Mostrando postagens com marcador Mathieu van der Poel. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Mathieu van der Poel. Mostrar todas as postagens

segunda-feira, 16 de maio de 2022

Equipe de Mathieu van der Poel anuncia mudança de nome



A UCI ProTeam Alpecin-Fenix, equipe de ciclismo estrada de Mathieu van der Poel, passará a se chamar Alpecin-Deceuninck a partir de 1º de julho de 2022. Com a mudança, a Deceuninick volta a ter o papel de naming partner de uma equipe de ciclismo desde que encerrou a parceria com a QuickStep em 2021.

A Deceuninck já era copatrocinadora da Alpecin desde o início de 2022. Agora, ao assumir o naming partner, e com a confirmação da permanência da Canyon como fornecedora de bicicletas, a nova parceria se estenderá até o final de 2025. 

"A Deceuninck juntou-se a uma equipe jovem, dinâmica e ambiciosa no início de 2022. Agora é o momento ideal para assumir novamente o papel de naming partner. A partir de 2023, esse passo acontecerá também no time feminino", disse o CEO da Deceuninck, Bruno Humblet.

Além da atualização da Deceuninck, a Fenix também continuará sendo uma parceira proeminente da Alpecin-Deceuninck e assumirá, o que aumentará o orçamento do time para 2023. "Queremos – e precisamos – nos profissionalizar ainda mais e precisamos ampliar a base do nosso sucesso", afirma a nota da equipe divulgada à imprensa.

"É com grande satisfação que podemos dar este passo com os nossos atuais parceiros. Este novo cenário foi criado em consulta aberta, com base em um objetivo comum: repetir nossos sucessos esportivos dos últimos anos e fortalecer a equipe para alcançar novos objetivos", destaca a nota.

Para o CEO da Broadview Holding (Fenix), Matthijs Schoten, os últimos anos como patrocinadores da Alpecin foram bons tanto para a Fenix quanto para a equipe de ciclismo, que conquistou resultados importantes no World Tour.

A equipe mostrou um forte desenvolvimento neste período, e estamos orgulhosos de vê-la dando um passo em direção ao World Tour, a principal liga do ciclismo de estrada. É por isso que temos o prazer de abrir espaço para um novo patrocinador-chave para apoiar este desenvolvimento. No entanto, permaneceremos ativamente envolvidos para continuar a apoiar esta equipe de sucesso em sua jornada para uma posição de liderança no pelotão", concluiu Schoten.

Foto: Divulgação / Alpecin-Fenix
Leia mais...

quinta-feira, 13 de janeiro de 2022

Mathieu van der Poel passa por cirurgia no joelho e segue afastado das competições

Mathieu van der Poel passa por cirurgia no joelho - Foto: Bartek Wolinski_Red Bull Content Pool


Mathieu van der Poel passou por uma pequena cirurgia no joelho no sábado, 8 de janeiro, no hospital AZ Herentals, na Bélgica. A informação foi confirmada pela assessoria de imprensa da equipe Alpecin-Phenix.

"Esta operação não tem relação com a lesão nas costas da qual van der Poel está se recuperando", diz o comunicado da Alpecin-Phenix, equipe da qual Mathieu van der Poel faz parte.

Em um acidente anterior, um rasgo havia aparecido na cápsula da rótula. Como resultado desse rasgo, formou-se um tecido cicatricial no qual um fio endurecido esfregou contra o osso. A cirurgia a qual Van der Poel foi submetido teve o objetivo de corrigir isso.

De acordo com informações dadas pela assessoria de imprensa da equipe Alecin-Phenix, Mathieu van der Poel não estava sentindo dores no joelho por conta disso, mas como o ciclista está afastado dos treinos com a bicicleta para se recuperar de uma lesão nas costas, identificaram que era o momento certo para realizar o procedimento no joelho do atleta.

A cirurgia a qual Mathieu van der Poel foi submetido foi considerada um sucesso pelo médico cirurgião ortopedista Dr. Toon Claes.

Mathieu van der Poel está afastado do ciclismo por conta de outra lesão


No início de 2022, Mathieu van der Poel e a Alpecin-Phenix informaram que o ciclista ia precisar se afastar da bicicleta para se recuperar de uma lesão nas costas que atormenta o atleta desde uma queda nas Olimpíadas de Tóquio.

"Não posso falar muito sobre isso, é o que é. Por causa dessa dor nas costas, não tenho conseguido atingir o nível desejado desde o Tour. Eu só quero que isso fique no passado", declarou Mathieu van der Poel.

Por conta dessa afastamento, van der Poel não poderá defender o título de campeão mundial de ciclocross nesse ano, o que deixou o ciclista frustrado.

Mathieu van der Poel reconheceu que é preciso manter um período de recuperação mais longo e sem interrupções para auxiliar no processo e declarou que "seria tolice interromper este período novamente e ainda tentar chegar ao Campeonato Mundial".

Foto: Bartek Wolinski / Red Bull Content Pool
Leia mais...

quarta-feira, 5 de janeiro de 2022

Mathieu van der Poel não participará do Mundial de Ciclocross em 2022

Lesão tira Mathieu van der Poel do Mundial de Ciclocross 2022 - Foto: Alpecin-Fenix


Mathieu van der Poel não defenderá seu título mundial de ciclocross no final deste mês devido à lesão sofrida nas costas durante as Olimpíadas de Tóquio. Por conta disso, o atleta e a equipe Alecin-Fenix decidiram encerrar a participação na temporada de ciclocross.

"Não posso falar muito sobre isso, é o que é. Por causa dessa dor nas costas, não tenho conseguido atingir o nível desejado desde o Tour. Eu só quero que isso fique no passado", declarou Mathieu van der Poel.

Depois de adiar sua estreia na temporada 2020/2021 de ciclocross, Van der Poel teve sua primeira participação no dia 26 de dezembro e dias depois exames revelaram um inchaço no disco intervertebral. Por recomendação médica, o ciclista foi orientado a deixar a bicicleta de lado temporariamente. "É frustrante, mas é o que é", disse ele.

Mathieu van der Poel reconheceu que é preciso manter um período de recuperação mais longo e sem interrupções para auxiliar no processo e declarou que "seria tolice interromper este período novamente e ainda tentar chegar ao Campeonato Mundial".

Van der Poel participou do Campeonato Mundial de Ciclocross em 10 vezes consecutivas e sentiu um gosto amargo por ter que ficar fora da disputa em 2022. "Não ser capaz de defender meu título nos Estados Unidos é muito deprimente", afirmou.

Especulações sobre o tempo de recuperação de Mathieu van der Poel


Os gerentes da equipe Alpecin-Fenix afastaram as especulações sobre o tempo de recuperação de de Mathieu van der Poel e informaram que a lesão do atleta está sendo monitorada por uma equipe médica e pelo especialista responsável pelo tratamento.

"As especulações sobre se isso (a recuperação) levará semanas ou meses são infundadas. Atualmente, é impossível prever a rapidez com que o inchaço desaparecerá", mas "os médicos responsáveis ​​pelo tratamento concordam que ele desaparecerá efetivamente com o repouso", afirmam Christoph e Philip em nota.

Sobre a programação de retorno às competições e início da temporada no ciclismo de estrada, a equipe Alpecin-Fenix não soube apontar previsões. "Ele só começará sua temporada na estrada quando a lesão tiver passado e quando ele for capaz de se preparar adequadamente".

Foto: Alpecin-Fenix / Divulgação
Leia mais...

quarta-feira, 29 de dezembro de 2021

Mathieu van der Poel pode ficar fora do Mundial de Ciclocross por causa de lesão



Mathieu van der Poel segue enfrentando problemas devido à lesão sofrida nas Olimpíadas de Tóquio, quando caiu aos 10 minutos de prova no Sakura Drop e abandonar a competição. Há chances de que a contusão não permita que o ciclista dispute o título de campeão mundial de ciclocross em janeiro.

No domingo (26 de dezembro) após a corrida da Copa do Mundo de ciclocross em Dendermonde, na Bélgica, Van der Poel voltou a se deparar com dores nas costas. A dor piorou durante a corrida em Heusden-Zolder (27 de dezembro) levando o ciclista a abandoar por precaução.

Exames médicos realizados na terça-feira revelaram um inchaço no disco intervertebral, o que significa que Mathieu van der Poel precisará deixar a bicicleta de lado temporariamente. Ainda não está claro quando o ciclista da Alpecin-Fenix vai retomar os treinos e rotinas de competição. "É frustrante, mas é o que é", disse Van der Poel.

Desde a queda durantes o XCO de Tóquio, o Van der Poel teve diversos altos e baixos provocados pela lesão. Inclusive, o ciclista não pôde participar do Campeonato Mundial de Mountain Bike de 2021, disputado em Val di Sole, por causa da mesma lesão nas costas.

"O problema já existe há algum tempo e estou um tanto aliviado por haver uma causa identificável que pode ser remediada com repouso e tratamento extras. Todos sabem que o Campeonato Mundial nos Estados Unidos é o primeiro grande objetivo de 2022, mas certamente não é o único nem o último", destacou Mathieu van der Poel.

Para o gerente da equipe Alpecin-Fenix, Christoph Roodhooft, a situação foi inesperada, mas o time vai dar prioridade à recuperação de Van der Poel para que o atleta possa encarar os desafios da temporada de 2022. 

"Obviamente, isso é um revés, mas não há motivo para pânico. Os médicos garantem-nos uma recuperação total e isso é uma prioridade no momento. Mesmo que isso levasse a ajustar as ambições para o Campeonato Mundial de ciclocross. A curto prazo, seria uma pena, mas 2022 oferece muitos desafios desportivos para os quais a prontidão física é a primeira condição", declarou Christoph.

Mathieu van der Poel está confiante no tempo de recuperação e ansioso pela temporada de 2022, mesmo havendo a possibilidade de não poder defender o título de campeão mundial de ciclocross.

"Quero me recuperar totalmente primeiro, sem pressão de tempo, para poder usar todas as minhas possibilidades. Portanto, só vou retomar a competição quando estiver totalmente pronto. Se eu chegar ao Campeonato Mundial (de Ciclocross), melhor ainda. Se não for o caso, estarei ansioso pela temporada de primavera na estrada", pontuou Mathieu van der Poel.

Foto: Alpecin-Fenix Cycling Team
Leia mais...

terça-feira, 14 de dezembro de 2021

Van der Poel adia estreia na temporada 2021-22 de ciclocross por causa de lesão



Mathieu van der Poel vai adiar sua estreia na temporada de ciclocross 2021-22 em uma semana por causa de problemas relacionados à recuperação de lesão. A decisão foi tomada pelo ciclista em conjunto com a direção da equipe após contatos com os setores de desempenho e médico.

A temporada de ciclocross tem início no dia 18 de dezembro na Copa do Mundo de Rucphen e terminará em 30 de janeiro com o Mundial nos EUA.

Segundo a assessoria de imprensa da equipe Alpecin Fenix, o principal motivo para o adiamento da estreia do atual campeão mundial de ciclocross é o processo de cicatrização de uma lesão sofrida por Mathieu van der Poel no joelho.

De acordo com assessor de imprensa da Alpecin Fenix, Ward Callens, "o processo de cicatrização levará mais tempo do que o inicialmente previsto, e, dessa forma, Van der Poel ainda não foi capaz de completar o treinamento específico de ciclocross".

A previsão é que Mathieu van der Poel volte às competições de ciclocross no dia 26 de dezembro para a prova da Copa do Mundo em Dendermonde, na Bélgica.

Foto: Mats Palinckx / Facebook
Leia mais...

quarta-feira, 1 de dezembro de 2021

Deceuninck será copatrocinadora da equipe de Mathieu van der Poel por 4 anos

Deceuninck será copatrocinadora da Alpecin-Fenix - Foto: Divulgação / Alpecin-Fenix


Após três anos de patrocínio à equipe QuickStep, a Deceuninck anunciou nesta terça-feira (30/11) a assinatura do contrato de patrocínio por quatro anos com a equipe de ciclismo Alpecin-Fenix, de Mathieu van der Poel. A vigência começa em 2022.

Além de se tornar copatrocinadora da equipe profissional masculina de ciclismo da Alpecin-Fenix, a Deceuninck também patrocinará a equipe de mountain bike, ciclicross e o time feminino.

"Estou muito satisfeito em comunicar esta parceria com a Alpecin-Fenix. Nossa marca se destacará ao longo da temporada", declarou o CEO do Deceuninck Group, Francis Van Eeckhout.

Representando a liderança da Alpecin-Fenix, Philip Roodhooft que estão "muito satisfeitos com a parceria com a Deceuninck". "Temos visto um crescimento explosivo nos últimos anos, mas estamos longe de estar no fim dessa jornada", afirmou.

Foto: Divulgação / Alpecin-Fenix
Leia mais...

segunda-feira, 13 de setembro de 2021

Mathieu van der Poel retorna às competições e vence a Antwerp Port Classic



Mathieu van der Poel (Alpecin-Fenix) começou a testar a lesão nas costas na Antwerp Port Classic e se saiu bem ficando com a vitória da competição após o sprint sobre Taco van der Hoorn (Intermarché-Wanty-Gobert), que fechou em segundo. A prova aconteceu no domingo, 12 de setembro.

Van der Poel machucou estava com as costas lesionadas desde maio deste ano e tudo piorou após seu tombo nas Olimpíadas de Tóquio na prova de mountain bike cross-country. Ele ficou foram de várias competições importantes e, inclusive, não participou do Mundial de MTB em Val di Sole.

"É bom vencer. Perdi alguns eventos importantes, mas estou feliz por estar de volta", disse Van der Poel. 

"As costas deram alguns problemas na hora final [da prova], mas não me incomodaram. Estou aliviado", declarou.

Sobre sua participação na Paris–Roubaix e no Mundial de Ciclismo de Estrada, Mathieu van der Poel ainda não deixou claro se participará ou não.

"Tenho que esperar para ver como reajo, mas esta corrida não é como Roubaix ou Mundial. Vamos decidir esta semana", disse Van der Poel.
Leia mais...

segunda-feira, 23 de agosto de 2021

Lesionado: Mathieu van der Poel está fora do Mundial de MTB 2021

Lesão deixa Mathieu van der Poel fora do Mundial de MTB 2021


A seleção dos Países Baixos comunicou que o neerlandês Mathieu van der Poel não participará no Campeonato Mundial de Mountain Bike que acontece entre os dias 25 e 29 de agosto, em Val di Sole.

O comunicado feito no domingo (22) atribui a retirada de van der Poel do Mundial de MTB à uma lesão nas costas que incomoda o ciclista desde maio desse ano.

"Van der Poel ainda sofre muito com uma lesão nas costas. Claro que teríamos um candidato à vitória com Mathieu em boa saúde, mas tendo em vista as suas ambições para um futuro próximo, é sensato que não force nada agora", afirma o comunicado.

Mathieu van der Poel havia sido confirmado e se declarou ansioso pelo Mundial de MTB após o seu tombo durante o MTB nas Olimpíadas de Tóquio aos 10 minutos de competição.

Agora o ciclista vai se preparar para o Mundial de Ciclismo de Estrada, que acontece na Bélgica, no dia 26 e setembro. Van der Poel também participará na competição Paris-Roubaix, no dia 3 de outubro.

Ainda em agosto neerlandês participará do Benelux Tour, no dia 30. Também é uma prova de ciclismo de estrada.

As provas do Campeonato Mundial de MTB serão transmitidas pela Red Bull TV.
Leia mais...

segunda-feira, 16 de agosto de 2021

Mathieu van der Poel está confirmado no Mundial de MTB

Mathieu Van Der Poel em Nove Mesto para o XCO de 2021 Foto: Bartek Wolinski / Red Bull Content Pool


A seleção neerlandesa de ciclismo anunciou o nome de Mathieu van der Poel na lista de escalados para disputar o Campeonato Mundial de MTB que acontece entre os dias 25 e 29 de agosto, em Val di Sole, Itália.

Mathieu van der Poel era forte candidato a vencer a prova do MTB nas Olimpíadas de Tóquio, mas sofreu uma queda impressionante no Sakura Drop aos 10 minutos de competição e abandonou a competição. Para muitos, aquela queda de van der Poel foi considerada uma decepção.

"Estou ansioso pelo Mundial, depois dos Jogos Olímpicos, era importante para mim definir rapidamente novos objetivos. Gosto muito de Val di Sole. É uma bela pista e tenho ótimas lembranças do local depois de vencer a corrida de cross-country da Copa do Mundo de 2019", disse o tricampeão mundial de ciclocross.

Além de Mathieu van der Poel, Milan Vader e David Nordemann também foram selecionados para o mundial.

As provas do Campeonato Mundial de MTB serão transmitidas pela Red Bull TV.

Foto: Bartek Wolinski / Red Bull Content Pool
Leia mais...
 
Copyright © 2018-2022 Foto e Bike • Direitos reservados | Escreva-nos: blogfotoebike@gmail.com
Template Design by BTDesigner • Powered by Blogger
back to top