quinta-feira, 26 de agosto de 2021

Carlos Soares fica em último na perseguição individual dos Jogos Paralímpicos de Tóquio

Carlos Alberto Soares fecha em último na perseguição individual nas paralimpíadas - Foto: UCI / Divulgação


Carlos Alberto Soares foi o primeiro ciclista brasileiro a entrar no Velódromo Izu no segundo dia (25 de agosto) de competições dos Jogos Paralímpicos de Tóquio. Carlos disputou a prova de perseguição individual 3000 metros categoria C1.

Com o tempo de 4 minutos, 26 segundos e 763 centésimos, Carlos ficou ficou no décimo e último lugar em uma noite em que muitos 12 atletas pedalaram abaixo no recorde mundial.

Também no segundo dia de competições das Paralimpíadas, Lauro Chaman e André Grizante partiparam de provas no Velódromo de Izu.

Medalhista na Rio2016, Lauro Chaman completou a prova do contrarrelógio 1000 metros categoria C4-5 na nona colocação. O resultado foi o melhor da equipe brasileira na noite e essa disciplina não é sua especialidade.

André Grizante também disputou o cocontrarrelógio 1000 metros categoria C4-5 e fechou na 21ª colocação.

Carlos Soares, Lauro Chaman, André Grizante e Ana Raquel volta ao Velódromo de Izu nesta quinta-feira para novas disputas. As provas começam às 22h, no horário de Brasília.


Foto: UCI / Divulgação
Compartilhe essa publicação!


Mais posts relacionados

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2018-2022 Foto e Bike • Direitos reservados | Escreva-nos: blogfotoebike@gmail.com
Template Design by BTDesigner • Powered by Blogger
back to top