quinta-feira, 31 de março de 2022

Conheça detalhes da pista da CIMTB e Copa do Mundo de MTB em Petrópolis

Ciclista da Sense no XCO Henrique Avancini, em Petrópolis


A abertura da Copa Internacional Michelin de Mountain Bike (CIMTB) acontece nessa sexta-feira, 1º de abril, em Petrópolis (RJ) e o XCO Henrique Avancini está praticamente pronto para receber os melhores ciclistas do mundo. 

Até o momento, são mais de 800 inscritos vindos de mais de 35 países - para a primeira de quatro etapas da competição na atual temporada, marcada para o período entre 1º e 3 de abril. Desse total, cerca de 100 estrangeiros ciclistas são estrangeiros.


A pista XCO Henrique Avancini, que será palco da CIMTB e também da Copa do Mundo de Mountain Bike, conta com percurso de 4,5 km e, aproximadamente, 200 metros de altimetria acumulada por volta. Desde o início de janeiro, a equipe da CIMTB vem trabalhando diariamente no local, fazendo melhorias e acertos técnicos no seu traçado com novos trechos, pontes etc.

Os detalhes do XCO Henrique Avancini


O primeiro trecho que chama atenção na pista que será usada nas etapas de abertura da CIMTB e da Copa do Mundo de MTB, em Petrópolis, é o Rock Garden, cerca de 300 metros depois da largada. Nele, tanto a linha principal quanto a alternativa estarão abertas para ambas as categorias. Após 1 km da largada, os ciclistas chegam no platô, onde há uma série de desafios interessantes. O primeiro deles é o Drop do Tronco, metros antes da área de apoio. Aqui, ambas as linhas também estão liberadas para todos os competidores em todas as largadas.

Após a primeira passagem pelo platô, os atletas chegam no primeiro trecho mais técnico, em que a linha principal está aberta apenas nas largadas das elites masculina e feminina (12h00 e 14h00 de domingo) e também para as e-bikes: o duplo apelidado de Kamikaze. 


Ao voltarem ao platô, os atletas chegam na Montanha de Pedras, que tem o Transfer, o duplo do "De Ladinho", a Pedra Escondida e o Drop da Lage. Todos esses trechos contam com ambas as linhas liberadas para todos os participantes.

Saindo da Montanha de Pedras, os ciclistas passam pela área apelidada de Floresta Atlântica, que tem como entretenimento o Drop do Caolho, e, em seguida, mais um trecho que exige bastante técnica dos bikers: a Trilha da Bananeira. Lá, mais uma vez, apenas elites e e-bikes passam pelo percurso principal, enquanto as demais categorias estarão apenas com a trilha alternativa aberta. 

No quilômetro final, o terceiro e último trecho de maior exigência técnica, a Janela do Céu, que outra vez apenas os mais experientes poderão passar pedalando. Após a última subida, os atletas chegam a descida final do "Lançador", para mergulharem na reta de chegada.

Foto: Ney Evangelista / CIMTB
Compartilhe essa publicação!


Mais posts relacionados

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2018-2022 Foto e Bike • Direitos reservados | Escreva-nos: blogfotoebike@gmail.com
Template Design by BTDesigner • Powered by Blogger
back to top