Mostrando postagens com marcador Copa do Mundo MTB. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Copa do Mundo MTB. Mostrar todas as postagens

terça-feira, 5 de abril de 2022

Nino Schurter já está em Petrópolis para Copa do Mundo de MTB

Nino Schurter ja esta em Petropolis para Copa do Mundo de MTB


O campeão mundial de mountain bike XCO já está em Petrópolis se preparando para as disputas da Copa do Mundo de MTB, que acontecem entre os dias 7 e 10 de abril. Na manhã dessa terça-feira (5), Nino Schurter pedalou no Montanha Azul Bike Park, local que fica bem perto do local das provas.

Nove vezes campeão mundial de MTB, Nino chega ao Brasil após ter disputado o Cape Epic. Na ultramaratona, o resultado ficou muito abaixo com o que todos estavam acostumados e no final a dupla da SCOTT-SRAM conseguiu apenas o 9º lugar na classificação geral.


Ainda sobre o Cape Epic, Nino Schurter e Lars Forster conseguiram apenas uma vitória e tiveram muitos problemas relacionados a furos nos pneus, fato que prejudicou bastante o desempenho da dupla.

Já no Brasil, Nino se prepara para a disputa da Copa do Mundo de MTB em Petrópolis. Após chegar na cidade, seu primeiro contato foi com as trilhas do Montanha Azul Bike Park. O campeão mundial postou um vídeo nos stories do Instagram pedalando pelo bike park.

O ciclista suíço também tirou fotos e conversou com alguns ciclistas de Petrópolis que estavam no local. Rafael França, da loja Bike Brothers Itaipava, fez um selfie no Nino Schuter e enviou ao blog Foto e Bike. Confira a imagem logo abaixo.


Foto: Bartek Wolinski / Red Bull Content Pool
Leia mais...

Copa do Mundo de MTB: "me sinto vencedor antes da primeira pedalada", diz Avancini

Henrique Avancini em sua Cannondale para Copa do Mundo de MTB no Brasil do Mundo


O dia de início da Copa do Mundo de Mountain Bike em Petrópolis (RJ) está chegando. Foram 17 longos anos de espera até que o evento retornasse ao Brasil e um dos grandes responsáveis por essa volta é o ciclista brasileiro Henrique Avancini, que não esconde sua alegria em competir no quintal de sua casa. "Essa é provavelmente a única corrida em que já me sinto vencedor antes da primeira pedalada", disse Avancini em vídeo publicado pela Shimano.

O fato da Copa do Mundo de MTB retornar ao Brasil após tanto tempo e ter como palco principal a cidade de Petrópolis está intimamente ligado ao sucesso e trabalho duro de Henrique Avancini no cenário mundial do mountain bike. Campão mundial MTB Maratona (XCM) em 2018, o ciclista petropolitano chegou a liderar o ranking de MTB da UCI.

"Deixei minha casa e andei pelo mundo até me tornar importante o suficiente para trazer o mundo até minha casa", conta Avancini. "Ter uma a Copa do Mundo no Brasil é incrível. Ter uma Copa do mundo na minha cidade, não dá para explicar".


O brasileiro teve um cuidado muito especial na elaboração do circuito XCO Henrique Avancini, localizado no São José Bike Club. Ele e seu pai, Ruy Avancini, se empenharam muito na criação e manutenção da pista. Durante as disputas da Copa Internacional de Mountain Bike (CIMTB), o ciclista da Canondale Factory Racing chegou a se flagrado por Bruno Canella (canal De Bike na Montanha) um ponto específico da pista observando a performance dos competidores.

"Eu e meu pai passamos pelo menos uma vez por dia para analisar e ver como está a pista. Uma vez por semana fico cerca de meio dia trabalhando no percurso", conta Avancini o carinho e cuidado com a pista.

Durante a visita técnica ao local das provas, Simon Burney, responsável da UCI por todos os detalhes da Copa do Mundo de MTB, destacou que Henrique Avancini "está muito orgulhoso da pista e da área toda, onde ele vai querer fazer um bom show para o público. Ele terá que lidar com a pressão da torcida. Mas acho que ele vai aproveitar a ocasião para se apresentar muito bem".

Henrique Avancini fala sobre expectativa para a Copa do Mundo


Em vídeo publicado pela Shimano em 4 de abril, Henrique Avancini fala sobre a preparação da pista para a Copa do Mundo de MTB em Petrópolis e também sobre sua expectativa para a competição de nível mundial no quintal de sua casa. Confira a íntegra logo abaixo.


Copa do Mundo de MTB em Petrópolis


As disputas da Copa do Mundo de MTB vão começar no dia na sexta-feira (8 de abril) com a disputa do Short Track (XCC). Às 16h30 acontece a largada feminina e às 17h15 será a vez dos homens. O segundo dia de provas será no domingo, com as provas principais sendo XCO feminino às 11h20 e o masculino às 14h35.

A programação completa com os horários da pista XCO Henrique Avancini pode ser encontrada nessa publicação aqui no blog Foto e Bike.

Foto: Fabio Piva / Red Bull Content Pool
Leia mais...

quinta-feira, 31 de março de 2022

Conheça detalhes da pista da CIMTB e Copa do Mundo de MTB em Petrópolis

Ciclista da Sense no XCO Henrique Avancini, em Petrópolis


A abertura da Copa Internacional Michelin de Mountain Bike (CIMTB) acontece nessa sexta-feira, 1º de abril, em Petrópolis (RJ) e o XCO Henrique Avancini está praticamente pronto para receber os melhores ciclistas do mundo. 

Até o momento, são mais de 800 inscritos vindos de mais de 35 países - para a primeira de quatro etapas da competição na atual temporada, marcada para o período entre 1º e 3 de abril. Desse total, cerca de 100 estrangeiros ciclistas são estrangeiros.


A pista XCO Henrique Avancini, que será palco da CIMTB e também da Copa do Mundo de Mountain Bike, conta com percurso de 4,5 km e, aproximadamente, 200 metros de altimetria acumulada por volta. Desde o início de janeiro, a equipe da CIMTB vem trabalhando diariamente no local, fazendo melhorias e acertos técnicos no seu traçado com novos trechos, pontes etc.

Os detalhes do XCO Henrique Avancini


O primeiro trecho que chama atenção na pista que será usada nas etapas de abertura da CIMTB e da Copa do Mundo de MTB, em Petrópolis, é o Rock Garden, cerca de 300 metros depois da largada. Nele, tanto a linha principal quanto a alternativa estarão abertas para ambas as categorias. Após 1 km da largada, os ciclistas chegam no platô, onde há uma série de desafios interessantes. O primeiro deles é o Drop do Tronco, metros antes da área de apoio. Aqui, ambas as linhas também estão liberadas para todos os competidores em todas as largadas.

Após a primeira passagem pelo platô, os atletas chegam no primeiro trecho mais técnico, em que a linha principal está aberta apenas nas largadas das elites masculina e feminina (12h00 e 14h00 de domingo) e também para as e-bikes: o duplo apelidado de Kamikaze. 


Ao voltarem ao platô, os atletas chegam na Montanha de Pedras, que tem o Transfer, o duplo do "De Ladinho", a Pedra Escondida e o Drop da Lage. Todos esses trechos contam com ambas as linhas liberadas para todos os participantes.

Saindo da Montanha de Pedras, os ciclistas passam pela área apelidada de Floresta Atlântica, que tem como entretenimento o Drop do Caolho, e, em seguida, mais um trecho que exige bastante técnica dos bikers: a Trilha da Bananeira. Lá, mais uma vez, apenas elites e e-bikes passam pelo percurso principal, enquanto as demais categorias estarão apenas com a trilha alternativa aberta. 

No quilômetro final, o terceiro e último trecho de maior exigência técnica, a Janela do Céu, que outra vez apenas os mais experientes poderão passar pedalando. Após a última subida, os atletas chegam a descida final do "Lançador", para mergulharem na reta de chegada.

Foto: Ney Evangelista / CIMTB
Leia mais...

sexta-feira, 18 de março de 2022

Quais as datas de treinos na pista da Copa do Mundo de MTB em Petrópolis?

Avancini de bicicleta na pista da Copa do Mundo de MTB em Petrópolis


A edição da Copa do Mundo de Mountain Bike em Petrópolis (RJ) será histórica, não só por ser a primeira vez que a cidade imperial recebe o evento, mas também por ser o retorno dessa disputa ao Brasil após 17 anos de espera.

Os dias para o evento estão cada vez mais próximos: será entre os dias 7 e 10 de abril na pista construída no São José Bike Club, em Petrópolis (RJ). Vai ser a primeira vez que a Copa do Mundo de MTB desembarca na América Latina com o atual formato, composto por Short Track (XCC) e Cross Country Olímpico (XCO).


A pista a ser utilizada na Copa do Mundo de MTB se chama XCO Henrique Avancini. Nos dias do evento ela contará com uma agenda restrita de prática liberada. Assim, vale a pena atletas e equipes estarem atentos às datas disponíveis para treinos para poderem aproveitar cada instante.

A primeira oportunidade para fazer um verdadeiro treinamento de luxo para a Copa do Mundo de MTB no XCO Henrique Avancini vai ser durante a realização da Copa Internacional de Mountain Bike (CIMTB). O evento acontece entre os dias 1º e 3 de abril, uma sema antes da Copa do Mundo. Já são quase de 600 inscritos, representantes de 30 países. Mais de 80 estrangeiros já garantiram suas vagas, bem como grandes nomes do ciclismo nacional.

Sexta-feira, dia 1º de abril, será o primeiro momento em que as pistas de XCO e XCC estarão abertas oficialmente para treinos, entre 10h e 16h. No sábado (2), os treinos acontecem entre 10h e 13h. Já no domingo (3), será a vez dos ciclistas fazerem praticamente uma Copa do Mundo antes da competição oficial da UCI, marcada para o fim de semana seguinte. Vale lembrar que a entrada do público será gratuita na CIMTB.

Pista fechada entre os dias 4 e 6


Entre segunda-feira (4) e quarta-feira (6), as pistas do XCC e XCO estarão fechadas para manutenção e montagem de estrutura da transmissão ao vivo, entre outras atividades. Enquanto o primeiro dia será reservado única e exclusivamente para ajustes, na terça será liberado o passeio a pé pelo circuito pelas equipes e atletas inscritos, entre 9h e 17h. Na quarta, a pista estará liberada para caminhada apenas das 9h00 às 12h00, pois à tarde serão realizadas as inspeções finais da UCI e da transmissão TV.

Pista volta a ser aberta no dia 7


No dia 7 de abril, quinta-feira, será a hora da ação voltar ao São José Bike Club. Entre 12h e 17h haverá os treinos livres de acordo com categorias. Das 12h às 13h30, sub-23 e elite feminina, das 13h30 às 15h, sub-23 e elite masculina, e, das 15h às 17h, a pista está liberada a todos, incluindo a Junior Series.


No dia 8 de abril, sexta-feira, mais três horários de treinos no XCO: 9h30 às 11h, sub-23 e elite feminina, 11h às 12h30, sub-23 e elite masculina; 13h às 14h30, categoria júnior. Ainda no mesmo dia, haverá o treino do XCC, das 14h45 até 15h30 para as mulheres, e das 15h30 até 16h15 para os homens.

No sábado (9), os atletas da júnior podem treinar das 8h às 9h, enquanto os ciclistas da sub-23 e elite masculina treinam entre 12h30 e 13h30, e as atletas da sub-23 e elite feminina, das 13h30 às 14h30. No domingo (10), dia de encerramento, também haverá pista aberta para ambas as categorias da elite, entre 9h e 10h30.

Cronograma de atividades no XCO Henrique Avancini


1 de abril - Treinos e competição
2 de abril - Treinos e competição
3 de abril - Dia de competição
4 de abril - Fechada para manutenção
5 de abril - Fechada para a bike e aberta para caminhada
6 de abril - Fechada para a bike e aberta para caminhada
7 de abril - Aberta para treinos
8 de abril - Treinos e competição
9 de abril - Treinos e competição
10 de abril - Treinos e competição

Foto: Fabio Piva / Red Bull Content Pool
Leia mais...

Red Bull TV confirma transmissão da Copa do Mundo de MTB em Petrópolis

Henrique Avancini na pista da Copa do Mundo em Petrópolis


A transmissão ao vivo e em português da etapa de abertura da Copa do Mundo de Mountain Bike, em Petrópolis (RJ), está confirmada na programação da Red Bull TV. O evento acontece entre os dias 8 a 10 de abril na região serrana do Rio.

Agora são dois veículos disponíveis para se assistir a etapa de Petrópolis da Copa do Mundo de MTB. Além da Red Bull TV, a as transmissões também irão acontecer ao vivo pelos canais SporTV, conforme confirmado em 15 de fevereiro.


Na Red Bull TV, as transmissões da Copa do Mundo de MTB em Petrópolis começam no dia 8 de março com o Short Track (XCC) masculino e feminino a partir das 16h30. Depois serão mais duas transmissões, ambas do dia 10: Cross country (XCO) feminino, às 11h, e XCO masculino, às 14h15.

Primeira e última transmissão da Red Bull TV em Petrópolis


Os organizadores da Copa do Mundo esperam trazer o evento novamente para Petrópolis nos próximos anos, mas mesmo que a competição retorne a Red Bull TV já não será mais a responsável pelas transmissões. Isso por que a União Ciclística Internacional (UCI) fechou com a Discovery Sports.

O blog Foto e Bike trouxe essa informação em fevereiro de 2022, após a reunião da UCI que estabeleceu a decisão.

Discovery Sports assume a produção e transmissões da Copa do Mundo de MTB a partir de 2023 e ficará responsável pelas exibições por um período de 8 anos.

Foto: Fabio Piva / Red Bull Content Pool
Leia mais...

sexta-feira, 25 de fevereiro de 2022

Copa do Mundo de MTB plantará árvores para contribuir com melhor do clima

Mudas plantio de mudas em evento de ciclismo


Para cada atleta que participar da Copa do Mundo de MTB em Petrópolis (RJ) uma muda de árvore nativa será plantada em regiões degradadas, para contribuir para melhorias em relação ao clima e aquecimento global. Essa é mais uma das novidades apresentadas pela organização do evento.

A etapa de abertura da Copa do Mundo de MTB acontece entre 7 e 10 de abril, em Petrópolis (RJ). O evento irá muito além das disputas que acontecerão no circuito XCO Henrique Avancini, no São José Bike Club, pois a organização do evento também deixará suas marcas em outras áreas, como é o caso da parceria com o Projeto Plantar - Empresa Amiga da Natureza.


"Iniciamos essa parceria com o Projeto Plantar na etapa de Araxá da Copa Internacional Michelin de MTB, no ano passado, com 700 mudas plantadas. A Plantar está reflorestando o circuito Serra da Canastra, e as mudas nativas foram plantadas lá, gerando um benefício direto para natureza e meio ambiente, e, consequentemente, para as gerações futuras. É enviado o georreferenciamento de cada muda e assim é possível acompanhar o crescimento de cada árvore. Esta é uma ação super legal, que para mim é um prazer estarmos juntos com eles e repetirmos a dose em Petrópolis", comenta Rogério Bernardes, organizador da CIMTB e da Copa do Mundo de MTB.

Foi através do plantio de 700 mudas nativas de reflorestamento, que a CIMTB se tornou parceira do Projeto Plantar, após a etapa de Araxá da competição, realizada em 2021. A campanha Empresa Amiga da Natureza busca reduzir as emissões de CO2 através do plantio de mudas nativas em áreas degradadas.

"Por meio da campanha Empresa Amiga da Natureza, a Plantar busca subsídio financeiro de empresas privadas para o reflorestamento gratuito para produtores rurais de agricultura familiar no circuito Serra da Canastra", explica André Xavier, um dos responsáveis pelo projeto. 

"Nossa engenheira ambiental, Juliana, sempre ajuda na manutenção da pista de Araxá. Assim, ela aproximou a Plantar e a CIMTB. Tivemos um estande lá e, em contrapartida, plantamos 700 mudas nativas no circuito Serra da Canastra", complementa.


Cada muda plantada gera uma "certidão verde", ou seja, a certidão de nascimento de que a muda foi plantada. Com um QR Code, a árvore fica com o nome da pessoa que fez o plantio. O Projeto Plantar é a primeira startup de reflorestamento voluntário com rastreamento QR Code da América Latina. A empresa busca subsídio financeiro em empresas de responsabilidade ambiental, aplicando diretamente no outro extremo, ou seja, nas áreas de produtores rurais de agricultura familiar, através do reflorestamento de nascentes em curso d'água e em áreas degradadas, sem qualquer custo para o produtor. Em três anos e meio, 43 mil mudas nativas já foram plantadas, o que dá aproximadamente 14.104 toneladas de carbono "sequestradas da atmosfera", em 116 propriedades diferentes.

Sobre o Projeto Plantar


O Projeto Plantar trabalha com o plantio de mudas nativas em áreas de degradação ambiental, buscando realizar o reflorestamento desses locais, seja através da campanha Empresa Amiga da Natureza, ou através de eventos/ações realizadas por empresas com foco em Meio Ambiente.

O plantio é realizado pela parceria do Projeto Plantar com empresas de responsabilidade socioambiental através da campanha Empresa Amiga da Natureza. A parceria é associada a um selo que pode ser utilizado por parceiros em suas redes sociais, etiquetas de produtos, embalagens, dentre outras formas de marketing verde.

O foco principal é auxiliar empresas interessadas em atuar de forma sustentável no mercado a reduzirem seus impactos ambientais. Dessa forma, ao mesmo tempo que a empresa reduz a sua "pegada ecológica" ela ajuda o Meio Ambiente a se recuperar, plantando árvores e sequestrando dióxido de carbono da atmosfera.

Como funciona


A empresa ao entrar no programa, fomenta um lote mínimo de 100 árvores nativas, equivalente ao sequestro de 19 toneladas de carbono da atmosfera em até 20 anos. Nosso objetivo é zerar o CO2 emitido por cada empresa parceira, através de cálculos de pegada ecológica para cada segmento.


Neste modelo, existe um acompanhamento pelo site, através de um código de ativação de cada árvore. O mesmo pode ser feito pelos próprios colaboradores ou até mesmo em campanhas promocionais para clientes.

São 4 etapas desde a germinação da semente, produção de mudas, plantio (com coordenada geográfica e link para acompanhamento via google maps) e acompanhamento pós plantio.

Mais informações podem ser encontradas no site do projeto.

Foto: Divulgação / CIMTB
Leia mais...

Evie Richards e Jolanda Neff confirmam presença para CIMTB em Petrópolis

Jolanda Neff e Evie Richards estarão em Petrópolis na CIMTB


Atual campeã mundial de mountain bike cross country olímpico (XCO), Evie Richards confirmou sua presença na etapa de abertura da Copa Internacional de Mountain Bike (CIMTB), em Petrópolis (RJ). Além da britânica, Jolanda Neff que é a atual campeã olímpica da disciplina da também está confirmada para a prova.

A informação foi divulgada pela organização da CIMTB que destacou ainda que já são 50 ciclistas estrangeiros inscritos para a etapa de abertura da Copa Internacional de MTB, em Petrópolis. A prova será entre os dias 1º e 3 de abril, uma semana antes da primeira etapa da Copa do Mundo de MTB que vai acontecer no mesmo local.


Entre os atletas estrangeiros inscritos para a CIMTB, os maiores destaques, até o momento, estão na elite feminina, com as confirmações de Evie Richards (GBR), número 1 do ranking mundial e dona da jersey de campeã do mundo, a atual campeã olímpica, Jolanda Neff (SUI), Yana Belomoina (UCR), Anne Tauber (NED), Léna Gerault (FRA), dentre outras. 

Na disputa masculina também não faltam estrelas do MTB mundial, como Anton Cooper (NZE), Vlad Dascalu (ROM), Martin Vidaure (CHI), entre outros. Em comum aos atletas citados, o fato de eles fazerem parte do top 20 do ranking mundial de cross country.

Evie Richards e Jolanda Neff durante prova de MTB
Evie Richards e Jolanda Neff - Fotos: Armin Kuestenbrueck


Na super elite feminina, Evie Richards e Jolanda Neff puxam a fila de favoritas ao título da prova no XCO Henrique Avancini, localizado no São José Bike Club. “Estou muito feliz em voltar ao Brasil. Estive no país duas vezes, uma antes das Olimpíadas, em 2014, para um training camp com minha equipe, e a outra para competir na Rio 2016 pela seleção do meu país. Tive uma estadia incrível e guardo na memória lugares lindos, em que tive o prazer de vivenciar. Estou muito animada para voltar, com o meu time, Trek Factory Racing”, comentou Jolanda Neff.

Já entre os homens, Anton Cooper, Vlad Dascalu e Martin Vidaurre não terão vida fácil. Nomes como Martins Blums (LTV) e David Nordemann (NED), pupilos do neerlandês Bart Brentjens, Léandre Bouchard (CAN), Anton Sistov (RUS), e Nicolás Pardo (CHI), além de diversos ciclistas brasileiros, prometem fazer frente aos favoritos. 

Ao todo, 50 ciclistas estrangeiros estão confirmados na prova da CIMTB Michelin, que antecede a Copa do Mundo Mercedes-Benz de Mountain Bike. Além do Brasil, outros 19 países têm representantes inscritos: Chile, Colômbia, Porto Rico, México, EUA, Canadá, Inglaterra, Itália, Ucrânia, Dinamarca, Suíça, Portugal, Letônia, República Tcheca, Romênia, França, Holanda, Rússia e Nova Zelândia.

Competições podem ajudar Petrópolis após tragédia das chuvas


A realização da CIMTB e da Copa do Mundo de MTB em Petrópolis podem contribuir com mais doações e ajuda econômica para a cidade que teve o seu Primeiro Distrito duramente atingido por chuvas no dia 15 de fevereiro.


Em vídeo, Rogério Bernardes, que é o organizador da CIMTB e Copa do Mundo de MTB no Brasil, destacou que farão “um grande esforço para que tudo aconteça da melhor forma” e disse que será uma oportunidade de geração de emprego e renda, pois sempre priorizam “contração de mão de obra local e fornecedores locais”.


Rogério ainda disse recordou que os atletas costumam doar 2 kg de alimentos e isso será revertido à cidade de Petrópolis.

A CIMTB não cobra ingresso da torcida, mas Rogério pede que o público "traga o que puder: fraldas, itens de higiene pessoal coisas que hoje o pessoal (desabrigados) estão precisando mais".

"Na Copa do Mundo quem quiser trazer alguma coisa voluntariamente nós vamos fazer um ponto de coleta. Isso vale para os atletas e também para o público que estará presente", afirmou Rogério.

Foto de destaque: Bartek Wolinski / Red Bull Content Pool
Leia mais...

quarta-feira, 23 de fevereiro de 2022

UCI faz visita técnica à pista da Copa do Mundo de MTB em Petrópolis

Rogério Bernardes (CIMTB) e Simon Burney (UCI)


Faltando poucos meses para a realização da Copa Internacional Michelin de Moutain Bike (CIMTB) e da Copa do Mundo Mountain Bike a União Ciclística Internacional (UCI) enviou o britânico Simon Burney para Petrópolis (RJ) para realizar a primeira visita técnica no local onde está realizada a pista das provas.

Simon Burney é o responsável por todos os detalhes da Copa do Mundo de MTB. O representante da UCI esteve em Petrópolis por dois dias para fazer uma visita técnica ao São José Bike Club, no Vale do Cuiabá, em Itaipava. Ao lado do organizador brasileiro da CIMTB e da Copa do Mundo, Rogério Bernardes, e do ciclista Henrique Avancini, o britânico percorreu a pé os 4,5 km do circuito que será o palco das duas competições, nos dias 1 a 3 e no período de 7 a 10 de abril, respectivamente.


"Não é muito frequente irmos a novos lugares excitantes como aqui. Fomos para a Austrália em Cairns, para a Copa do Mundo e Campeonatos Mundiais há alguns anos. Agora, temos a oportunidade de chegar a um lugar como este, onde tudo é diferente. Nova língua, nova cultura, nova natureza, novos animais, novos pássaros. É tudo diferente. Você pode misturar esporte com outras coisas também. O que é ótimo para todos. Normalmente vamos às mesmas corridas, a maioria delas na Europa. É bom ir a algum lugar novo. É emocionante começar o ano aqui", comentou Simon.

"Tenho a certeza de que os espectadores vão a loucura durante as provas em Petrópolis. E acho que vai marcar esta cidade pelos espectadores e pelo barulho da multidão. A atmosfera vai ser incrível. Estou realmente animado. Tenho certeza que será uma experiência incrível para todos. Estou bastante confiante. Aguardo muito a chegada de abril", completou o chefe da UCI.

O XCO Henrique Avancini


Tanto a CIMTB quando a Copa do Mundo de MTB, em Petrópolis, vão acontecer no XCO Henrique Avancini. A pista conta com um percurso que tem cerca de 4,5 km e, aproximadamente, 200 metros de altimetria acumulada por volta. Desde o início de janeiro, a equipe de percurso da CIMTB trabalha diariamente no local, fazendo melhorias e acertos técnicos no seu traçado com novos trechos, pontes etc. 

CIMTB 2019 em Petrópolis
Largada da CIMTB em Petrópolis, 2019, no XCO Henrique Avancini - Foto: Davi Corrêa


Alguns detalhes da pista, antes das modificações feitas para a Copa do Mundo podem ser vistas nessa publicação que conta com um vídeo preparado pelo Henrique Avancini.

"A pista é muito interessante. É um local completamente único. Nunca vimos um local como este, acho que não parece com nenhuma Copa do Mundo. O curso é realmente físico. Muito desafiante. Acho que o clima vai fazer a diferença. Tem chovido muito forte recentemente. Então, o percurso agora está molhado e com lama. Se secar, será um pouco mais rápido. Acho que vai ser muito difícil, porque é a primeira etapa da Copa do Mundo de XCO e XCC da temporada. Vai surpreender algumas pessoas com o quão difícil é, mesmo que elas estejam na melhor forma. Mas, eu realmente gosto dessa perspectiva", avaliou Simon.


Experiências no Brasil


Simon Burney já esteve no Brasil em outras ocasiões, como na primeira vez que o país recebeu uma etapa da Copa do Mundo de MTB, em 2005, em Balneário Camboriú (SC), e também para organizar provas de ciclismo antes e durante os Jogos Olímpicos Rio/2016. Embora tenha ficado pouco tempo em Petrópolis, o britânico já pode dar algumas opiniões a respeito da cidade de Henrique Avancini.

"Eu realmente não vi muito de Petrópolis ainda, mas estou realmente surpreso com o tamanho das montanhas nesta área. As montanhas ao redor impressionam. Para qualquer um que venha da Europa, é realmente interessante. É completamente diferente do que vemos lá. Quem vier, virá para curtir a experiência", profetizou.

Expectativa para abril de 2022


O representante da UCI também comentou o que espera das disputas das categorias elite masculina e feminina, sem esconder que acredita que entre os homens o petropolitano Henrique Avancini seja o favorito, por estar pedalando, literalmente, no quintal de sua casa.


"Acredito que o Avancini seja muito difícil de ser batido aqui. Acho que ele vai competir super motivado. Foi muito bom tê-lo na caminhada de reconhecimento de percurso, em que ele dividiu sua experiência conosco. Obviamente, ele está muito orgulhoso da pista e da área toda, onde ele vai querer fazer um bom show para o público. Ele terá que lidar com a pressão da torcida. Mas acho que ele vai aproveitar a ocasião para se apresentar muito bem. Espero que ele seja o favorito, mas vamos ter os nomes normais brigando pelas vitórias. Mathias Fluckinger, Nino, os franceses, entre outros competidores", contou Simon.

"Na corrida feminina será muito interessante ver a nova companheira (Mona Mitterwallner) da equipe de Avancini. Em ambas as corridas de elite a competição será muito forte, mas na corrida feminina há dez ciclistas que podem vencer, o que torna esta categoria muito emocionante. Este é um percurso desafiador, mesmo para os melhores atletas. Será um concurso de 'quem consegue escalar melhor' e temos alguns ciclistas que são favoritos nos percursos de escalada", finalizou.

Foto de destaque: CIMTB / Divulgação
Leia mais...

terça-feira, 22 de fevereiro de 2022

Red Bull TV deixa transmissões da Copa do Mundo de MTB

Emily Batty com arco da Red Bull ao fundo


Após 10 anos de transmissão da Copa do Mundo de MTB, a Red Bull TV deixará de ser a principal emissora da Union Cycliste Internationale (UCI) cedendo lugar à Discovery Sports.

A decisão foi tomada pela UCI durante uma reunião que aconteceu na Suíça, entre os dias 10 a 12 de fevereiro.

De acordo com informações da UCI, o acordo já está fechado com a Discovery Sports e informações mais detalhadas sobre o conceito desenvolvido pela emissora para impulsionar ainda mais o desenvolvimento do MTB serão comunicados na assinatura do contrato que vinculará as duas partes.


As transmissões da previstas para 2022 ainda serão produzidas e realizadas pela Red Bull TV e as principais disputas das disciplinas Short Track (XCC) e Cross-Country Olímpico (XCO) da etapa de abertura da Copa do Mundo MTB, em Petrópolis, também serão transmitidas ao vivo pelos canais SporTV.

Discovery Sports assume a produção e transmissões da Copa do Mundo de MTB a partir de 2023 e ficará responsável pelas exibições por um período de 8 anos.

Em comunicado, a UCI agradeceu à Red Bull TV "que usou toda a sua experiência para satisfazer a paixão dos fãs de mountain bike em todo o mundo por mais de 10 anos, aumentando significativamente o público da disciplina durante este período".

Foto: Bartek Wolinski / Red Bull Content Pool
Leia mais...

terça-feira, 15 de fevereiro de 2022

Copa do Mundo de MTB confirma transmissão ao vivo pelos canais SporTV

Henrique Avancini em prova de MTB


A cidade de Petrópolis (RJ) se prepara para sediar a abertura da Copa do Mundo Mercedes-Benz de Mountain Bike nos dias 7 a 10 de abril. E a organização do evento divulgou que as principais disputas das disciplinas Short Track (XCC) e Cross-Country Olímpico (XCO) serão transmitidas ao vivo pelos canais SporTV.

A programação oficial das disputas da Copa do Mundo de MTB tem início na quinta-feira, 7 de abril, com abertura da secretaria para atletas e treino livre. Quem quiser ver as provas no local, não deixe de conferir nossa publicação sobre como participar da Copa do Mundo de MTB no Brasil.


No dia 8, acontecem as provas do Short Track (XCC) masculina e feminina. As mulheres iniciam a competição, às 16h30, e os homens competem logo em seguida, às 17h15.

No sábado, dia 9, é vez das categorias júnior, com a feminina às 9h30 e a masculina às 11h15, e a sub-23, com a masculina às 15h e a feminina às 16h30. Por fim, a disputa encerra-se no domingo, dia 10, com a largada da elite feminina, às 11h20, e da elite masculina, às 14h35. 

As disputas acontecem no XCO Henrique Avancini, pista essa que também será palco da Copa Internacional Michelin de MTB (CIMTB), que conta com percurso de cerca de 4,5 km e, aproximadamente, 200 metros de altimetria acumulada por volta. Desde o início de janeiro, a equipe de percurso da CIMTB Michelin trabalha diariamente no local, fazendo melhorias e acertos técnicos no seu traçado com novos trechos, pontes etc.

"Estamos trabalhando com toda força, com um grande time de profissionais para entregarmos um evento inesquecível para equipes, atletas, patrocinadores, expositores, imprensa, amantes do ciclismo e público que estará presente. Fechar essa parceria de transmissão com a SporTV mostra que estamos no caminho certo para valorizar cada vez mais o mountain bike no Brasil. Estamos ansiosos, como todos", comenta Rogerio Bernardes, organizador da CIMTB Michelin e da Copa do Mundo Mercedes-Benz de Mountain Bike.

A programação completa da Copa do Mundo de MTB está disponível no site do evento.

Foto: Davi Corrêa
Leia mais...

quarta-feira, 9 de fevereiro de 2022

Nove países confirmados para 1ª etapa da CIMTB 2022, em Petrópolis (RJ)

Anne Tauber confirma presença na CIMTB


A organização da Copa Internacional Michelin de Mountain Bike (CIMTB) informou que ciclistas de nove países já estão confirmados para a etapa de abertura da competição entre os dias 1º e 3 de abril, em Petrópolis (RJ), no São José Bike Club.

A CIMTB que se destaca como a principal prova de MTB no Brasil terá sua etapa de abertura uma semana antes da primeira etapa da Copa do Mundo de MTB. Além do Brasil, Chile, Porto Rico, Portugal, Rússia, Ucrânia, Letônia, Países Baixos e Inglaterra já estão confirmados.


A disputa será realizada na pista XCO Henrique Avancini, no São José Bike Club. O local já foi sede da CIMTB em 2019 e em 2022 será palco da Copa do Mundo Mercedes-Benz de MTB, nos dias 7 a 10 de abril. Além dos melhores ciclistas do Brasil, estarão em ação no evento nomes de destaque como o chileno Martin Vidaurre, atual campeão mundial sub-23 e da Copa do Mundo em sua categoria, o lituano Martins Blums, o português David Rosa, a inglesa Annie Last, a neerlandesa Anne Tauber, a ucraniana Yana Belomoina, dentre outros.

O XCO Henrique Avancini, pista da CIMTB Michelin e Copa do Mundo Mercedes-Benz, conta com percurso de cerca de 4,5 km e, aproximadamente, 200 metros de altimetria acumulada por volta. Desde o início de janeiro, a equipe de percurso da CIMTB Michelin trabalha diariamente no local, fazendo melhorias e acertos técnicos no seu traçado com novos trechos, pontes etc. 

Inscrições para a etapa Petrópolis da CIMTB


Para garantir vaga na abertura da CIMTB, em Petrópolis (RJ), basta acessar o site da competição e clicar na aba "Inscrições". Lá, os ciclistas serão direcionados para o site do SPRINTA, empresa responsável pela comercialização das inscrições do evento, que vão até o dia 25 de março. Só os atletas filiados correm nas categorias oficiais.

Foto: Divulgação CIMTB / Foto: Marcelo Rypl
Leia mais...

quarta-feira, 2 de fevereiro de 2022

Saiba como participar da Copa do Mundo de MTB no Brasil, em 2022

Henrique Avancini competindo em Mont Saint Anne, agosto de 2019


Entre os dias 8 e 10 de abril de 2022 acontece a primeira etapa da UCI MTB Word Cup XCO/XCC (a famosa Copa do Mundo de Mountain Bike). E essa edição será especial, pois acontece no Brasil, mais especificamente em Petrópolis, região serrana do Rio de Janeiro. Se você quer saber como participar da Copa do Mundo de MTB como atleta ou espectador, essa publicação tem informações que vão te ajudar.

Essa edição da Copa do Mundo de MTB tem um caráter especial, pois acontece no Brasil, mais especificamente em Petrópolis, região serrana do Rio de Janeiro, cidade do brasileiro Henrique Avancini, ciclista campeão mundial de XCM (2018) e vice-campeão mundial de XCO (2021). O palco da prova será o São José Bike Club, no Vale do Cuiabá, e os melhores mountain bikers do mundo estão inscritos na competição.


Diante das muitas perguntas sobre como fazer para participar da Copa do Mundo de MTB no Brasil, em 2022, a organização do evento e a comissária da Union Cycliste Internacionale (UCI) e da Confederação Brasileira de Ciclismo (CBC), Regina Barbieri esclareceram algumas dúvidas durante entrevista na edição 99 do podcast da CIMTB Michelin.

Como participar da Copa do Mundo de MTB como espectador


A torcida é um fator de grande importância nas competições de ciclismo e na Copa do Mundo de Mountain Bike é diferente. E se tem uma coisa que o brasileiro sabe fazer muito bem é torcer pelos seus atletas favoritos.

Henrique Avancini e Luiz Henrique Cocuzzi disputam na CIMTB, etapa Petrópolis de 2019
Torcida vendo disputa entre Avancini e Cocuzzi etapa Petrópolis da CIMTB 2019 - Foto: Davi Corrêa


Os ingressos para quem quiser ir ao São José Bike Club assistir a Copa do Mundo de MTB em Petrópolis começaram a ser vendidos em novembro de 2020 no site oficial do evento.

Serão 4 dias de evento e estão disponíveis três tipos de passaporte:

- Passaporte de 4 dias (7 a 10 de abril)
- Passaporte de 2 dias (quinta e sexta)
- Passaporte de 2 dias (sábado e domingo)

Os preços variam entre R$ 180,00 e R$ 440,00 dependendo do passaporte escolhido e há valores reduzidos para crianças até 10 anos de idade.

Quem quiser assistir a Copa do Mundo de MTB, em Petrópolis, mas não quiser comprar um dos passaportes listados anteriormente, poderá comprar ingressos diários bastando escolher qual o dia. Para esse tipo de acesso, os preços são diferentes, vejam só:

- Ingresso para quinta: R$ 50,00
- Ingresso para sexta: R$ 180,00
- Ingresso para sábado: R$ 160,00
- Ingresso para domingo: R$ 250,00

Assim como os outros passaportes, o ingresso diário da Copa do Mundo de MTB em Petrópolis também têm valores reduzidos para crianças com até 10 anos de idade. Idosos e pessoas com deficiência terão descontos com esse tipo de ingresso.

Ainda falando sobre o evento, se você tiver curiosidade em saber como deve estar a pista, em 2019 o blog Foto e Bike esteve no local. Você pode conferir o que achamos da Pista XCO Henrique Avancini nessa publicação que fizemos. Às vésperas da prova, a UCI fez alterações na pista: confira os detalhes nessa matéria.

Como participar da Copa do Mundo de MTB como ciclista


Competir na Copa do Mundo de MTB não é algo tão simples. Existe uma série de regras, critérios e pontuações que precisam ser observadas e que qualificam o ciclista a participar da UCI MTB Word Cup.

Para atender o critério de pontuação para participar da Copa do Mundo de MTB no Brasil, em Petrópolis, os ciclistas participaram das competições do calendário de mountain bike de 2021. Segundo Regina Barbieri, a prova de XCO da segunda etapa da Copa Internacional de Mountain Bike (CIMTB), que aconteceu no começo de outubro de 2021, foi a única prova na América Latina com pontuação Hors Class, o que significa que houve distribuição de pontos até o 25º colocado.

Regina também recordou que o Campeonato Brasileiro de 2021 foi uma excelente oportunidade de pontuação, sobretudo para atletas sub-23. Com a mudança nas pontuações por parte da UCI, atualmente até o 10º colocado no short track do Brasileiro consegue pontuar. Isso era diferente até 2020, os pontos iam do vencedor até o 5º colocado. Outra mudança foi ter aumentado a pontuação para 50 pontos para o primeiro, em comparação com 10 pontos como era em 2020.

Regina ainda explicou sobre os critérios para todas as categorias que participarão da Copa do Mundo de MTB em Petrópolis 2022, que são a sub-23 e a elite tanto no feminino quanto no masculino (a categoria Júnior não correrá nessa etapa). Ela lembrou ainda, que além desses critérios, os atletas devem ser filiados à Confederação Brasileira de Ciclismo (CBC) e aptos a pontuar no ranking internacional. "É a CBC que cadastra esses atletas, então é importante lembrar desse detalhe".

Critérios para competir na Copa do Mundo de MTB no Brasil


Categoria Sub-23 feminina


A UCI define que existem três formas de atletas sub-23 participarem das etapas da Copa do Mundo. 

1ª: Fazer parte de uma equipe UCI.

2ª: Ter no mínimo 20 pontos no ranking internacional de XCO para poderem se inscrever na corrida de Petrópolis.

3ª: Ir como integrante da federação nacional.

Pelotão de mulheres na Copa do Mundo de MTB em Snowshoe (2021)
Ciclistas na Copa do Mundo, em Snowshoe (2021) - Foto: Bartek Wolinski / Red Bull Content Pool


Segundo Regina, a seleção brasileira pode levar seis atletas normalmente, e como o Brasil vai sediar o evento, ganha o direito de ter mais seis competidoras em uma equipe B, somando 12 brasileiras no bolsão de largada pela seleção do Brasil, além das classificadas por pontos ou via equipe UCI. 

Caso as atletas não atinjam os critérios da CBC, um número menor de competidoras pode ser convocado.

Categoria Sub-23 Masculina


A UCI é mais criteriosa para esta categoria. Para alinhar na Copa do Mundo de MTB em Petrópolis, o atleta precisa ter no mínimo 80 pontos no ranking da UCI. "É uma pontuação alta", avalia Regina. Além disso, há a possibilidade de participar pela seleção, que em Petrópolis também terá direito a 12 atletas, seis principais e mais seis por ser a sede do evento, como na feminina.

Elite feminina e masculina


O critério é o mesmo para as duas categorias. É necessário ser federado na CBC e ter um mínimo de 60 pontos no ranking UCI para competir com a camisa da equipe, uma pontuação menor que a sub-23. Outra possibilidade é ser convidado para correr pela seleção. 

No caso da Elite, não existe a equipe B, portanto, o Brasil pode ter até seis atletas competindo pela seleção na categoria mais alta da Copa do Mundo de MTB em Petrópolis.

Foto de destaque: Bartek Wolinski / Red Bull Content Pool
Leia mais...

quinta-feira, 20 de janeiro de 2022

CIMTB e prefeitura de Petrópolis acertam detalhes para Copa do Mundo de MTB

Organização da CIMTB ao lado de Rubens Bomtempo, prefeito de Petrópolis


A organização da Copa Internacional de Mountain Bike (CIMTB) esteve na cidade de Petrópolis (RJ) para uma série de reuniões sobre as etapas da CIMTB e da Copa do Mundo de Mountain Bike que acontecerão no município entre os dias 1º e 10 de abril. Na segunda-feira (17), foram apresentadas todas as informações dos eventos ao prefeito do município, Rubens Bomtempo, e todos os demais secretários.

De acordo com o organizador da CIMTB, Rogério Bernardes, a reunião com o prefeito de Petrópolis e os secretários foi excelente e foi criada uma Comissão de Eventos que será liderada pelas Secretarias de Desenvolvimento Econômico e Turismo que irá dar suporte nos temas pertinentes à etapa da Copa Internacional de MTB e da Copa do Mundo.

"Além disso, o prefeito assinou nesta reunião o convênio com o Ministério da Cidadania, onde faremos um trabalho com as crianças da rede pública de ensino, entre a Copa Internacional Michelin de MTB e a Copa do Mundo Mercedes de MTB. Este convênio foi firmado através de uma verba do Deputado Federal Hugo Legal", completou.

"A Prefeitura de Petrópolis será uma grande parceira para agregar valor a esses importantes eventos esportivos, que são a Copa Internacional de Mountain Bike e a Copa Mundo Mercedes Benz de Mountain Bike de 2022. Vamos trabalhar junto com os organizadores, pois esta é uma oportunidade de mostrarmos a cidade para o mundo, tendo em vista que estaremos recebendo atletas dos quatro continentes", comentou o prefeito, Rubens Bomtempo.

Estão envolvidas no apoio a CIMTB Michelin praticamente todas as secretarias da Prefeitura Municipal como Turismo, Desenvolvimento Econômico, Cultura, CPtrans, Segurança, Serviços e Ordem Pública (SSOP), Comdep, Esportes, Obras, Educação, Saúde, Comunicação e Fazenda. Fato esse que mostra a importância que Petrópolis dá ao evento, também sendo valorizado com a criação de um Comitê formado para a Copa do Mundo.

"A reunião desta segunda-feira foi muito produtiva, porque considero que tanto o prefeito, vice-prefeito e secretários puderam perceber a importância e a grandeza do evento, que certamente movimentará a economia do município, aquecerá o turismo e levará a imagem da Cidade Imperial para todos os continentes. Mostrará Petrópolis como um destino turístico que tem muito a oferecer: turismo cultural, gastronômico, de compras, ecoturismo, esportivo, de negócios, dentre outros", enalteceu Silvia Guedo, secretária de Turismo da cidade.

Foto: Divulgação / CIMTB
Leia mais...
 
Copyright © 2018-2022 Foto e Bike • Direitos reservados | Escreva-nos: blogfotoebike@gmail.com
Template Design by BTDesigner • Powered by Blogger
back to top