segunda-feira, 26 de julho de 2021

Pidcock é campeão olímpico de MTB nos jogos de Tóquio

Thomaz Pidcock se tornou o atleta mais jovem a vencer na modalidade em Olimpíadas. Henrique Avancini terminou em 13º.



A prova masculina do mountain bike XCO dos Jogos Olímpicos de Tóquio aconteceu nesta segunda-feira, 26, e o britânico Thomaz Pidcock fez uma prova impecável para conquistar o lugar mais alto do pódio e o ouro olímpico.

Além de conquistar a vitória, Pidcock, que tem 21 anos, também se tornou o atleta mais jovem a vencer na modalidade.

Mathias Flueckiger ganhou a medalha de prata após cruzar a linha de chegada com 20 segundos atrás de Pidcock. O espanhol David Serrano Valero completou o pódio com a medalha de prata.


Mathieu van der Poel, que era forte candidato a vencer a prova do MTB nas Olimpíadas de Tóquio, sofreu uma queda impressionante no Sakura Drop aos 10 minutos de prova. Após se recuperar do tombo, o neerlandês foi para a 35ª colocação e ainda seguiu por um tempo antes de abandonar.

Outro nome icônico que ficou fora do pódio foi com vencedor do MTB da Rio 2016, Nino Schurter. O suíço fechou na 4ª colocação.

Avancini e Cocuzzi no MTB de Tóquio


O ritmo da prova foi forte desde o início e o brasileiro Henrique Avancini chegou a assumir a liderança ainda na primeira volta, mas com a alternância nas primeiras colocações, acabou perdendo algumas posições importantes, mas se manteve sempre na perseguição e fechou sua participação na 13ª colocação, registrando o seu nome mais uma vez na história do ciclismo ao conquistar o melhor resultado olímpico do MTB brasileiro.

Luiz Cocuzzi, outro brasileiro na competição, e estreante em Jogos Olímpicos, largou motivado, mas acabou enfrentando trechos de congestionamento, o que comprometeu sua estratégia. Em Tóquio, ele finalizou na 27ª posição.

A prova feminina do MTB acontece nesta terça-feira, 27, às 3h. Jaqueline Mourão estará alinhada para representar o Brasil.

Top 10 do MTB masculino de Tóquio 2020


1. Thomas Pidcock (Inglaterra) 1:25:14
2. Mathias Flueckger (Suíça) +0:20
3. David Valero Serrano (Espanha) +0:34
4. Nino Schurter (Suíça) +0:42
5. Victor Koretzky (França) +0:46
6. Anton Cooper (Nova Zelândia) +0:46
7. Vlad Dascalu (Romênia) +0:49
8. Alan Hatherly (África do Sul) +1:19
9. Jordan Sarrou (França) +1:36
10. Milan Vader (Holanda) +2:07

Compartilhe essa publicação!


Mais posts relacionados

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2021 Foto e Bike • Direitos reservados | Escreva-nos: blogfotoebike@gmail.com
Template Design by BTDesigner • Powered by Blogger
back to top