Mostrando postagens com marcador Sense Factory Racing. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Sense Factory Racing. Mostrar todas as postagens

quinta-feira, 24 de março de 2022

Taça Brasil em São Paulo tem vitória dupla da Sense Factory Racing na Super Elite

Luiz Henrique Cocuzz na Taça Brasil de XCO 2022, em São Paulo


A etapa de São Paulo da Taça Brasil de XCO 2022 aconteceu entre os dias 19 e 20 de março, conforme previsto no calendário de MTB. O evento ocorreu debaixo de muita chuva e foi palco de vitória para Luiz Cocuzzi e Giugiu Morgen, ambos da Sense Factory Racing. Rubinho Valeriano e Mário Couto, outros dois atletas da equipe, também tiveram um ótimo desempenho.

Localizada no bairro de Parelheiros, na zona sul de São Paulo, a pista de cross country olímpico do Lar Nossa Senhora Aparecida é conhecida por sua altimetria desafiadora e também pelo percurso altamente técnico, ainda mais depois que a chuva caiu sem parar por algumas horas.


A pista que já foi palco do Campeonato Brasileiro de XCO em 2018 também sediou a terceira etapa da Taça Brasil de XCO 2022, competição que contou pontuação para o Ranking da UCI e também para o Ranking Nacional.

Na Super Elite Masculino, a equipe saiu vencedora com o piloto Luiz Henrique Cocuzzi. Além disso, Mário Couto ficou em terceiro, com Rubinho Valeriano fechando na quarta colocação. O time ainda comemorou a primeira vitória de Giugiu Morgen na Super Elite, em seu primeiro ano de Sub-23. 

Cocuzzi com vitória em casa


A temporada 2022 de Luiz Cocuzzi começou com o pé direito, com o atleta vencendo a primeira etapa da Taça Brasil de XCO no dia 20 de Fevereiro, em Curitiba.

Cocuzzi vence Taça Brasil de XCO em SP


Agora, correndo em casa, o piloto, que faz sua temporada de estreia na Sense Factory Racing obteve mais um ótimo resultado, justamente na pista que ele treina com frequência e ajudou a construir, na instituição que pertence à sua família: o Lar Nossa Senhora Aparecida. 

“Taça Brasil em casa, e nós fizemos o dever de casa. A pista hoje estava muito desafiadora, com muita lama, e foi a primeira vez que usei os pneus Michelin Mud, que fizeram a diferença. Toda a equipe conseguiu rodar muito bem!”, explicou Luiz Cocuzzi. 

“Estou muito feliz com o resultado, com o trem da Sense ficando todo no pódio”, complementou o atleta. 


Nesta temporada, o objetivo de Cocuzzi é acumular pontos no ranking UCI, correndo provas de destaque dentro e fora do Brasil. Com os pontos, ele pode disputar a vaga em provas de short track da Copa do Mundo de MTB XCO, e também largar melhor posicionado nas disputas da série.

Giugiu conquista sua primeira vitória na Super Elite


Correndo sua primeira temporada na Sub-23, e portanto agora integrando a Super Elite, Giugiu Morgen sofreu um pouco para encontrar o ritmo nas primeiras provas do ano. Porém, mantendo a postura persistente de costume, a petropolitana, que corre pela Sense Factory Racing desde a juvenil parece estar reencontrando a boa forma, depois de muito treino e dedicação.  

Giugiu conquista primeira vitória na Super Elite


Usando as pernas e a experiência acumulada ao longo dos anos, Giugiu andou muito bem em sua nova categoria, sendo a mais rápida no duro e enlameado percurso. 

“Graças a Deus consegui ganhar essa prova, já que fazia um tempo que eu não vinha me sentindo bem, e acho que agora encaixei um pouco o ritmo da temporada”, explicou Giugiu. 

“Foi uma prova muito muito técnica, que exigiu cabeça acima de tudo. Saber correr, saber onde acelerar e onde não pode acelerar até o fim, não pode afogar. Em alguns lugares você tem que escolher a linha exatamente certa”, relatou a atleta. 

“Mas, no fim consegui essa vitória, e espero manter esse ritmo para o restante da temporada”, finalizou Giugiu.

Mário Couto e Rubinho Valeriano fechando o trem da Sense


Reforçando a importância do apoio aos atletas e o equipamento utilizado, os pilotos Mário Couto e Rubinho Valeriano fecharam a terceira etapa da Taça Brasil em terceiro e quarto lugar, respectivamente.

“Estou muito feliz com a prova! A pista estava bem desafiadora e com certeza o equipamento hoje fez a diferença. Os pneus Mud da Michelin fizeram total diferença, e como vocês podem ver fizemos o Top-4, e por isso estou muito feliz com a prova”, enfatizou Mário Couto. 


“Foi show demais, a pista estava desafiadora, e tivemos que tomar cuidado com o equipamento”, reforçou Rubinho Valeriano. 

“Estou muito feliz com meu rendimento, terminando P4. Obrigado a todos das equipes S2 Sports MTB pela força e obrigado à todos pela torcida. Vamos seguir firme e forte, pois semana que vem tem mais”, complementou o experiente atleta.

Na próxima semana, no dia 27 de março, o time completo da Sense Factory Racing estará em Itabirito, Minas Gerais, para correr a primeira etapa da Internacional Estrada Real 2022 - a disputa do XCO conta pontuação HC, uma das mais importantes da UCI.

Fotos: Marcio / Alisson / Sense Factory Racing / Divulgação
Leia mais...

sexta-feira, 11 de março de 2022

Sense Factory Racing segue com objetivos olímpicos

Ciclistas da Sense Factory Racing


Primeira equipe apoiada pela Sense Bike, e também a precursora de todo o desenvolvimento que culminou na criação da S2 Sports, a Sense Factory Racing é hoje uma das principais equipes de XC do país, e uma das poucas que detêm a chancela UCI de time Continental no Brasil.

Para a atual temporada, o time conta com o importante reforço do piloto Luiz Henrique Cocuzzi, atleta da Elite do MTB Cross-Country Olímpico, que chega para somar forças com Rubinho Valeriano e Mário Couto, também da Elite, Giugiu Morgen, que agora sobe para a Sub-23 e Rafael Juriti, especialista em triathlon off-road. Rubinho competirá também na e-bike, seu principal foco e terá ainda, como companheiro nesta modalidade, Diego Knob, o atleta de e-bike da Sense Factory Enduro, que competirá nas provas de E-XCO da CIMTB e do Campeonato Brasileiro.


“Nosso objetivo na temporada é conquistar resultados realmente expressivos no cenário internacional. Para isso contratamos o Cocuzzi, e confiamos muito na Giugiu, com seu primeiro ano de Sub-23 e Super Elite, sem falar de grandes nomes como o Rubinho e o Mário", explicou Marlen Ferreira. 

“Objetivamos também fazer com que nossos atletas possam pontuar entre os melhores do mundo no ranking UCI, ao menos entre os top-30 do mundo no caso do Cocuzzi e no caso da Giugiu entre as 20 melhores. Visamos a vitória nos campeonatos nacionais, sobretudo o Brasileiro de XCO. Além disso, dar o máximo de retorno para nossos patrocinadores é fundamental”, complementou. 

Mas, apesar de cada atleta ter uma categoria primária, a equipe mais uma vez vai apostar no intercâmbio, estratégia que já rendeu ótimos resultados como a conquista do Campeonato Brasileiro de Ciclismo de Estrada por Giugiu Morgen, que ainda levou pra casa o título de Vice-campeã Brasileira de contra-relógio, em 2021. 

Essa dinâmica de intercâmbio e integração já chamou a atenção de Luiz Henrique Cocuzzi, mais novo membro da equipe.


“Já fizemos um Training Camp em Janeiro, que foi fundamental para termos entrosamento, trocar de experiências e ter uma base de ritmo com os atletas da Sense Factory Racing. Além disso, tivemos muitas reuniões para acertar detalhes importantes da equipe”, comentou o atleta. 

“Estou curtindo demais, já que todos estão bem empenhados para trazer e fazer o melhor pelo time”, complementou o experiente ciclista.  

Fotos: Pedro Cury / S2 Indústria da Bicicleta / Divulgação
Leia mais...

terça-feira, 8 de março de 2022

Equipes de ciclismo da S2 Sports apostam em contratações e estrutura para obter os melhores resultados

Apresentação da fábrica da Sense


A S2 Indústria da Bicicleta, grupo formado pela fusão da Sense Bike com a Swift Carbon, se prepara para mais uma temporada de apoio e desenvolvimento no cenário esportivo da bike no Brasil. 

Contando com diversas equipes em diferentes disciplinas do mundo da bike, as equipes da S2 Sports mais uma vez se beneficiarão com uma grande estrutura de apoio, usufruindo de uma sede na cidade mineira de Lagoa da Prata com tendas, caminhões e suporte nas principais provas do Brasil.


Além disso, os atletas ainda contam com apoio profissional de técnicos, treinadores, nutricionistas e psicólogos, fisioterapeutas, mecânicos, criando as condições ideais não só para que eles ofereçam o melhor desempenho, mas também para seguir levantando a régua da profissionalização do esporte com bikes no Brasil.

“A S2 Sports é a estrutura que nós criamos, que agora engloba todos os times da Sense e da Swift, e, realmente, buscamos dar uma visão profissional para cada um dos times, bem como dar todo o aporte necessário para que os atletas possam performar”, comentou Marlen Ferreira, gerente de equipe da Sense Factory Racing e gestor da S2 Sports.

“Realmente é um grande desafio na minha carreira estar a frente deste projeto, que engloba tantas equipes, atletas, staffs e gestores esportivos. Acredito que agora temos a estrutura necessária para que nossos atletas obtenham os melhores resultados, para que os times despontem como referência no Brasil e na América-Latina”, explicou Marlen. 

“Estamos em um ano que consideramos mágico, com diversos eventos que serão muito importantes para o ciclismo como um todo no Brasil. Temos a Copa do Mundo de MTB já no primeiro semestre, que está gerando uma expectativa gigante, já que é uma grande subida de patamar para o esporte. Não podemos esquecer competições importantíssimas que retornam agora como o Ironman em Floripa, as voltas internacionais que nossos atletas de estrada vão disputar, e também o retorno da Sense Enduro Cup. Por isso, o ano vai ser mágico”, complementou. 

Fotos: Pedro Cury / S2 Indústria da Bicicleta / Divulgação
Leia mais...

terça-feira, 22 de fevereiro de 2022

Sense Factory Racing inicia temporada com vitória de Cocuzzi e Giugiu

Pódio da primeira etapa da Taça Brasil de MTB XCO 2022


A Sense Factory Racing iniciou a temporada de 2022 com grandes motivos para comemorar. Ao disputar a primeira etapa da Taça Brasil de MTB XCO, a equipe viu a vitória de Luiz Henrique Cocuzzi e de Giugiu Morgen. O time ainda colocou três atletas no top 5 da Super Elite.

Depois de uma merecida pausa para um descanso e de um início de muita preparação de base, com direito a training camp para melhorar o entrosamento da equipe, a Sense Factory Racing iniciou a temporada competitiva de 2022 com grandes motivos para comemorar.


A primeira etapa da Taça Brasil de MTB XCO 2022, competição realizada no último domingo, dia 20 de fevereiro, no Canal Aventura Bike Park, em Curitiba (PR), o time oficial da Sense Bike saiu com as vitórias de Luiz Henrique Cocuzzi, estreando pela equipe na Super Elite e de Giugiu Morgen, que fez sua estreia na Sub-23.

Além disso, o time ainda teve como destaque um quinto lugar para Rubinho Valeriano, e com uma ótima apresentação de Mário Couto, que fechou a disputa em décimo primeiro lugar. 

Valendo pontos C2 para o ranking da UCI, a competição foi realizada em um circuito rápido, com quase 5 Km, com um trajeto muito bem feito, onde os atletas da super elite masculino deram seis voltas, com a super elite feminino completando cinco voltas.  

Cocuzzi teve vitória em sua estreia na Sense 


Luiz Henrique Cocuzzi é, sem dúvida alguma, um dos maiores nomes do MTB XCO nacional na atualidade. Natural de São Paulo, o atleta fez sua estreia oficial pela Sense Factory Racing em grande estilo, com uma vitória dominante em Curitiba, praticamente liderando a prova de ponta-a-ponta na super elite.

Cocuzzi competindo pela Sense Factory Racing


“Estou muito feliz com minha estreia na equipe, em minha primeira prova do ano. Fiz uma prova constante e vi que todo o treinamento que eu fiz na base está se encaixando e dando resultados”, explicou o atleta.

“Estou muito esperançoso para as próximas provas, e espero continuar evoluindo, para chegar nas etapas de Copa do Mundo em alto nível para conseguir representar muito bem o país”, complementou. 
 
Ao longo do ano, Cocuzzi deve participar de todas as principais provas de cross-country no Brasil e na América Latina, além de competições da Copa do Mundo de MTB XCO, e também do Campeonato Mundial da modalidade, que acontece entre os dias 24 e 28 de agosto em Les Gets, na França. O foco do atleta é pontuar entre os Top 50 do mundo, sempre de olho na vaga olímpica de Paris, em 2024. 

Giugiu sobe de categoria com primeiro lugar


Em sua primeira apresentação na sub-23 e recuperando-se de uma cirurgia, a petropolitana Giuliana Morgen terminou sua apresentação na Taça Brasil de MTB em Curitiba com um excelente primeiro lugar na categoria. De quebra, ela terminou em quarto lugar na Super Elite.

Giugiu Morgen na bicicleta da Sense


Apesar disso, a atleta acredita ainda estar longe da melhor forma, e que ainda é preciso mais trabalho para acertar os ponteiros. A vencedora na super elite feminino foi Karen Olímpio. 

“Não foram as melhores sensações, mas vamos chegar lá. Fechei em quarto lugar na elite e em primeiro na Sub-23, na minha estreia na Sub-23. Tive algumas complicações da cirurgia, mas vai dar tudo certo”, comentou a atleta. 

Vale lembrar que, ao subir da Júnior para a Sub-23, Giugiu passa a correr diretamente contra as melhores atletas do Brasil na Super Elite, formada pela Sub-23 e pela Elite. Além de adversárias mais fortes, a atleta também vai encarar provas mais longas.


Por isso, Giugiu segue firme em sua preparação, com foco em provas de MTB XCO dentro do Brasil e fora do país, e também em pontuar entre as Top 20 do mundo em sua categoria. 

Rubinho Valeriano continua voando


Com três participações olímpicas, centenas de vitórias dentro e fora do país e nada menos do que 42 anos de idade, Rubens Donizete Valeriano é uma verdadeira lenda do esporte no Brasil. No último domingo, com um quinto lugar na Super Elite, o mineiro mais uma vez mostrou que suas pernas parecem ser imunes aos efeitos do tempo.

Rubinho Valeriano na Sense Factory Racing


“Estou muito feliz e satisfeito com meu quinto lugar. Começando o ano bem, mas sabendo que ainda preciso evoluir mais ainda, mas estou muito feliz e quero agradecer demais todos os patrocinadores da equipe por acreditarem no meu trabalho”, comentou Rubinho depois da prova.

“O ano está apenas começando, então é isso aí galera, um forte abraço para todo mundo, bons treinos e vamos para as provas”, finalizou o carismático atleta. 

Mário Couto em busca da evolução


Apesar de ter fechado sua apresentação na Taça Brasil em Curitiba fora do Top-10 na super elite, Mário Couto terminou seu final de semana satisfeito, até pela excelente apresentação na primeira metade de prova, quando ele teve a oportunidade de trabalhar por seus companheiros de Sense Factory Racing. 

“Estou muito feliz em começar o ano, mas ainda não estou com 100% de performance. Mesmo assim, fico muito feliz com o rendimento, já que pude ajudar o Rubinho e o Cocuzzi a trazer o título”, comentou o mineiro natural de Divinópolis. 


“O Cocuzzi venceu, e fizemos um bom trabalho de equipe no início ali, então estou bem feliz com a performance. Agora é seguir construindo, para seguir para os principais alvos da temporada”, finalizou Mário.

O próximo desafio da Sense Factory Racing acontece em Lavras, Minas Gerais. Lá, Cocuzzi, Giugiu, Rubinho e Mário devem participar da segunda etapa da Taça Brasil de MTB XCO, nos dias 5 e 6 de Março.

Fotos: Andrey Klagenberg / @andreykfotos / Sense Factory Racing Divulgação
Leia mais...

segunda-feira, 3 de janeiro de 2022

Luiz Henrique Cocuzzi é novo ciclista da Sense Factory Racing para 2022

Luiz Henrique Cocuzzi é novo ciclista da Sense Factory Racing - Foto: Luan / Sense Factory Racing Divulgação


Luiz Henrique Cocuzzi é o novo ciclista da Sense Factory Racing para a temporada de 2022. Agora o time oficial da Sense Bike passa a contar com a performance e a experiência de um dos atletas mais renomados do continente.

Sete vezes campeão Brasileiro de XCO, campeão Pan-Americano e atleta olímpico praticamente dispensa apresentações, Luiz Henrique Cocuzzi dispensa apresentações. Nos últimos anos, o biker consolidou seu nome como um dos principais ciclistas do mountain biking nacional, com resultados extremamente relevantes dentro e fora do Brasil.

Atual vice campeão brasileiro de MTB XCO e agora com 28 anos de idade, o Cocuzzi se prepara para entrar na melhor fase de sua carreira como nova contratação da Sense Factory Racing, equipe pró-continental da Sense Bike.

"Ao longo dos anos tive parceiros ao meu lado que alavancaram a minha carreira e acreditaram no que eu poderia me tornar. Para 2022 não será diferente, tenho ao meu lado uma equipe que sonha e acredita no meu propósito. E é com muito prazer que anúncio minha nova equipe para esta temporada", disse Cocuzzi em suas redes sociais.

O atleta chega para reforçar um time já extremamente variado e competente, que ainda conta com estrelas do esporte como Rubinho Valeriano, Mário Couto e Giugiu Morgen, atletas de mountain bike cross-country e e-MTB, e Rafael Juriti, do cross-triathlon.

Apostando mais uma vez no conceito da multidisciplinaridade, além de representar a Sense Factory Racing em provas de MTB, Luiz Cocuzzi também vai correr algumas provas pela Swift Carbon Pro Cycling Brasil, equipe pró-continental de ciclismo de estrada da S2 Sports, marca que abrange todas as equipes oficiais da Sense Bike, que ainda conta com times de Enduro e de triathlon - com isso, ele vai ganhar ainda mais experiência, em diferentes modalidades do mundo da bike. 

Integração e apoio com objetivo olímpico


Ao longo dos anos, as equipes da S2 Sports ficaram conhecidas por apostarem na integração entre os atletas e em uma grande estrutura de apoio para levantar a régua da profissionalização do esporte com bicicletas no Brasil, e a contratação de Luiz Henrique Cocuzzi é mais um passo nessa direção.

Foto: Luan / Sense Factory Racing Divulgação


"Acreditamos muito no potencial do Cocuzzi, e temos certeza que temos muito para colaborar com um atleta que está entrando na melhor fase de sua carreira. Com essa contratação, estamos entrando em um novo patamar, com mais um atleta que é referência na América Latina, assim como o Rubinho, o Mário e a Giugiu", comentou Marlen Ferreira, Team Manager da Sense Factory Racing.

"Com a contratação do Cocuzzi e nossos outros atletas, teremos uma equipe de ponta, com toda a estrutura de apoio que ele precisa para performar da melhor maneira possível dentro deste ciclo olímpico, com o objetivo de conquistar uma das vagas para as Olimpíadas de Paris em 2024, então vamos para cima deste objetivo", complementou Marlen. 

Para isso, a equipe promete começar o ano com força total, reunindo seus atletas para trocar experiências e acertar os ponteiros em dois training camps que vão acontecer ao longo de janeiro. 

"A temporada 2022 promete ser muito legal, já que diferente de 2020 e 2021, teremos muitas provas. Meu objetivo é sempre entregar meu melhor na prova, e acredito que a união de forças e a estrutura do time Sense vai agregar muito nos resultados, então estou ansioso para começar a temporada 2022", comentou Cocuzzi.

Cocuzzi nas principais provas de MTB no Brasil e América Latina


Ao longo do ano, Cocuzzi deve participar de todas as principais provas de cross-country no Brasil e na América Latina, além de competições da Copa do Mundo de MTB XCO, e também do Campeonato Mundial da modalidade, que acontece entre os dias 24 e 28 de agosto em Les Gets, na França.

Foto: Luan / Sense Factory Racing Divulgação


"A união do time e a troca de experiências será positiva para mim e para os outros atletas, tanto é que já estão organizando um training camp na Serra da Canastra onde vamos passar 10 dias trocando experiências e pegando ritmo, e depois teremos mais um training camp com o Cadu Polazzo, então vamos passar bastante tempo juntos. Acredito que isso será positivo para mim e para meus companheiros de equipe", complementou o atleta. 

Mas, muito mais do que apenas somar na equipe, o que engrandece o esporte com bicicletas no Brasil, a experiência de Luiz Cocuzzi pode trazer outros benefícios para o cenário nacional da bike, o que vai trazer benefícios até mesmo para os consumidores finais dos produtos da Sense Bike. 

"A contratação do Cocuzzi vai muito além de acrescentar na equipe, já que ela acrescenta na Sense Bike enquanto marca. Pelo know-how que ele tem e pela experiência com vários equipamentos, ele tem a possibilidade de nos ajudar no desenvolvimento de produtos, e essa sinergia é fundamental para que nós possamos continuar performando bem, dentro e fora das pistas", finalizou Marlen.

Foto de destaque: Luan / Sense Factory Racing Divulgação
Leia mais...

segunda-feira, 29 de novembro de 2021

Giugiu Morgen conquista bronze nos Jogos Pan-Americanos Juniores, na Colômbia

Giugiu Morgen em ação nos Jogos Pan-Americanos Juniores, na Colômbia - Foto: Alexandre Castello Branco / COB



No último sábado, dia 27 de novembro, a ciclista Giuliana Morgen conquistou mais um resultado de extrema relevância em sua carreira em Cali, na Colômbia. Na primeira edição dos Jogos Pan-Americanos Juniores, a piloto da Sense Factory Racing conquistou a terceira colocação na prova de cross-country olímpico, depois de um dia de muita lama e superação. 

O resultado de Giugiu vem para colaborar com a liderança do Brasil no quadro de medalhas, com a delegação nacional somando 41 medalhas no total, sendo 19 de ouro, 9 de prata e 13 de bronze - o ouro na prova ficou com a colombiana Angie Milena Lara Zarazo e a prata com sua compatriota Ana Maria Muñoz.

A prova foi realizada na Pista de Ciclomontañismo Carlos Castro, na cidade de Yumbo, em um circuito com obstáculos naturais e artificiais, com muitas curvas, subidas, descidas, frenagens e acelerações. Além disso, a chuva criou uma dificuldade extra, que chegou na forma de uma lama extremamente pegajosa, segundo explicou Giugiu. 

“Bronze no primeiro Pan-Americano Júnior. Foi duro, foi difícil e eu dei tudo que tinha dentro de mim! Chuva durante a noite e sol na hora da largada, lama igual um chiclete e bikes entupidas”, comentou Giugiu depois da competição. 
 
A atleta, que largou na terceira fila, assumiu a quarta colocação logo na primeira volta e, já na segunda, estava disputando a primeira colocação. Porém, na terceira volta, a lama acumulada na Sense Impact Carbon da atleta começou a gerar problemas: 

“Abrindo a terceira volta tive que parar no apoio para desentupir minha bike, e perdi alguns segundos muito valiosos, mas isso faz parte do jogo! A partir da terceira volta fui diminuindo cada vez mais o tempo para a segunda e a primeira colocação, mas não foi o suficiente, seriam necessárias mais duas voltas para pegá-las. Estou feliz pela entrega, e com certeza não vou parar por aqui, vou em busca de mais”, complementou Giugiu.

Giugiu estreia na Sub-23 com foco nos jogos de Paris


Com 18 anos completos, Giugiu Morgen fará suas últimas apresentações como atleta da júnior até o final desta temporada, com a ciclista ainda tendo uma aparição confirmada na etapa de Taubaté, São Paulo, da Copa Internacional de Mountain Bike, competição que acontece entre os dias 3 e 5 de dezembro. 

Depois disso, em 2022, ela encara os desafios da Sub-23 e da Super Elite, as categorias mais intensas e disputadas do Brasil. Nelas, além de enfrentar adversárias mais fortes, Giugiu terá que lidar com competições mais longas, algo fundamental para que ela dê mais um passo importante em sua carreira, com uma atenção especial para a vaga feminina para os Jogos Olímpicos de Paris, em 2024.

“Esta medalha de Bronze que Giugiu conquistou nos Jogos Pan-Americanos Juniores coroa tudo o que ela conquistou ao longo dos anos nas categorias de base”, comentou Marlen Ferreira, team manager da Sense Factory Racing. 

“Ela corre conosco desde que era atleta da pré-juvenil, e vimos ela sendo bi-campeã panamericana na Juvenil, depois na Júnior, e agora ela vai para a Sub-23, para competir com as meninas da Super Elite. Confiamos muito que ela vai com força total para conquistar a vaga olímpica nos Jogos de Paris em 2024, e este será nosso planejamento daqui para frente’’, complementou Marlen. 

“Apesar de ainda não ser da Elite, ela já desponta como uma das principais atletas do Brasil, e temos certeza de que ela tem tudo para lutar pelo lugar mais alto do pódio não só no país, mas também nas principais competições do mundo”, finalizou.

Foto: Alexandre Castello Branco / COB
Leia mais...

quarta-feira, 27 de outubro de 2021

Giugiu Morgen é Campeã Brasileira de Estrada e vice no contrarrelógio



Giuliana Morgen fez sua estréia em provas de estrada de altíssimo nível durante edição do Campeonato Brasileiro de Ciclismo de Estrada que aconteceu entre os dias 21 e 24 de outubro, no Autódromo Internacional Ayrton Senna e no Jardim Botânico de Londrina, no Paraná. A petropolinata é a nova campeã brasileira no ciclismo de estrada.

Oriunda do MTB, onde faz parte da Sense Factory Racing e é especialista no Cross-Country Olímpico, Giugiu Morgen foi um dos destaques da S2 Sports. A atleta da júnior chamou bastante atenção já na quinta-feira, dia 21 de outubro, com uma apresentação excelente no contrarrelógio individual.

Prata do Contrarrelógio


Correndo com uma bike de estrada, Giugiu conquistou a segunda colocação na disputa da crono. A prova aconteceu no autódromo Internacional Ayrton Senna e, para dar quatro voltas no circuito de 3.146 Km, a atleta precisou de pouco mais do que 19 minutos - a vencedora do dia foi Ana Paula Finco.

Giugiu conquistou a prata no Contrarrelógio


"Essa foi minha primeira prova de contrarrelógio. Não tinha muita gente conhecida aqui, diferente do mountain bike onde conheço todo mundo. Larguei meio sem saber quem era da minha categoria, mas mesmo assim dei o máximo", comentou a atleta depois da prova. 

Segundo Giugiu, um dos maiores desafios foi o percurso sem subidas longas, algo que sai bastante de sua característica de especialista em escaladas.  

"Curto mais uma serra longa, mas acho que consegui me defender bem. Coloquei 39 Km/h de média durante 12 km, então acho que minhas 'canelinhas' estão funcionando bem. Mantive um ritmo constante, fazendo todas as voltas iguais, e cheguei babando. Dei meu máximo, sem mais nem menos", complementou Giugiu.

Giugiu com medalha de ouro na Resistência


No dia seguinte, durante a prova de resistência da categoria Júnior, Giugiu realmente teve a oportunidade de brilhar. Isso porque, no percurso montado no Jardim Botânico, as 20 voltas de 3 quilômetros contavam com subidas e descidas, o que permitiu que a atleta usasse as pernas e a cabeça para conquistar a medalha de ouro. 

"Comecei a prova tentando minar minhas adversárias nas subidas, onde sabia que tinha um pouco de vantagem, mas estava com as pernas machucadas da pancada constante do contrarrelógio. No meio da prova ataquei e criei uma fuga com mais uma atleta, e fomos juntas até o final", acrescentou Giugiu. 
 
"Tentei me distanciar dela antes do fim, mas não obtive sucesso, já que ela estava conseguindo me acompanhar. Entendi que minha única chance de vencer era atacar na base da última subida, e foi isso o que eu fiz. Ataquei totalmente concentrada, com todas as minhas forças e, assim, consegui ganhar", afirmou Giugiu, destacando a importância de investir em várias modalidades do ciclismo para manter a evolução.

"A versatilidade é uma coisa que faz a gente evoluir bastante, e o cenário internacional deixa isso muito claro. Eu já pratiquei várias modalidades e agora estou gostando muito do ciclismo de estrada, na verdade eu gosto de bicicleta, me sinto bem fazendo isso, então só quero evoluir a cada dia. Essa prova serviu como teste para os treinamentos que venho fazendo para o Pan Júnior de Cali e estou feliz com o resultado", finalizou a petropolitana.

Foto de destaque: Divulgação / Sense Factory Racing

Leia mais...

terça-feira, 5 de outubro de 2021

Diego Knob estreia na elite do XCO durante CIMTB em Araxá (MG)

Diego Knob estreia na elite do XCO da CIMTB - Foto: Sense Factory Racing / Cesar Delong


Após conseguir o segundo lugar no pódio da Copa Internacional de Mountain Bike (CIMTB), em Araxá (MG), garantindo a dobradinha da Sense Factory Racing nas e-bikes, Diego Knob ainda estrou na Elite do XCO no final de semana dos dias 1º a 3 de outubro. 

Diego Knob, lenda brasileira das modalidades de gravidade e um dos construtores de trilhas mais importantes do Brasil, realmente encontrou uma nova paixão nas corridas de E-MTB. Correndo em Araxá de Hardtail contra os melhores ciclistas do país, o piloto da Sense Factory Racing foi vice-campeão na modalidade, perdendo apenas para o Rubinho Valeriano, outra lenda do esporte. 

"A prova foi excelente! Muitos competidores de nível altíssimo. Atletas migrando do enduro, do downhill e do XCO, para fazer uma competição equilibradíssima. Estou muito feliz com nossa performance. Não só com minha performance pessoal, mas com a performance da equipe, principalmente", afirmou Knob depois da prova. 

Além do desempenho impecável na prova de E-Bikes, Diego Knob encarou um novo desafio em sua extensa e variada carreira: pela primeira vez, o atleta alinhou com a elite brasileira do XCO, obtendo um fantástico décimo oitavo lugar, entre cerca de 70 competidores. Henrique Avancini venceu pela oitava vez consecutiva a disputa da CIMTB em Araxá.

"Não sei nem o que falar", comentou Knob após a prova visivelmente emocionado e bastante exausto.

"Eu nem ia largar, foi uma superação danada. Ontem cheguei acima do meu limite e até passei mal depois da prova. Larguei mais para participar desta festa incrível, com mais de 70 atletas", complementou o ciclista da Sense Factory Racing e que recentemente contribuiu para a abertura do Samambaia Bike Park, em Petrópolis (RJ).

"Alinhei na última fila, então foi muita poeira, muito trânsito e muita instabilidade nas duas primeiras voltas. Mas, por incrível que pareça, eu fui entendendo e percebendo que todo mundo estava em um ritmo pesado", observou Knob.

Oriundo do downhill, Knob ainda explicou que para ele o segredo foi seguir sua intuição e as orientações de seu treinador, especialmente por conta do forte calor.

"Não tenho nem o que falar. A estrutura estava bacana demais. Só queria agradecer essa oportunidade, já que vim do downhill e agora estou experimentando todas as vertentes do MTB, justamente para pegar uma bagagem e entender o esporte por completo, sempre me divertindo acima de tudo", finalizou Knob.

Foto: Sense Factory Racing / Cesar Delong
Leia mais...

Sense faz dobradinha no pódio da CIMTB em Araxá com Rubinho Valeriano e Diego Knob

Rubinho Valeriano durante etapa da CIMTB em Araxá (MG) - Foto: Sense Factory Racing / Felipe Almeida



No último fim de semana, nos dias 1, 2 e 3 de Outubro, o Tauá Grande Hotel, em Araxá (MG), foi palco da segunda etapa da Copa Internacional de Mountain Bike (CIMTB). Em um dos finais de semana mais importantes do calendário nacional do mountain biking, Rubinho Valeriano e Diego Knob fizeram dobradinha deixando a Sense Factory Racing com motivos de sobra para comemorar.

Na disputa das bikes elétricas, que aconteceu no sábado, dia 2, a equipe conquistou uma dobradinha espetacular, com o experiente piloto Rubinho Valeriano sagrando-se campeão, com sua full-suspension Sense Impulse E-trail, e Diego Knob ficando com o segundo lugar, usando a hardtail Sense Impact E-trail.

Além disso, a Sense Factory Racing subiu no lugar mais alto do pódio na júnior feminina da CIMTB, com mais uma vitória espetacular de Giugiu Morgen.

Rubinho Valeriano é campeão nas e-bikes 


Correndo sua primeira temporada com uma bicicleta elétrica, Rubinho Valeriano, que tem nada menos do que três participações olímpicas, parece estar se divertindo como nunca com esta nova fase em sua carreira.

O ciclista, que já se sente totalmente em casa na modalidade, conquistou mais uma vitória neste fim de semana, sendo o mais rápido do pelotão na disputa das E-Bikes da CIMTB. Há algumas semanas, em sua primeira competição de elétricas, o atleta venceu na Copa Internacional em Congonhas.

"Foi uma prova bem dura e difícil, o circuito novo está maravilhoso e a bike foi impecável em todas as voltas. Gostei demais da calibragem que fizemos na suspensão e nos pneus. Também ajustamos o motor e ganhamos muito torque", comentou Rubinho. 

"Na largada não consegui encaixar o pé, já que ainda não me adaptei em largar com o banco baixo. Quando consegui clipar, o pelotão já tinha ido embora. Mas, sabendo que a prova teria cinco voltas, mantive a calma", explicou Rubinho.
 
"Na segunda volta consegui chegar nos líderes e vi que o Knob estava disputando a frente. Vi que estava numa tocada mais forte e cheguei passando. Coloquei um ritmo forte na subida do apoio e percebi que estava conseguindo abrir nas partes técnicas. Aí, aproveitei isso para poder dar uma descansada nas subidas. Na última volta fiz mais força e consegui manter a liderança até o fim", acrescentou o piloto.

"Quero agradecer demais a equipe e todos os patrocinadores pela força, pelo apoio e pela torcida", afirmou Rubinho, comemorando ainda o segundo lugar de Diego Knob, seu companheiro na Sense Factory Racing.

Foto: Sense Factory Racing / Felipe Almeida
Leia mais...

segunda-feira, 4 de outubro de 2021

Giugiu Morgen conquista resultado importante após vitória na etapa da CIMTB em Araxá (MG)

Giugiu Morgen na CIMTB Araxá (MG) - Foto: Cesar Delong



A ciclista Giuliana Morguen conquistou mais um resultado importante ao vencer na segunda etapa da Copa Internacional Michelin de Mountain Bike (CIMTB Michelin), uma das maiores e mais tradicionais competições do cenário nacional do Mountain Bike Cross-Country, na disciplina olímpica (MTB XCO).

Na cidade mineira de Araxá, no Tauá Grande Hotel, Giugiu Morgen correu pela júnior alinhando junto com as atletas da super elite. A petropolitana mais uma vez mostrou ótima forma física e muita habilidade com a bike, ao andar de igual para igual com as melhores atletas do Brasil, em um circuito desafiador e técnico. 

Correndo com a camisa amarela de líder na classificação geral da CIMTB em sua categoria, Giugiu encarou uma disputa quente em todos os sentidos, seja pelo calor elevado na prova, ou pela própria condição em que a disputa aconteceu.

CIMTB teve categorias femininas com largada mista


Na etapa Araxá da CIMTB, a organização colocou todas as categorias femininas - que vão da Sub-15 até a Super Elite - em uma largada única, que aconteceu ao meio dia do domingo, dia 3 de outubro. 

Por ser da Júnior, Giugiu largou atrás do pelotão da super elite e, por isso, teve que brigar com unhas e dentes por melhores colocações durante a prova. 

"Larguei na quinta fileira, atrás da elite, então foi meio difícil chegar lá na frente e até tomei algumas cotoveladas, e por isso tive que me posicionar também. Fui passando o pessoal dentro da trilha até chegar na sexta colocação. Depois disso, senti um pouco e mantive meu ritmo pelo resto da prova", explicou Giugiu. 

"O calor estava bem intenso, e a poeira também estava bem alta, mesmo com a chuva forte que caiu anteontem. Mas, mesmo assim, a experiência mais uma vez foi muito legal", completou a atleta da Sense Factory Racing.

Ainda no dia 3 de outubro, Henrique Avancini conquistou sua oitava vitória consecutiva na CIMTB em Araxá. O ciclista, que também é de Petrópolis (RJ), declarou que foi "uma das corridas mais duras que já tive" por lá.

Na elite feminina da CIMTB em Araxá, Isabella Lacerda venceu e manteve a liderança geral na categoria.

Diversão e trabalho em equipe


Apesar da prova dura, do forte calor e de muita poeira, Giugiu parece sempre estar se divertindo durante as competições. Até por isso, a ciclista elogiou bastante o percurso criado pela organização.

"Este ano, o percurso estava muito divertido, com muitos saltos e obstáculos que deixam a disputa muito mais emocionante", afirmou a ciclista que também elogiou a estrutura e o espírito esportivo de sua equipe.

"Como sempre, a Sense deu uma festa aqui pra gente, e eu gosto muito de correr em Araxá. Deixo registrado o meu agradecimento à Equipe Sense Factory Racing, porque por trás dos meus resultados, existe um excelente time de trabalho, com um espírito de união e competência, e com isso consigo alcançar os resultados mais incríveis", finalizou Giugiu.

De olho em seus próximos desafios, Giugiu mantém a animação em alta e, já pelos próximos dias, deve encarar uma nova competição. Na semana que vem, a cidade mineira de Lavras será palco de mais uma etapa da Taça Brasil de XCO, que acontece nos dias 9 e 10 de outubro e a atleta da Sense Factory Racing está confirmada.

Foto: Cesar Delong
Leia mais...

segunda-feira, 6 de setembro de 2021

Rubinho Valeriano estreia no E-MTB na primeira etapa da CIMTB 2021


A primeira etapa da Copa Internacional de Mountain Bike (CIMTB) viu a estreia de Rubinho Valeriano na categoria e-bikes no sábado, 4 de setembro. Apesar de ser um dos atletas mais experientes do Brasil, com nada menos do que três participações olímpicas, o piloto jamais havia competido na categoria e-bikes.


Mas, apesar disso, o ciclista saiu com a vitória na categoria na etapa de Congonhas da CIMTB. De quebra, o terceiro posto na competição ainda ficou com seu companheiro de Sense Factory Racing, Diego Knob.


“Estou muito feliz. Primeira vez correndo de bike elétrica, uma experiência totalmente diferente. Achei que não faria muita força, mas fiz mais do que na bike convencional. Mas o legal é que foi muito divertido”, destacou o atleta, que corre com uma Sense Impulse E-Trail.


“Foram 3 voltas em um circuito de 11Km, e logo no começo escapamos eu e o segundo colocado, Albert Morgen. Estava forçando nas partes técnicas e, aí, na segunda volta, parti para o tudo ou nada e abri um gap para ele. Mantive um ritmo insano, colocando mais de 50Km/h no plano, e mesmo com o trânsito na terceira volta consegui vencer”, complementou o piloto.


“Estou muito feliz de ter andando com a bike elétrica e de ter vencido também. Com certeza recomendo para todo mundo”, afirmou Rubinho.


No domingo, o ciclista alinhou para a prova de XCO, juntamente com outras feras do esporte nacional, inclusive seu companheiro de equipe Mário Couto. Na modalidade olímpica do mountain bike, Rubinho conquistou a quarta colocação.


“A prova foi disputada do início ao fim, e o circuito era muito técnico. Peguei o quarto lugar na primeira volta e mantive o ritmo. Quase consegui chegar no Mário e no segundo colocado na última volta, mas não tinha mais forças. Hoje a bike foi impecável, inclusive em questão de suspensão e calibragem de pneus. Hoje foi tudo perfeito em relação a bike, então estou muito satisfeito”, finalizou Rubinho.


Foto: Ox Vídeos

Leia mais...

quinta-feira, 22 de julho de 2021

Bernardo Cruz e Diego Knob garantem vitória na 1ª etapa da P.Cycle Enduro Series

Com vitórias na pró e nas e-bikes, Sense Factory enduro foi melhor equipe


Bernardo Cruz Sense Factory Enduro - Foto: Brunosebastiao_fotografo / Equipeolharfotografico


No último domingo, dia 18 de junho, a cidade mineira de Inhaúma foi palco da primeira etapa da P.Cycle Enduro Series 2021. Com mais de 250 inscritos, a competição reuniu alguns dos maiores nomes do enduro do Brasil e, num clima de grande confraternização e troca de experiências, a Sense Factory Enduro conquistou excelentes resultados, com direito inclusive ao prêmio de melhor equipe do fim de semana. 

Na categoria pró, o piloto Bernardo Cruz mais uma vez mostrou porque é considerado um dos maiores nomes das modalidades de gravidade dentro e fora do Brasil. As trilhas montadas no Cheira Céu Bike Park misturam altas velocidades, elevado nível técnico e muitos trechos de mata e, nas três especiais da categoria pró, o piloto da Sense Factory Enduro mostrou uma enorme consistência para vencer na somatória final dos tempos. 

“A prova foi muito legal e tivemos uma troca de experiências muito intensa com os meninos da base. Foi um evento bem familiar, com a amizade, a fraternidade e a diversão que são a cara da Sense”, comentou Bernardo.

“Comentei outro dia com meus amigos o tanto que tenho orgulho de fazer parte desse time, e o tanto que eu admiro o Henrique Ribeiro, CEO da Sense, não só como pessoa, mas também como amante do esporte. É uma marca nacional que, através dessas competições, mostra para o Brasil e para o mundo inteiro que estamos com uma marca que pode andar de igual para igual com as importadas, e isso é bom demais”, finalizou o campeão. 

Knob venceu na categoria e-bike


Além de Bernardo, Diego Knob também teve motivos de sobra para comemorar. Isso porque, há cerca de dois meses, o piloto que compete na categoria e-bike sofreu uma apendicite e acabou ficando praticamente todo este tempo sem subir na bicicleta. Em sua reestreia, o ciclista de Petrópolis levou a vitória na somatória das quatro especiais criadas para as e-bikes, mostrando que quem é rei nunca perde a majestade.

Diego Knob Sense Factory Enduro - Foto: Brunosebastiao_fotografo / Equipeolharfotografico


“A prova foi muito bacana, e marcou meu retorno às pistas depois de dois meses parado por conta de uma apendicite. Eu não estava esperando muito e não havia criado expectativa de ter um rendimento tão alto nessa prova, porque é normal voltar com um ritmo mais baixo”, comentou Knob.

“Mas, a bike se comportou muito bem no percurso todo, e me senti muito à vontade com o equipamento e com o terreno. Estava com muita vontade de pedalar, já que estava há tempos sem andar, e isso me deixou com a energia aflorada. Estava com a cabeça leve e tranquila por estar novamente andando de bicicleta, e acho que isso foi um dos fatores fundamentais para entregar fluidez e diversão nos pedais. No fim, tudo deu certo e estou muito feliz. O resultado me anima para as provas de Enduro e XCO que tenho para o resto da temporada. Voltei com tudo”, comemorou Knob.

Foto: Brunosebastiao_fotografo / Equipeolharfotografico
Leia mais...

quinta-feira, 24 de junho de 2021

Giugiu Morgen volta ao Brasil após temporada europeia bem sucedida

Com prova na Suíça, Petropolitana encara dia de forte calor para finalizar sua primeira temporada europeia do ano com ótimos desempenhos e muito aprendizado




No último domingo, dia 20 de junho, a petropolitana Giuliana Morgen concluiu sua última prova em sua primeira temporada na Europa em 2021. A competição aconteceu em Gränichen, na Suíça, contando como terceira etapa da Proffix Swiss Bike Cup. Giugiu encerrou sua participação com a vigésima terceira colocação, e a vencedora do dia foi a francesa Tatiana Tournut.

A prova foi realizada sob um forte calor, o que mais uma vez testou os limites de Giugiu: nas últimas semanas, a atleta da Sense Factory Racing encarou as mais variadas condições climáticas, indo de dias muito frios, com chuva e temperaturas quase congelantes, passando por dias mais amenos até chegar no fortíssimo calor na competição suíça deste final de semana.

“Não me senti muito bem hoje (domingo), mas acho que faz parte. Não larguei bem e o corpo não respondia. Não consegui fazer força nos pedais. Hoje não obtive o resultado esperado, mas saio satisfeita com essa temporada na Europa. Estou aprendendo como meu corpo funciona com tanta exigência”, afirmou Giugiu, que completou 18 anos na última semana.

Seis provas em sete semanas


A primeira temporada europeia de Giugiu em 2021 começou há cerca de sete semanas e, de lá pra cá, ela ficou sem competir apenas na semana passada. Neste meio tempo, Giugiu passou pela Alemanha, República Tcheca, França e Suíça - tudo isso depois de um período de 15 dias de quarentena em Portugal. 

Na Alemanha, a petropolitana participou da etapa de Albstadt da Copa do Mundo de MTB, tendo fechado a prova na vigésima primeira colocação. Depois disso, já na República Tcheca, a atleta superou muito frio e chuva para chegar em décimo nono na etapa de Nové Město da Copa do Mundo de Mountain Bike.

Nas semanas seguintes, ainda na República Tcheca, Giugiu andou muito bem, fechando em quinto lugar na Izomat MTB Cup e em quarto lugar, apenas sete dias depois, na Strabag MTB Cup XCO. Uma semana depois, a petropolitana participou de uma das etapas da Copa França de MTB, finalizando em sexto lugar. 

Todas as provas aconteceram em circuitos de elevada exigência técnica, com a presença de atletas de altíssima performance. No Campeonato Mundial de Mountain Bike Cross-Country Olímpico, principal objetivo de Giugiu nesta temporada, boa parte delas estará presente - o Mundial de MTB 2021 acontece no dia 25 de agosto em Val di Solle, Itália. 

“Essa temporada aqui na Europa serviu para minha evolução física e também pessoal, já que tive que resolver muitas coisas em relação à viagem, aos treinos e competições. Estarei presente nas próximas provas e agradeço a todos que torceram por mim, e também a todos os meus patrocinadores. Agora, é hora de voltar ao Brasil e treinar mais”, finalizou Giugiu. 

De volta ao Brasil, Giugiu está com presença confirmada na final da Copa Internacional de Mountain Bike, competição que acontece nos dias 2 e 3 de julho em Carandaí, Minas Gerais. Depois disso, a atleta larga na Internacional Estrada Real, competição que será realizada na cidade mineira de Santana dos Montes, no dia 13 do mesmo mês.

Foto: Divulgação / Sense Factory Racing
Leia mais...

terça-feira, 15 de junho de 2021

Sense Factory Racing tem fim de semana com vitória e ótimos desempenhos no Circuito Olímpico de Deodoro

Equipe da Sense Bike sai da reestreia da pista olímpica do Rio de Janeiro com vitória de Albert Morgen nas elétricas, Rubinho Valeriano em segundo e Mário Couto em quarto na Elite


Rubinho Valeriano fecha em segundo lugar - Foto: Felipe Almeida


Em um fim de semana para lá de especial, os atletas da Sense Factory Racing saem da reestreia da pista olímpica do Parque Radical de Deodoro, Rio de Janeiro, com muitos motivos para comemorar. Isso porque, no circuito que recebeu os maiores atletas do mundo no cross-country olímpico de 2016, o time oficial da Sense Bike conquistou a vitória nas e-bikes com Albert Morgen, além do segundo e do quarto lugar na elite masculina, com Rubinho Valeriano e Mário Couto. 

As competições aconteceram no último domingo, dia 13 de junho, e foram válidas pelo Campeonato Estadual de MTB XCO do Rio de Janeiro.  

Rubinho Valeriano em segundo, dando a volta por cima


Depois de um período longe das competições, o três vezes olímpico Rubinho Valeriano provavelmente sentiu-se em casa no circuito do Parque Radical de Deodoro. Afinal, nos jogos de 2016, o "R1" estava lá, batendo guidão contra as maiores estrelas do planeta no cross-country olímpico. Por isso, o palco de sua reestreia em competições de XCO alto rendimento não poderia ter sido melhor - o vencedor na elite foi Ulan Bastos, com Gustavo Xavier sendo o mais rápido da prova, porém correndo pela Sub-23. 

Rubinho Valeriano de volta em grande estilo - Foto: Felipe Almeida
Rubinho Valeriano de volta em grande estilo - Foto: Felipe Almeida


“A prova hoje foi muito disputada. Não larguei bem porque a largada foi por ordem de chegada, e por isso tive que fazer um trabalho de recuperação na primeira das seis voltas”, comentou o experiente atleta. 
 
“Isso foi legal porque deu para sentir bem minha pilotagem no meio do pelotão. Na prova, fui ganhando cada vez mais terreno e, na terceira volta, já livre dos outros atletas, botei um ritmo constante para ir até o final. Consegui andar bem por um bom tempo no grupo dos líderes, mas aí com os retardatários, acabei não conseguindo chegar no primeiro”, complementou Rubinho. 

“Fico muito feliz com o resultado, já que gosto muito de correr nessa pista. Ela é muito técnica e tem muitas frenagens e acelerações, do jeito que eu gosto de correr. Fico muito satisfeito de chegar em segundo lugar na categoria elite, e isso foi muito bom para mim. Fico muito feliz em representar minha equipe, meus parceiros e patrocinadores”, finalizou Rubinho.

Mário Couto com ótimo resultado na elite


Em seu primeiro ano, subindo da Sub-23 para a elite, Mário Couto segue forte em seu processo de evolução constante. Hoje, acelerando contra boa parte dos maiores nomes do XCO do Brasil, o jovem de Divinópolis, Minas Gerais, fechou sua participação com um excelente quarto lugar na elite.

Mario Couto na pista olímpica - Foto: Felipe Almeida
Mario Couto na pista olímpica - Foto: Felipe Almeida


“Estou muito feliz em voltar a competir em alto nível, principalmente nesta pista especial. Estou bastante satisfeito com meu desempenho nessa volta às competições de alto nível. O pelotão da Elite estava praticamente inteiro aqui, e esse é meu primeiro ano na categoria”, comentou Mario. 

“Saio muito feliz com o desempenho que consegui entregar, e ainda mais com o meu quarto lugar na elite. A prova foi disputada desde o início. Antes da largada caiu uma chuva que deixou a adrenalina ainda mais alta, e o circuito ainda mais técnico, o que trouxe uma dificuldade a mais, principalmente nos vários trechos de Rock Garden e single-track na mata”, explicou Mário. 

“Larguei muito bem e me encaixei em um grupo com os ponteiros. Na terceira volta o Rubinho conectou neste grupo. Depois, ficamos eu o ele fazendo um trabalho de equipe na quarta e na quinta colocação, mas no meio da quarta volta senti o ritmo, e comecei sentir algumas cãibras. Lutei contra elas até a sexta volta, mas mesmo assim mantive o ritmo forte, para fechar em quarto na elite e em quinto na geral”, finalizou Mário.

Albert Morgen com vitória nas elétricas


Correndo mais uma vez nas elétricas, modalidade que tornou-se especialidade desta verdadeira lenda do MTB nacional, Albert Morgen mais uma vez mostrou que barril de gasolina nunca perde o cheiro. Com mais um excelente desempenho, o Petropolitano foi o mais rápido do dia nas e-bikes, adicionando mais uma vitória para seu extenso currículo. 

Albert vence nas e-bikes - Foto: Felipe Almeida
Albert vence nas e-bikes - Foto: Felipe Almeida


“O circuito estava muito duro e técnico, já que a pista estava molhada de manhã. Foram cinco voltas com a bike escorregando bastante. Mas, como já estava afinado no percurso, consegui andar bem o tempo inteiro para fechar em primeiro”, comentou o experiente atleta. 

Na próxima semana, a Sense Factory Racing volta para as pistas, mas desta vez do outro lado do Atlântico. No dia 19 de junho, Giugiu Morgen, filha de Albert, largará na Proffix Swiss Bike Cup, competição que acontece na Suíça e encerra a temporada da atleta na Europa. 

Depois, a equipe ruma para Carandaí, em Minas Gerais, para disputar a final da Copa Internacional de Mountain Bike, no dia 2 de junho. No dia 13, o time da Sense Factory Racing está com a presença confirmada na Internacional Estrada Real, competição que acontece na cidade mineira de Santana dos Montes.

Fotos: Felipe Almeida
Leia mais...
 
Copyright © 2018-2022 Foto e Bike • Direitos reservados | Escreva-nos: blogfotoebike@gmail.com
Template Design by BTDesigner • Powered by Blogger
back to top