quarta-feira, 29 de dezembro de 2021

Mathieu van der Poel pode ficar fora do Mundial de Ciclocross por causa de lesão



Mathieu van der Poel segue enfrentando problemas devido à lesão sofrida nas Olimpíadas de Tóquio, quando caiu aos 10 minutos de prova no Sakura Drop e abandonar a competição. Há chances de que a contusão não permita que o ciclista dispute o título de campeão mundial de ciclocross em janeiro.

No domingo (26 de dezembro) após a corrida da Copa do Mundo de ciclocross em Dendermonde, na Bélgica, Van der Poel voltou a se deparar com dores nas costas. A dor piorou durante a corrida em Heusden-Zolder (27 de dezembro) levando o ciclista a abandoar por precaução.

Exames médicos realizados na terça-feira revelaram um inchaço no disco intervertebral, o que significa que Mathieu van der Poel precisará deixar a bicicleta de lado temporariamente. Ainda não está claro quando o ciclista da Alpecin-Fenix vai retomar os treinos e rotinas de competição. "É frustrante, mas é o que é", disse Van der Poel.

Desde a queda durantes o XCO de Tóquio, o Van der Poel teve diversos altos e baixos provocados pela lesão. Inclusive, o ciclista não pôde participar do Campeonato Mundial de Mountain Bike de 2021, disputado em Val di Sole, por causa da mesma lesão nas costas.

"O problema já existe há algum tempo e estou um tanto aliviado por haver uma causa identificável que pode ser remediada com repouso e tratamento extras. Todos sabem que o Campeonato Mundial nos Estados Unidos é o primeiro grande objetivo de 2022, mas certamente não é o único nem o último", destacou Mathieu van der Poel.

Para o gerente da equipe Alpecin-Fenix, Christoph Roodhooft, a situação foi inesperada, mas o time vai dar prioridade à recuperação de Van der Poel para que o atleta possa encarar os desafios da temporada de 2022. 

"Obviamente, isso é um revés, mas não há motivo para pânico. Os médicos garantem-nos uma recuperação total e isso é uma prioridade no momento. Mesmo que isso levasse a ajustar as ambições para o Campeonato Mundial de ciclocross. A curto prazo, seria uma pena, mas 2022 oferece muitos desafios desportivos para os quais a prontidão física é a primeira condição", declarou Christoph.

Mathieu van der Poel está confiante no tempo de recuperação e ansioso pela temporada de 2022, mesmo havendo a possibilidade de não poder defender o título de campeão mundial de ciclocross.

"Quero me recuperar totalmente primeiro, sem pressão de tempo, para poder usar todas as minhas possibilidades. Portanto, só vou retomar a competição quando estiver totalmente pronto. Se eu chegar ao Campeonato Mundial (de Ciclocross), melhor ainda. Se não for o caso, estarei ansioso pela temporada de primavera na estrada", pontuou Mathieu van der Poel.

Foto: Alpecin-Fenix Cycling Team
Compartilhe essa publicação!


Mais posts relacionados

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2018-2022 Foto e Bike • Direitos reservados | Escreva-nos: blogfotoebike@gmail.com
Template Design by BTDesigner • Powered by Blogger
back to top