de dois meses, o piloto que compete na categoria e-bike sofreu uma apendicite e acabou ficando praticamente todo este tempo sem subir na bicicleta. Em sua reestreia, o ciclista de Petrópolis levou a vitória na somatória das quatro especiais criadas para as e-bikes, mostrando que quem é rei nunca perde a majestade.

Diego Knob Sense Factory Enduro - Foto: Brunosebastiao_fotografo / Equipeolharfotografico


“A prova foi muito bacana, e marcou meu retorno às pistas depois de dois meses parado por conta de uma apendicite. Eu não estava esperando muito e não havia criado expectativa de ter um rendimento tão alto nessa prova, porque é normal voltar com um ritmo mais baixo”, comentou Knob.

“Mas, a bike se comportou muito bem no percurso todo, e me senti muito à vontade com o equipamento e com o terreno. Estava com muita vontade de pedalar, já que estava há tempos sem andar, e isso me deixou com a energia aflorada. Estava com a cabeça leve e tranquila por estar novamente andando de bicicleta, e acho que isso foi um dos fatores fundamentais para entregar fluidez e diversão nos pedais. No fim, tudo deu certo e estou muito feliz. O resultado me anima para as provas de Enduro e XCO que tenho para o resto da temporada. Voltei com tudo”, comemorou Knob.

Foto: Brunosebastiao_fotografo / Equipeolharfotografico
Leia mais...

quarta-feira, 21 de julho de 2021

Olimpíadas de Tóquio: programação completa das provas de ciclismo



E aí, está preparado para madrugar para conseguir assistir os Jogos Olímpicos de Tóquio? Para os apaixonados por ciclismo, preparamos a agenda com todos os eventos de bike com o horário de Brasília para que você possa acompanhar.

Se liga na programação e bora torcer, principalmente por Henrique Avancini, Jaqueline Mourão, Luiz Cocuzzi, Renato Rezende e Priscilla Stevaux que são os brasileiros que estarão disputando.

Programação do ciclismo nas Olimpíadas de Tóquio


Ciclismo de estrada nas Olimpíadas de Tóquio


Masculino

23/07, sexta-feira: Final - 23h
27/07, terça-feira: Final do contrarrelógio - 23h30

Feminino

25/07, domingo: Final - 1h
28/07, quarta-feira: Final do contrarrelógio - 2h

Mountain Bike Cross-country em Tóquio 2020


Masculino

26/07, terça-feira: 3h

Feminino

27/07, quarta-feira: 3h

BMX Racing nos Jogos Olímpicos


Masculino

28/07, quarta-feira: Quartas de final – Bateria 1 22h00
28/07, quarta-feira: Quartas de final – Bateria 2 22h42
28/07, quarta-feira: Quartas de final – Bateria 3 23h24
29/07, quinta-feira: Semifinais – Bateria 1 22h00
29/07, quinta-feira: Semifinais – Bateria 2 22h31
29/07, quinta-feira: Semifinais – Bateria 3 23h02
29/07, quinta-feira: Final 23h40

Feminino

28/07, quarta-feira: Quartas de final – Bateria 1 22h21
28/07, quarta-feira: Quartas de final – Bateria 2 23h03
28/07, quarta-feira: Quartas de final – Bateria 3 23h45
29/07, quinta-feira: Semifinais – Bateria 1 22h15
29/07, quinta-feira: Semifinais – Bateria 2 22h46
29/07, quinta-feira: Semifinais – Bateria 3 23h17
29/07, quinta-feira: Final 23h50

Ciclismo BMX freestyle park nas Olimpíadas de Tóquio


Feminino

30/07, sexta-feira: Classificação - 22h10
31/07, sábado: Final - 22h10

Masculino

30/07, sexta-feira: Classificação - 23h20
31/07, sábado: Final - 23h20

Ciclismo de pista em Tóquio 2020


A programação do ciclismo de pista começará sempre às 3h30 distribuída conforme as datas a seguir.

2 de agosto

- Classificatória – Sprint por equipes feminino
- Classificatória – Perseguição por equipes feminino
- Primeira rodada – Sprint por equipes feminino
- Classificatória – Perseguição por equipes masculino
- Finais – Sprint por equipes feminino

3 de agosto

- Primeira rodada – Perseguição por equipes feminino
- Classificatória – Sprint por equipes masculino
- Primeira rodada – Perseguição por equipes masculino
- Primeira rodada – Sprint por equipes masculino
- Finais – Perseguição por equipes feminino
- Finais – Sprint por equipes masculino

4 de agosto

- Classificatória – Sprint individual masculino
- Primeira rodada – Keirin feminino
- Finais – Sprint individual masculino
- 3 Repescagens – Keirin feminino, Sprint individual masculino feminino
- Finais – Perseguição por equipe masculino
- Finais – Sprint individual masculino 1/16

5 de agosto

- Omnium – Scratch masculino
- Finais – Sprint individual masculino
- Quartas de final – Keirin feminino
- Repescagem – Sprint individual masculino
- Omnium – Contrarrelógio
- Quartas de final – Sprint individual masculino
- Semifinal – Keirin feminino
- Omnium – Prova de eliminação
- Finais Keirin feminino
- Finais Keirin feminino
- Ominium masculino – Prova por pontos
- Sprint individual masculino – disputa do 5º a 8º lugares

6 de agosto

- Classificatória – Sprint individual feminino
- Semifinal – Sprint individual masculino
- Finais – Sprint individual feminino
- Repescagem – Sprint individual feminino
- Madison feminino
- Finais – Sprint individual masculino
- Finais – Sprint individual feminino

7 de agosto

- Finais – Sprint individual feminino
- Keirin – primeira rodada masculino
- Repescagem – Sprint individual feminino
- Repescagem – Keirin masculino
- Quartas de final – Sprint individual feminino
- Madison masculino

8 de agosto

- Omniun Scratch feminino
- Semifinal Sprint individual feminino
- Quartas de final Keirin masculino
- Omnium contrarrelógio feminino
- Sprint individual feminino disputa do 5º a 8º lugares
- Semifinal Keirin masculino
- Finais do Sprint individual feminino
- Omnium prova de eliminação feminino
- Finais Keirin masculino
- Finais do Keirin masculino
- Omnium prova por pontos feminino

Foto: Boris Beyer / Red Bull Content Pool




Leia mais...

terça-feira, 20 de julho de 2021

Cancelamento das Olimpíadas de Tóquio não está descartado

CEO dos jogos olímpicos não descartou possibilidade cancelamento durante entrevista coletiva




Às vésperas do início dos jogos olímpicos de Tóquio e abertura do evento, o chefe do comitê organizador, Toshiro Muto, não descartou o cancelamento de última hora das competições.

Durante coletiva de imprensa nesta terça-feira (20), Muto foi questionado se as Olimpíadas de Tóquio poderiam ser canceladas devido ao crescente número de casos de covid-19 no Japão e declarou que está atento ao número de infecções e em contato contínuo com os organizadores para as discussões necessárias.

"Não podemos prever o que acontecerá com o número de casos do novo coronavírus. Por isso, continuaremos as discussões se houver um aumento", disse Muto.

Toshiro Muto ainda afirmou que "nesse momento, os casos de coronavírus podem aumentar ou diminuir, então vamos pensar sobre o que devemos fazer quando a situação surgir".

Chegada dos atletas para as Olimpíadas de Tóquio


Os primeiros participantes das Olimpíadas - atletas e dirigentes - começaram a chegar em Tóquio no dia 1º de julho. Dentre esses credenciados, houve 67 casos de coronavírus.

Na segunda-feira, 19 de julho, dois atletas testaram positivo para covid-19, já no Japão. Ao todo, há cinco casos confirmados de pessoas com o vírus na Vila Olímpica.

Em meio ao aumento de casos de covid-19 em Tóquio, os jogos olímpicos, adiados em 2020 por conta da pandemia, serão realizados sem espectadores.
Leia mais...

sexta-feira, 16 de julho de 2021

Associação convoca voluntários para realização da pesquisa nacional Perfil do Ciclista 2021

Acipe convoca voluntários para pesquisa Perfil do Ciclista 2021 - Foto: Acipe / Facebook


A Associação dos Ciclistas de Petrópolis (Acipe) realiza, até o dia 20 de julho, o cadastro de voluntários para a produção da pesquisa nacional Perfil do Ciclista 2021. O levantamento será feito em todo o território nacional pelas organizações Transporte Ativo, LabMob e Observatório das Metrópoles e irá gerar um documento que, em Petrópolis (RJ) servirá, também, para fundamentar a confecção do Plano Diretor Cicloviário (PDC), que está em fase de preliminar elaboração dentro da Comissão Especial de Mobilidade Cicloviária, que ocorre na Câmara Municipal de Vereadores desde o início de 2020

“Os voluntários terão papel fundamental no fomento de políticas públicas no município, no que diz respeito à ciclomobilidade. Ou seja, nas ações que pensam a integração da bicicleta como meio de transporte seguro em nossas vias”, lembra a presidente da Acipe, Isabela Guedes.

A presidente da Acipe destaca também que a coleta de dados é um ponto de partida fundamental para a elaboração do PDC. “Com base em informações como: quais são as pessoas que utilizam a bicicleta na cidade; como elas se deslocam; quantas vezes na semana fazem esse deslocamento; qual o trajeto, nós geramos subsídios para os gestores públicos, engenheiros de tráfego e urbanistas pensarem soluções para tornar esse modal de transporte mais viável”.

Esta é a primeira vez que a Acipe, ou seja, Petrópolis, participa da aplicação da pesquisa. “Por aqui, nossa meta é entrevistar 654 ciclistas que usam a bicicleta como meio de transporte pelo menos uma vez na semana. Os dados precisam ser coletados em diferentes pontos da cidade, especialmente em vias que interligam bairros. E a coleta deve ser realizada entre segunda e sexta-feira, justamente para ter como alvo os ciclistas que usam a bicicleta como meio de transporte”, ressalta a presidente da associação de ciclistas.

O objetivo do levantamento é de que os dados supram parte da grande necessidade de informação sobre a ciclomobilidade em Petrópolis e alimentem o PDC, cujo desenvolvimento iniciará em breve. “O planejamento da cidade, das rotas e da infraestrutura necessária para estimular o uso da bicicleta parte do levantamento de dados. Um bom plano cicloviário servirá de base para pensar as políticas públicas não apenas de um governo, mas das gestões futuras. Ele é um documento que deve ser seguido no planejamento viário, assim como o Plano de Mobilidade Urbana”, destaca a arquiteta e Urbanista Alline Serpa, do Núcleo de Arquitetura e Urbanismo da Acipe.

A pesquisa será aplicada, presencialmente, de 16 de agosto a 16 de setembro, seguindo todos os protocolos de segurança sanitária (distanciamento, uso de máscara e higienização com álcool em gel). “Os pontos de coleta de dados ainda estão sendo definidos”, informa a presidente da associação, que lembra que os voluntários precisam ser maiores de 18 anos, serem pessoas com facilidade de comunicação e que desejam conhecer um pouco mais sobre o uso da bicicleta como meio de transporte em deslocamentos cotidianos. 

“Eles trabalharão em duplas, ao ar livre, em dias úteis, e irão entrevistar um ciclista de cada vez, não havendo aglomeração. Também haverá cadastro para voluntários trabalharem inserindo as informações da pesquisa presencial no sistema online, sem sair de casa. Indicado para pessoas que não terão disponibilidade em participar presencialmente, mas possuem facilidade com computadores, tenham boa atenção e capacidade de concentração”, afirma Guedes. 

O levantamento conta com o apoio da Prefeitura de Petrópolis, por meio da Companhia Petropolitana de Trânsito e Transportes (CPTrans), da Coordenadoria de Planejamento e Gestão Estratégica (CPGE) e da secretaria de Esportes, além da Câmara Municipal de Vereadores de Petrópolis. “Para os estudantes universitários, a participação na pesquisa ainda resultará em horas complementares”, informa Guedes.

Para se cadastrar para ser voluntário na pesquisa é só acessar o link https://docs.google.com/forms. Mais informações também podem ser obtidas pelo e-mail acipe.br@gmail.com ou pelo telefone (24) 98837-2638.

Foto: Acipe / Facebook
Texto: Acipe com adaptações de Foto e Bike
Leia mais...

quinta-feira, 15 de julho de 2021

Olimpíadas de Tóquio: conheça o perfil dos atletas do ciclismo brasileiro

Ateltas do ciclismo brasileiro em Tóquio 2020 - Foto: CBC


A menos de 10 dias para o início oficial dos Jogos Olímpicos de Tóquio, que começam oficialmente no dia 23 de julho, através da cerimônia de abertura, no Estádio Olímpico, os brasileiros estamos confiantes no bom desempenho dos atletas que representarão o país no ciclismo, que tem grandes nomes e ainda conta com a boa fase de nomes como Henrique Avancini


A atual edição dos Jogos Olímpicos terá um número recorde de 33 esportes, sendo 339 eventos disputados em 42 sedes diferentes. A festa de encerramento será realizada no domingo, 8 de agosto, no mesmo local.

O ciclismo brasileiro vai estrear em Tóquio com os atletas Henrique Avancini e Luiz Henrique Cocuzzi, na prova masculina de Mountain Bike XCO, que será disputada realizada no dia 26 de julho. Jaqueline Mourão participa da prova feminina no dia 27. Ambas as disputas estão programadas para largar as 3h da manhã (horário de Brasília) e serão realizadas na pista que foi montada na montanha de Izu, a 120km da capital.

No BMX Racing, os brasileiros Renato Rezende e Priscilla Stevaux competem nos dias 28 e 29 de julho.  As provas serão realizadas a partir das 22h00 (horário de Brasília), na pista de BMX SX do Parque Esportivo Urbano de Ariake. As datas são referentes ao calendário do Brasil, considerando o fuso de +12h referente ao Japão.

Conheça o perfil dos atletas da equipe brasileira de Ciclismo para as Olimpíadas


Henrique Avancini

Modalidade: Mountain Bike XCO
Clube/Equipe: Cannondale Factory Racing
Idade: 32 anos
Altura: 1,76m
Peso: 68kg
Local de nascimento: Petrópolis (RJ)

Por influência do seu pai (Ruy Avancini), Henrique Avancini protagonizou as suas primeiras pedaladas ainda com 8 anos de idade.

De lá para cá, foram muitos títulos nacionais (17x), continentais e internacionais, incluindo a vitória na etapa da Copa do Mundo (República Tcheca/2020) e vários outros pódios a nível mundial, chegando a liderar o ranking internacional durante um longo período na última temporada.

Hoje, Avancini é considerado uma das grandes esperanças de medalha do Time Brasil.

Jaqueline Mourão

Modalidade: Mountain Bike XCO
Clube/Equipe: Trek Brasil
Idade: 45 anos
Altura: 1,70m
Peso: 54kg
Local de nascimento: Belo Horizonte (MG)

Jaqueline Mourão comemora em Tóquio a sua sétima participação em Jogos Olímpicos, sendo três de verão e quatro de inverno. Trata-se de uma das atletas entre todas as modalidades com maior número de participações olímpicas representando o país.

Foi medalhista de bronze no Pan de Lima 2019, cinco vezes campeã brasileira, entre outros títulos importantes conquistados ao longo da sua carreira.

Luiz Cocuzzi

Modalidade: Mountain Bike XCO
Clube/Equipe: Lar Nossa Senhora Aparecida
Idade: 27 anos
Altura: 1,80m
Peso: 74kg
Local de nascimento: São Paulo (SP)

Luiz Henrique Cocuzzi é fruto do Lar Nossa Senhora Aparecida. O ciclismo faz parte da sua vida desde a infância. Sua primeira competição foi ainda aos oito anos de idade.

Entre os seus principais resultados, estão a medalha de ouro no Campeonato Pan-Americano (2018), na Colômbia, e a prata nos Jogos Sul-Americanos (2018), em Cochabamba.

Renato Rezende

Modalidade: BMX Racing
Clube/Equipe: Bicho do Mato Clube
Idade: 30 anos
Altura: 1,72m
Peso: 77kg
Local de nascimento: Rio de Janeiro (RJ)

Renato se profissionalizou em 2008, com 17 anos de idade. Os primeiros resultados expressivos vieram pouco depois, já em 2010, quando conquistou a medalha de bronze nos Jogos Sul-Americanos de Medellin.

Depois, em 2014, Renato ficou com o ouro nos Jogos Sul-Americanos de Santiago, e recentemente foi 4º colocado no Pan de Lima em 2019. O atleta acumula pódios em Pan-Americanos, Torneios Continentais e diversas outras competições.

Priscilla Stevaux

Modalidade: BMX Racing
Clube/Equipe: Associação BMX de Indaiatuba
Idade: 27 anos
Altura: 1,55m
Peso: 55kg
Local de nascimento: Sorocaba (SP)

Priscilla estreou nos Jogos Olímpicos na Rio 2016. Entre os seus principais resultados, destacam-se a final do mundial Junior (2011), campeã pan-americana (2018), 4ª colocada nos Jogos Pan-Americanos de Toronto (2015) e Lima (2019), além de ser tetracampeã brasileira.

Foto: Divulgação / CBC
Leia mais...

quarta-feira, 14 de julho de 2021

Pista que sediou final da CIMTB 2020 em Carandaí (MG) abrirá para treinos mensalmente

Trecho da pista da Fazenda Sossego, em Carandaí (MG) - Foto: Fotop / CIMTB


Após intenso pedido dos atletas, a pista da Fazenda Sossego, em Carandaí (MG), que sediou o Campeonato Mineiro de 2020 e a final da Copa Internacional Michelin de Mountain Bike 2020, abrirá um final de semana por mês para treinos.  O primeiro final de semana será nos dias 31 de julho e 1 de agosto, sábado e domingo respectivamente.

“Depois do Campeonato Mineiro, em novembro do ano passado, muita gente nos pediu para andar na pista. Mas, na época, sentimos que ainda não estávamos preparados para dar total segurança, conforto e qualidade para os atletas que viessem na fazenda. Agora, depois da final da CIMTB Michelin, os pedidos aumentaram e, então, decidimos organizar as agendas para abrir a pista todo mês”, explica Rogério Bernardes, organizador da CIMTB Michelin.

A diária custará R$ 50,00 por ciclista, que terão toda a estrutura necessária para passar o dia, incluindo socorrista, sinalização e marcação de segurança na pista. Além disso, a fazenda oferecerá vestiários com duchas, banheiros limpos e bebedouros. Os atletas também poderão contar com uma lanchonete com lanches rápidos para manter a energia.

“O principal é que as trilhas estejam impecáveis. Vamos dar toda a manutenção para deixar nas mesmas condições que elas estavam nas competições”, garante Rogério. O atleta que se interessar pode ficar atento às redes sociais da CIMTB Michelin para mais informações sobre as datas de abertura. A Fazenda Sossego fica localizada no distrito de Pedra do Sino, em Carandaí, a cerca de 120 quilômetros de Belo Horizonte e 300 km do Rio de Janeiro. O acesso ao local é feito pela BR 040, no km 657 da rodovia.

Para reservar sua vaga é só enviar um e-mail para info@cimtb.com.br com os nomes das pessoas com o comprovante de pagamento feito pelo pix 11.868.215/0001-45 em nome da Fazenda Sossego.

Foto: Fotop / CIMTB
Leia mais...

terça-feira, 13 de julho de 2021

CBC e Aliança Bike lançam nota de repúdio ao humorista Murilo Couto


A Confederação Brasileira de Ciclismo (CBC) e a Aliança Bike publicaram nota de repúdio às declarações do humorista Murilo Couto que viralizaram nas redes sociais no último domingo, 11 de julho.

No vídeo, Murilo Couto faz uma piada de péssimo gosto sobre o atropelamento proposital de ciclistas, o que, de acordo com nota da Aliança Bikes, mesmo sendo uma piada pode promover mortes. "A atitude do humorista pode ser interpretada como incitação ao crime (art. 286 do Código Penal) e discurso de ódio, travestidos de "humor".

A CBD afirmou que a apresentação de Murilo Couto, além de debochar da prática do ciclismo, "incentiva e incita o ódio e a violência contra os ciclistas".

"Os ciclistas já são diariamente alvos da insegurança no transito, resultando muitas vezes em atropelamentos e acidentes fatais. Então, sem nenhuma graça, não cabe humor nem piada nesse assunto. Atropelar ciclistas é crime", declarou a CBC.

Também nós do blog Foto e Bike repudiamos veementemente a 'brincadeira' do humorista Murilo Couto. Da mesma forma, repudiamos de todos aqueles que aplaudiram e ainda os que manifestaram apoio ao que foi dito pelo humorista, pois, como repetimos várias e várias vezes: sobre a bicicleta vai uma vida.


Leia mais...

quinta-feira, 24 de junho de 2021

Giugiu Morgen volta ao Brasil após temporada europeia bem sucedida

Com prova na Suíça, Petropolitana encara dia de forte calor para finalizar sua primeira temporada europeia do ano com ótimos desempenhos e muito aprendizado




No último domingo, dia 20 de junho, a petropolitana Giuliana Morgen concluiu sua última prova em sua primeira temporada na Europa em 2021. A competição aconteceu em Gränichen, na Suíça, contando como terceira etapa da Proffix Swiss Bike Cup. Giugiu encerrou sua participação com a vigésima terceira colocação, e a vencedora do dia foi a francesa Tatiana Tournut.

A prova foi realizada sob um forte calor, o que mais uma vez testou os limites de Giugiu: nas últimas semanas, a atleta da Sense Factory Racing encarou as mais variadas condições climáticas, indo de dias muito frios, com chuva e temperaturas quase congelantes, passando por dias mais amenos até chegar no fortíssimo calor na competição suíça deste final de semana.

“Não me senti muito bem hoje (domingo), mas acho que faz parte. Não larguei bem e o corpo não respondia. Não consegui fazer força nos pedais. Hoje não obtive o resultado esperado, mas saio satisfeita com essa temporada na Europa. Estou aprendendo como meu corpo funciona com tanta exigência”, afirmou Giugiu, que completou 18 anos na última semana.

Seis provas em sete semanas


A primeira temporada europeia de Giugiu em 2021 começou há cerca de sete semanas e, de lá pra cá, ela ficou sem competir apenas na semana passada. Neste meio tempo, Giugiu passou pela Alemanha, República Tcheca, França e Suíça - tudo isso depois de um período de 15 dias de quarentena em Portugal. 

Na Alemanha, a petropolitana participou da etapa de Albstadt da Copa do Mundo de MTB, tendo fechado a prova na vigésima primeira colocação. Depois disso, já na República Tcheca, a atleta superou muito frio e chuva para chegar em décimo nono na etapa de Nové Město da Copa do Mundo de Mountain Bike.

Nas semanas seguintes, ainda na República Tcheca, Giugiu andou muito bem, fechando em quinto lugar na Izomat MTB Cup e em quarto lugar, apenas sete dias depois, na Strabag MTB Cup XCO. Uma semana depois, a petropolitana participou de uma das etapas da Copa França de MTB, finalizando em sexto lugar. 

Todas as provas aconteceram em circuitos de elevada exigência técnica, com a presença de atletas de altíssima performance. No Campeonato Mundial de Mountain Bike Cross-Country Olímpico, principal objetivo de Giugiu nesta temporada, boa parte delas estará presente - o Mundial de MTB 2021 acontece no dia 25 de agosto em Val di Solle, Itália. 

“Essa temporada aqui na Europa serviu para minha evolução física e também pessoal, já que tive que resolver muitas coisas em relação à viagem, aos treinos e competições. Estarei presente nas próximas provas e agradeço a todos que torceram por mim, e também a todos os meus patrocinadores. Agora, é hora de voltar ao Brasil e treinar mais”, finalizou Giugiu. 

De volta ao Brasil, Giugiu está com presença confirmada na final da Copa Internacional de Mountain Bike, competição que acontece nos dias 2 e 3 de julho em Carandaí, Minas Gerais. Depois disso, a atleta larga na Internacional Estrada Real, competição que será realizada na cidade mineira de Santana dos Montes, no dia 13 do mesmo mês.

Foto: Divulgação / Sense Factory Racing
Leia mais...

terça-feira, 22 de junho de 2021

Etapa final da CIMTB 2021 será em Araxá

Devido às reformas do Tauá Grande Hotel, a etapa de Araxá foi adiada para o final de semana de 26 a 28 de novembro


CIMTB


Com as reformas do Tauá Grande Hotel Thermas de Araxá, a organização da Copa Internacional Michelin de Mountain Bike (CIMTB Michelin) decidiu adiar a etapa que acontece nas dependências do estabelecimento para o final de semana de 26 a 28 de novembro. A previsão é que o estabelecimento esteja funcionando normalmente nesta data.

Sem a infraestrutura do hotel, a qualidade da competição ficaria prejudicada, por isso a organização preferiu tomar esta decisão. A partir de hoje, a rede hoteleira entrará em contato com todos que já fizeram reservas para realocar as diárias.

“Em novembro, a competição ocorrerá normalmente na pista e na área externa das dependências do Tauá Grande Hotel. O evento não teria a mesma qualidade sem os 280 apartamentos e toda a infraestrutura oferecida pela rede. Além disso, a prefeitura de Araxá e os parceiros da região estarão empenhados para realizarmos a 19º edição consecutiva na cidade”, disse Rogério Bernardes, organizador da CIMTB Michelin.

Em breve a CIMTB divulgará mais informações sobre inscrições e você pode acompanhar o podcast deles em qualquer plataforma. Basta buscar por “cimtb” no seu player preferido. Também há o Instagram, no @cimtb, onde postam novidades sobre a copa e o mundo do ciclismo, além de dicas, sorteios e imagens incríveis.

Foto: Fábio Piva / CIMTB
Leia mais...

sexta-feira, 18 de junho de 2021

Pista da final da CIMTB 2020 estará aberta para treinos no fim de junho



Conforme a anunciado pela organização da Copa Internacional de Mountain Bike (CIMTB), a final da temporada 2020 foi transferida de Congonhas para Carandaí e os atletas que quiserem treinar na pista poderão aproveitar o sábado e o domingo, 26 e 27 de junho, para reconhecer o traçado, das 8h00 às 17h00. 

A organização da copa montará uma estrutura com estacionamento, banheiros, duchas e água potável ao lado da pista. Quem quiser almoçar, existem várias opções na cidade de Carandaí e próximo da fazenda no distrito de Pedra do Sino.

Esta será a única janela de oportunidade para o reconhecimento antes da véspera da competição, sexta-feira, 2 de julho, quando o complexo já estará fechado ao público e apenas atletas inscritos com seus acompanhantes poderão ter acesso. Todos deverão cumprir os protocolos de segurança básicos enquanto não estiverem treinando, com o uso de máscara, distanciamento social e a aplicação de álcool em gel com frequência.

A pista está passando pelos ajustes finais, com o apoio da Prefeitura Municipal de Carandaí, antes de ser liberada para os treinos. O local foi utilizado para as corridas do Campeonato Mineiro 2020, em novembro e dezembro do ano passado. O traçado considerado “raíz” pelos competidores favorece uma disputa franca e muita diversão pelas estradas da fazenda e nos diversos single tracks pela área de reflorestamento e reserva natural.

“Estamos trabalhando com a prefeitura de Carandaí para deixar a pista perfeita para os treinos e para o dia das provas. Sobre o traçado, eu destaco as dezenas de trilhas, estradas pela fazenda e o pump track em descida logo antes da chegada, que promete trazer muitas emoções, ainda mais porque será um alternativo com outra opção ao lado”, comenta Rogério Bernardes, organizador do evento.

O pagamento será somente pelo PIX da Fazenda Sossego (11.868.215/0001-45) e pode ser feito antecipadamente. O comprovante deve ser enviado para a Carla no Whatsapp (31) 98835-8311 indicando os nomes e o dia que estarão treinando.

Foto: Adelson Duarte / CIMTB
Leia mais...

terça-feira, 15 de junho de 2021

Loana Lecomte e Mathias Flueckiger dominam Copa do Mundo MTB XCO em Leogang

Bikers durante prova de XCO em Leogang - Foto: Bartek Wolinski / Red Bull Content Pool


Loana Lecomte e Mathias Flueckiger dominaram a etapa da Copa do Mundo de Mountain Bike da UCI em Leogang, na Áustria, ao triunfar nas corridas XCC e XCO nos dias 11 e 13 de junho.

Embora o tempo tenha melhorado muito em relação ao Campeonato Mundial de 2020, as descidas íngremes e técnicas e as subidas muito duras permaneceram um verdadeiro teste e produziram algumas corridas brilhantes.

O brasileiro Henrique Avancini não esteve em Leogang para disputar o XCC e XCO neste ano. Em suas redes sociais o atleta relatou dificuldades logísticas relacionadas à quarentena imposta pela pandemia e que está focado nos Jogos Olímpicos de Tóquio.

Loana Lecomte venceu com folga na Elite Feminina


A francesa Lecomte já era a mulher a ser batida na terceira etapa da Copa do Mundo de MTB. Após atuações dominantes nas duas primeiras, e uma vitória no Short Track de sexta-feira só aumentou o hype.

Loana Lecomte no XCO da Copa do Mundo UCI, em Leogang - Foto: Bartek Wolinski / Red Bull Content Pool
Loana Lecomte no XCO da Copa do Mundo UCI, em Leogang - Foto: Bartek Wolinski / Red Bull Content Pool


Loana Lecomte seguiu de perto a largada rápida da campeã mundial Pauline Ferrand Prevot antes de abrir uma vantagem na primeira volta e seguir na ponta até vencer, com confortáveis ​​1m48s de folga, e somar três vitórias nas três primeiras corridas, a primeira mulher em 15 anos para alcançar a façanha.

A última volta foi cheia de ação na batalha pelos outros lugares do pódio, com a austríaca Laura Stigger no ataque e derrubando Ferrand Prevot, mas sendo ultrapassada pela campeã olímpica Jenny Rissveds.

"Tenho lutado um pouco com a minha autoconfiança nas últimas semanas, então esta foi uma corrida muito boa. Tenho treinado muito para me comprometer totalmente", disse a sueca Rissveds, de 27 anos.

No masculino, Flueckiger e Ondrej Cink foram protagonistas


A corrida masculina ocorreu de forma semelhante ao XCO de sexta-feira, com Flueckiger e o rival checo Ondrej Cink a repetir o primeiro e o segundo lugares.

Mathias Flueckiger no XCO da Copa do Mundo UCI, em Leogang - Foto: Bartek Wolinski / Red Bull Content Pool
Mathias Flueckiger no XCO da Copa do Mundo UCI, em Leogang - Foto: Bartek Wolinski / Red Bull Content Pool


Atrás deles, a luta pelas demais posições do pódio foi divertida com Anton Cooper facilmente à frente do francês Thomas Griot, que segurou o romeno Vlad Dascalu em uma finalização fotográfica pelo quarto lugar.

Flueckiger, 32, disse: "Hoje foi muito trabalho mental para mim. Cada vez mais na corrida encontrei o meu ritmo e consegui encontrar uma lacuna para Ondrej. Eu sabia que tinha que atacar porque, quando havia subidas constantes, ele era um pouco mais forte", declarou Flueckiger.

Cink acrescentou que Flueckiger "foi muito rápido nas descidas em comparação a mim, então abriu um pequeno espaço e, depois disso, tentou forçar e não consegui segurá-lo. Ele estava melhor hoje e parabéns a ele".

Os bikers voltam à ação pela Copa do Mundo de MTB no XCC e XCO em Les Gets, na França, de 3 a 4 de julho.

Top 5 no XCO em Leogang


Elite Feminina


1. Loana Lecomte - 1:17.03
2. Jenny Rissveds - +1.48
3. Laura Stigger - +1.50
4. Jolanda Neff - +2.02
5. Pauline Ferrand Prevot - +2.30

Elite Masculina


1. Mathias Flueckiger - 1:15.50
2. Ondrej Cink - +0.14
3. Anton Cooper - +0.45
4. Thomas Griot - +1.26
5. Vlad Dascalu - +1.27

Top 5 da classificação da Copa do Mundo MTB XCO 2021


Elite Feminina


1. Loana Lecomte - 1045 pontos
2. Pauline Ferrand Prevot - 680 pontos
3. Haley Batten - 669 pontos
4. Rebecca McConnell - 544 pontos
5. Linda Indergand - 533 pontos

Elite Masculina


1. Mathias Flueckiger - 794 pontos
2. Ondrej Cink - 654 pontos
3. Victor Koretzky - 623 pontos
4. Mathieu van der Poel - 570 pontos
5. Anton Cooper - 570 pontos

Fotos: Bartek Wolinski / Red Bull Content Pool
Conteúdo: Traduzido e adaptado de Red Bull Content Pool
Leia mais...

Sense Factory Racing tem fim de semana com vitória e ótimos desempenhos no Circuito Olímpico de Deodoro

Equipe da Sense Bike sai da reestreia da pista olímpica do Rio de Janeiro com vitória de Albert Morgen nas elétricas, Rubinho Valeriano em segundo e Mário Couto em quarto na Elite


Rubinho Valeriano fecha em segundo lugar - Foto: Felipe Almeida


Em um fim de semana para lá de especial, os atletas da Sense Factory Racing saem da reestreia da pista olímpica do Parque Radical de Deodoro, Rio de Janeiro, com muitos motivos para comemorar. Isso porque, no circuito que recebeu os maiores atletas do mundo no cross-country olímpico de 2016, o time oficial da Sense Bike conquistou a vitória nas e-bikes com Albert Morgen, além do segundo e do quarto lugar na elite masculina, com Rubinho Valeriano e Mário Couto. 

As competições aconteceram no último domingo, dia 13 de junho, e foram válidas pelo Campeonato Estadual de MTB XCO do Rio de Janeiro.  

Rubinho Valeriano em segundo, dando a volta por cima


Depois de um período longe das competições, o três vezes olímpico Rubinho Valeriano provavelmente sentiu-se em casa no circuito do Parque Radical de Deodoro. Afinal, nos jogos de 2016, o "R1" estava lá, batendo guidão contra as maiores estrelas do planeta no cross-country olímpico. Por isso, o palco de sua reestreia em competições de XCO alto rendimento não poderia ter sido melhor - o vencedor na elite foi Ulan Bastos, com Gustavo Xavier sendo o mais rápido da prova, porém correndo pela Sub-23. 

Rubinho Valeriano de volta em grande estilo - Foto: Felipe Almeida
Rubinho Valeriano de volta em grande estilo - Foto: Felipe Almeida


“A prova hoje foi muito disputada. Não larguei bem porque a largada foi por ordem de chegada, e por isso tive que fazer um trabalho de recuperação na primeira das seis voltas”, comentou o experiente atleta. 
 
“Isso foi legal porque deu para sentir bem minha pilotagem no meio do pelotão. Na prova, fui ganhando cada vez mais terreno e, na terceira volta, já livre dos outros atletas, botei um ritmo constante para ir até o final. Consegui andar bem por um bom tempo no grupo dos líderes, mas aí com os retardatários, acabei não conseguindo chegar no primeiro”, complementou Rubinho. 

“Fico muito feliz com o resultado, já que gosto muito de correr nessa pista. Ela é muito técnica e tem muitas frenagens e acelerações, do jeito que eu gosto de correr. Fico muito satisfeito de chegar em segundo lugar na categoria elite, e isso foi muito bom para mim. Fico muito feliz em representar minha equipe, meus parceiros e patrocinadores”, finalizou Rubinho.

Mário Couto com ótimo resultado na elite


Em seu primeiro ano, subindo da Sub-23 para a elite, Mário Couto segue forte em seu processo de evolução constante. Hoje, acelerando contra boa parte dos maiores nomes do XCO do Brasil, o jovem de Divinópolis, Minas Gerais, fechou sua participação com um excelente quarto lugar na elite.

Mario Couto na pista olímpica - Foto: Felipe Almeida
Mario Couto na pista olímpica - Foto: Felipe Almeida


“Estou muito feliz em voltar a competir em alto nível, principalmente nesta pista especial. Estou bastante satisfeito com meu desempenho nessa volta às competições de alto nível. O pelotão da Elite estava praticamente inteiro aqui, e esse é meu primeiro ano na categoria”, comentou Mario. 

“Saio muito feliz com o desempenho que consegui entregar, e ainda mais com o meu quarto lugar na elite. A prova foi disputada desde o início. Antes da largada caiu uma chuva que deixou a adrenalina ainda mais alta, e o circuito ainda mais técnico, o que trouxe uma dificuldade a mais, principalmente nos vários trechos de Rock Garden e single-track na mata”, explicou Mário. 

“Larguei muito bem e me encaixei em um grupo com os ponteiros. Na terceira volta o Rubinho conectou neste grupo. Depois, ficamos eu o ele fazendo um trabalho de equipe na quarta e na quinta colocação, mas no meio da quarta volta senti o ritmo, e comecei sentir algumas cãibras. Lutei contra elas até a sexta volta, mas mesmo assim mantive o ritmo forte, para fechar em quarto na elite e em quinto na geral”, finalizou Mário.

Albert Morgen com vitória nas elétricas


Correndo mais uma vez nas elétricas, modalidade que tornou-se especialidade desta verdadeira lenda do MTB nacional, Albert Morgen mais uma vez mostrou que barril de gasolina nunca perde o cheiro. Com mais um excelente desempenho, o Petropolitano foi o mais rápido do dia nas e-bikes, adicionando mais uma vitória para seu extenso currículo. 

Albert vence nas e-bikes - Foto: Felipe Almeida
Albert vence nas e-bikes - Foto: Felipe Almeida


“O circuito estava muito duro e técnico, já que a pista estava molhada de manhã. Foram cinco voltas com a bike escorregando bastante. Mas, como já estava afinado no percurso, consegui andar bem o tempo inteiro para fechar em primeiro”, comentou o experiente atleta. 

Na próxima semana, a Sense Factory Racing volta para as pistas, mas desta vez do outro lado do Atlântico. No dia 19 de junho, Giugiu Morgen, filha de Albert, largará na Proffix Swiss Bike Cup, competição que acontece na Suíça e encerra a temporada da atleta na Europa. 

Depois, a equipe ruma para Carandaí, em Minas Gerais, para disputar a final da Copa Internacional de Mountain Bike, no dia 2 de junho. No dia 13, o time da Sense Factory Racing está com a presença confirmada na Internacional Estrada Real, competição que acontece na cidade mineira de Santana dos Montes.

Fotos: Felipe Almeida
Leia mais...

terça-feira, 8 de junho de 2021

Henrique Avancini anuncia que não participará das etapas 3 e 4 da Copa do Mundo MTB 2021

Henrique Avancini


Henrique Avancini anunciou nesta terça-feira, 8 de junho, que não estará presente nas etapas 3 e 4 da Copa do Mundo de MTB. A decisão foi publicada nas redes sociais do atleta e os fãs foram surpreendidos pela informação, mas apoiaram.

Segundo o atleta, dificuldades logísticas relacionadas à quarentena imposta pela pandemia foram um dos fatores que pesaram sob a decisão e que, agora, o foco está nos Jogos Olímpicos de Tóquio, onde as provas de mountain bike serão disputadas entre os dias 26 e 27 de julho.

"Após considerar, junto a equipe e as pessoas que trabalham comigo, resolvemos abortar minha participação por alguns fatores como dificuldade logística com quarentena, vacinação e otimização do meu treinamento", disse Avancini em suas redes sociais.

"Acredito ser uma decisão sábia e estou confiante de que é o que deve ser feito almejando a melhor performance possível nos Jogos Olímpicos", declarou.

Henrique Avancini ainda agradeceu aos envolvidos em sua preparação "pelo comprometimento e apoio" e finalizou: "nos vemos no Japão".

A etapa 3 da Copa do Mundo de MTB acontece em Leogang, na Áustria, no dias 12 e 13 de junho. Já a etapa 4, ocorre em Les Gets, na França, em 3 e 4 de julho.

Foto: Bartek Wolinsk / Red Bull Content Pool
Leia mais...

segunda-feira, 7 de junho de 2021

Giugiu confirma evolução e fecha em 6º lugar na Copa França de MTB XCO

Giugiu Morgen


Mantendo sua sequência de provas na Europa,  Giuliana Morgen (Sense Factory Racing), participou da Copa França de MTB na cidade francesa de Guéret e finalizou na sétima colocação. A prova aconteceu no último sábado, 5 de junho, e, com o resultado, a atleta  alcançou o oitavo lugar no ranking mundial de Cross-Country Olímpico UCI Junior Séries.

Feliz com sua evolução ao longo das últimas semanas, a ciclista Giuliana Morgen (Sense Factory Racing), encerrou o fim de semana com motivos de sobra para comemorar. Competindo de forma ininterrupta desde o dia 8 de maio, quando ela participou da etapa de Albstadt da Copa do Mundo de Mountain Bike Cross-Country Olímpico, Giugiu segue em um processo constante de aprimoramento, com resultados bastante positivos. 

No último sábado, dia 5 de junho, a atleta participou da Copa França de MTB XCO, competição UCI Classe 1 válida pela UCI Junior Séries XCO, que reúne algumas das melhores ciclistas do mundo na categoria júnior. 

A prova foi realizada em um circuito bastante técnico, com passagens duras de subida e descidas desafiadoras. Mesmo correndo sem canote retrátil e de hardtail, uma Sense Impact Carbon, Giugiu mais uma vez destacou-se nos trechos que exigiam habilidade - reflexo de seu intenso treinamento em trilhas de enduro em Petrópolis, Rio de Janeiro, sua cidade natal. 

Na prova, a brasileira fechou com o tempo de 1:08:55, a poucos segundos da quinta colocada, a belga Julia Grégoire. A vencedora do dia foi a francesa Olivia Onesti. 

“A prova foi muito dura e com bastante lama. O nível das adversárias estava excelente, por isso saio muito satisfeita com minha performance”, afirmou Giugiu

O resultado garantiu mais 35 pontos UCI para Giugiu. Com isso, ela sobe uma colocação e agora ocupa o oitavo lugar no ranking mundial na categoria júnior.

Evolução física e pessoal


Mais do que ficar feliz com seu excelente sexto lugar na prova, a ciclista comemora não só sua evolução física, mas também seu crescimento pessoal. Em suas primeiras provas na Europa em 2021, Giugiu sofreu com a falta de ritmo em competições de alto nível, com o clima chuvoso e frio da Europa sendo alguns dos principais adversários do atleta. 

Porém, prova após prova, Giugiu foi reencontrando seu ritmo e, com isso, os resultados começaram a aparecer com cada vez mais consistência. Esta evolução física e a oportunidade de estar na Europa estão fazendo bem para a ciclista.

“Sinto que se eu estivesse no Brasil, não iria expandir meus limites. Tudo nesta viagem está me forçando a crescer e progredir”, comentou a atleta de 17 anos de idade. 

Giugiu Morgen após prova na França - Foto: Arquivo Pessoal


“Aqui, estou tendo que resolver tudo. Desde estar sozinha, ter a autonomia de resolver detalhes, até a questão das provas, lugares perfeitos para treinar etc. Tudo está sendo uma lição, então isso também está me deixando muito satisfeita”, finalizou.

Mais provas na Europa e na América do Sul


No dia 19 de junho, Giugiu largará na Proffix Swiss Bike Cup, competição que acontece na Suíça e encerra a temporada da atleta na Europa. De volta para o Brasil, ela vai para Carandaí, em Minas Gerais, disputar a final da Copa Internacional de Mountain Bike, no dia 2 de junho. No dia 11 do mesmo mês, ela larga na Copa Juvenil Mezuena, competição que acontece na Colômbia. 

Já no segundo semestre, ela retorna para a Europa para disputar o Campeonato Mundial de XCO, competição que acontece no dia 25 de agosto em Val di Solle, na Itália. 

Fotos: Arquivo Pessoal
Leia mais...

CBC divulga liberação do calendário de provas com pontuação para ranking nacional de ciclismo



Na última terça-feira, 1º de junho, a Confederação Brasileira de Ciclismo (CBC), divulgou comunicado oficial liberando a abertura do calendário de provas com pontuação para ranking nacional e deixando a critério de cada federação as programações estaduais.

"A abertura do calendário de provas com pontuação para ranking nacional está prevista para 01 de agosto de 2021", diz o comunicado da CBC que ainda afirma que "a inscrição de eventos deverá seguir as orientações regulamentares e serem realizadas através da Federação Estadual a partir do dia 08/06/2021".

"Adotamos essa estratégia pensando na saúde e bem-estar de todos. No momento atual, mantendo os eventos regionalizados e pontuais, evitamos que muitos atletas, treinadores, familiares e aficionados viagem para diferentes estados", diz o comunicado.

Confira a íntegra no site da Confederação Brasileira de Ciclismo.
Leia mais...
 
Copyright © 2021 Foto e Bike.com • Direitos reservados | Escreva-nos: blogfotoebike@gmail.com
Template Design by BTDesigner • Powered by Blogger
back to top