Mostrando postagens com marcador Tóquio 2020. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Tóquio 2020. Mostrar todas as postagens

sábado, 24 de julho de 2021

Richard Carapaz vence no ciclismo de estrada e garante primeiro ouro do Equador em Tóquio



O ciclismo de estrada abriu os eventos de ciclismo nas Olimpíadas de Tóquio com transmissão ao vivo nesta sexta-feira, 27, às 23h (horário de Brasília) e o grande vencedor foi equatoriano Richard Carapaz.

Com 28 anos, Carapaz cruzou a linha de chegada após percorrer os 234 Km da prova e cerca de 5 mil metros de ascensão, com o tempo de 6h05min. O equatoriano atacou a 25 km do final e venceu com 1min07s de vantagem para o segundo colocado.

O ataque que garantiu a vitória de Richard Carapaz foi uma resposta a investida do americano Brandon McNulty. O equatoriano foi acompanhado por um pequeno grupo de 10 ciclistas, mas conseguiu finalizar escapado.

A briga pelos outros lugares do pódio foi disputada até o último momento. O belga Wout van Aert garantiu o segundo lugar e a medalha de bonze foi para o esloveno Tadj Pogacar, bicampeão do Tour (2020 e 2021).



O vencedor da prova na Rio 2016, o belga Greg Van Avermaet, largou com o pelotão, mas não completou a prova.

Top 10 do ciclismo de estrada Tóquio 2020


Ao fim dos 234 Km de prova, o top 10 do ciclismo de estrada nas Olimpíadas de Tóquio ficou assim:

1. Richard Carapaz (Equador) 6:05:26
2. Wout van Aert (Bélgica) +1:07
3. Tadej Pogacar (Eslovênia)
4. Bauke Mollema (Holanda)
5. Michael Woods (Canadá)
6. Brandon McNulty (EUA)
7. David Gaudu (França)
8. Rigoberto Uran (Colômbia)
9. Adam Yates (Grã-Bretanha)
10. Max Schachmann (Alemanha) +1:21

Leia mais...

quarta-feira, 21 de julho de 2021

Olimpíadas de Tóquio: programação completa das provas de ciclismo



E aí, está preparado para madrugar para conseguir assistir os Jogos Olímpicos de Tóquio? Para os apaixonados por ciclismo, preparamos a agenda com todos os eventos de bike com o horário de Brasília para que você possa acompanhar.

Se liga na programação e bora torcer, principalmente por Henrique Avancini, Jaqueline Mourão, Luiz Cocuzzi, Renato Rezende e Priscilla Stevaux que são os brasileiros que estarão disputando.

Programação do ciclismo nas Olimpíadas de Tóquio


Ciclismo de estrada nas Olimpíadas de Tóquio


Masculino

23/07, sexta-feira: Final - 23h
28/07, quarta-feira: Final do contrarrelógio - 2h

Feminino

25/07, domingo: Final - 1h
27/07, terça-feira: Final do contrarrelógio - 23h30

Mountain Bike Cross-country em Tóquio 2020


Masculino

26/07, segunda-feira: 3h

Feminino

27/07, terça-feira: 3h

BMX Racing nos Jogos Olímpicos


Masculino

28/07, quarta-feira: Quartas de final – Bateria 1 22h00
28/07, quarta-feira: Quartas de final – Bateria 2 22h42
28/07, quarta-feira: Quartas de final – Bateria 3 23h24
29/07, quinta-feira: Semifinais – Bateria 1 22h00
29/07, quinta-feira: Semifinais – Bateria 2 22h31
29/07, quinta-feira: Semifinais – Bateria 3 23h02
29/07, quinta-feira: Final 23h40

Feminino

28/07, quarta-feira: Quartas de final – Bateria 1 22h21
28/07, quarta-feira: Quartas de final – Bateria 2 23h03
28/07, quarta-feira: Quartas de final – Bateria 3 23h45
29/07, quinta-feira: Semifinais – Bateria 1 22h15
29/07, quinta-feira: Semifinais – Bateria 2 22h46
29/07, quinta-feira: Semifinais – Bateria 3 23h17
29/07, quinta-feira: Final 23h50

Ciclismo BMX freestyle park nas Olimpíadas de Tóquio


Feminino

30/07, sexta-feira: Classificação - 22h10
31/07, sábado: Final - 22h10

Masculino

30/07, sexta-feira: Classificação - 23h20
31/07, sábado: Final - 23h20

Ciclismo de pista em Tóquio 2020


A programação do ciclismo de pista começará sempre às 3h30 distribuída conforme as datas a seguir.

2 de agosto

- Classificatória – Sprint por equipes feminino
- Classificatória – Perseguição por equipes feminino
- Primeira rodada – Sprint por equipes feminino
- Classificatória – Perseguição por equipes masculino
- Finais – Sprint por equipes feminino

3 de agosto

- Primeira rodada – Perseguição por equipes feminino
- Classificatória – Sprint por equipes masculino
- Primeira rodada – Perseguição por equipes masculino
- Primeira rodada – Sprint por equipes masculino
- Finais – Perseguição por equipes feminino
- Finais – Sprint por equipes masculino

4 de agosto

- Classificatória – Sprint individual masculino
- Primeira rodada – Keirin feminino
- Finais – Sprint individual masculino
- 3 Repescagens – Keirin feminino, Sprint individual masculino feminino
- Finais – Perseguição por equipe masculino
- Finais – Sprint individual masculino 1/16

5 de agosto

- Omnium – Scratch masculino
- Finais – Sprint individual masculino
- Quartas de final – Keirin feminino
- Repescagem – Sprint individual masculino
- Omnium – Contrarrelógio
- Quartas de final – Sprint individual masculino
- Semifinal – Keirin feminino
- Omnium – Prova de eliminação
- Finais Keirin feminino
- Finais Keirin feminino
- Ominium masculino – Prova por pontos
- Sprint individual masculino – disputa do 5º a 8º lugares

6 de agosto

- Classificatória – Sprint individual feminino
- Semifinal – Sprint individual masculino
- Finais – Sprint individual feminino
- Repescagem – Sprint individual feminino
- Madison feminino
- Finais – Sprint individual masculino
- Finais – Sprint individual feminino

7 de agosto

- Finais – Sprint individual feminino
- Keirin – primeira rodada masculino
- Repescagem – Sprint individual feminino
- Repescagem – Keirin masculino
- Quartas de final – Sprint individual feminino
- Madison masculino

8 de agosto

- Omniun Scratch feminino
- Semifinal Sprint individual feminino
- Quartas de final Keirin masculino
- Omnium contrarrelógio feminino
- Sprint individual feminino disputa do 5º a 8º lugares
- Semifinal Keirin masculino
- Finais do Sprint individual feminino
- Omnium prova de eliminação feminino
- Finais Keirin masculino
- Finais do Keirin masculino
- Omnium prova por pontos feminino

Foto: Boris Beyer / Red Bull Content Pool




Leia mais...

terça-feira, 20 de julho de 2021

Cancelamento das Olimpíadas de Tóquio não está descartado

CEO dos jogos olímpicos não descartou possibilidade cancelamento durante entrevista coletiva




Às vésperas do início dos jogos olímpicos de Tóquio e abertura do evento, o chefe do comitê organizador, Toshiro Muto, não descartou o cancelamento de última hora das competições.

Durante coletiva de imprensa nesta terça-feira (20), Muto foi questionado se as Olimpíadas de Tóquio poderiam ser canceladas devido ao crescente número de casos de covid-19 no Japão e declarou que está atento ao número de infecções e em contato contínuo com os organizadores para as discussões necessárias.

"Não podemos prever o que acontecerá com o número de casos do novo coronavírus. Por isso, continuaremos as discussões se houver um aumento", disse Muto.

Toshiro Muto ainda afirmou que "nesse momento, os casos de coronavírus podem aumentar ou diminuir, então vamos pensar sobre o que devemos fazer quando a situação surgir".

Chegada dos atletas para as Olimpíadas de Tóquio


Os primeiros participantes das Olimpíadas - atletas e dirigentes - começaram a chegar em Tóquio no dia 1º de julho. Dentre esses credenciados, houve 67 casos de coronavírus.

Na segunda-feira, 19 de julho, dois atletas testaram positivo para covid-19, já no Japão. Ao todo, há cinco casos confirmados de pessoas com o vírus na Vila Olímpica.

Em meio ao aumento de casos de covid-19 em Tóquio, os jogos olímpicos, adiados em 2020 por conta da pandemia, serão realizados sem espectadores.
Leia mais...

terça-feira, 1 de junho de 2021

Henrique Avancini, Jaqueline Mourão e Luiz Cocuzzi são os nomes do Brasil nas Olimpíadas de Tóquio

Henrique Avancini, Jaqueline Mourão e Luiz Cocuzzi


A Confederação Brasileira de Ciclismo (CBC) divulgou a convocação dos atletas do mountain bike para as Olimpíadas de Tóquio na tarde desta segunda-feira, 31 de maio. O ranking de classificação olímpica foi finalizado após a etapa da Copa do Mundo de MTB em Nové Mesto, República Tcheca. 

O Brasil conquistou três vagas para o mountain bike cross-country para os jogos olímpicos de Tóquio: duas no masculino e uma no feminino. Os atletas confirmados após a convocação da CBC foram Henrique Avancini, Luiz Henrique Cocuzzi e Jaqueline Mourão, conforme presumido pelo blog Foto e Bike.

Os escolhidos no MTB para as Olimpíadas de Tóquio


Principal atleta de mountain bike no Brasil, Henrique Avancini disputará os jogos olímpicos pela segunda vez em sua carreira. Na primeira ocasião, concluiu na 23º na Rio2016 e, desde então, seus resultados foram históricos para o país na modalidade. Ele chega a Tóquio com chances de vitória.

Jaqueline Mourão, de 45 anos, vai participar pela sétima vez de uma edição de jogos olímpicos. Hoje competindo no mountain bike, a atleta já disputou no esqui cross-country em Olimpíadas anteriores.

No MTB, o melhor resultado de Jaqueline Mourão foi nos jogos olímpicos de Atenas, em 2004, quando terminou em 18º. Os jogos de Tóquio devem marcar o fim das participações da atleta em Olimpíadas.

Com 27, Luiz Henrique Cocuzzi vai representar o Brasil em Olimpíadas pela primeira vez. "Depois de muita superação, suor e muito trabalho ao longo dos últimos anos, chego aonde eu sempre sonhei estar", comentou o atleta em suas redes sociais.

As provas de Mountain Bike nas Olimpíadas de Tóquio serão disputadas entre os dias 26 e 27 de julho.
Leia mais...

quinta-feira, 27 de maio de 2021

Suíça divulga nomes dos atletas de MTB para Olimpíadas de Tóquio

Nino Schrter - MTB XCO


O comitê olímpico da Suíça divulgou nesta quinta-feira, 27 de maio, os nomes dos seis ciclistas que representarão o país nas Olimpíadas de Tóquio, nas provas de mountain bike cross-country.

Jolanda Neff, Sina Frei e Linda Indergand são as convocadas para competir na prova de cross-country feminino. Entre os homens, Nino Schurter, Mathias Flückiger e Filippo Colombo foram selecionados.

Em se tratando de Filippo Colombo, o pré-requisito para que participe das Olimpíadas de Tóquio é que esteja totalmente recuperado da lesão que sofreu no início de maio, quando caiu na etapa da Copa do Mundo em Albstadt.

Em suas redes sociais, Jolanda Neff disse se sentir privilegiada pelo momento e agradeceu aos seus amigos e familiares por todo o apoio durante a preparação. "Sou eternamente grata por conseguir viver a vida que estou vivendo", disse.

Nino Schurter, que atualmente figura como primeiro colocado no ranking UCI de MTB e um dos principais rivais do brasileiro Henrique Avancini, declarou estar orgulhoso de conseguir a sua quarta participação em jogos olímpicos e está focado para Tóquio. "Tenho um objetivo claro para defender o título conquistado na Rio2016", afirmou.

Quais são os nomes da seleção brasileira de MTB para as Olimpíadas de Tóquio?


A Confederação Brasileira de Ciclismo (CBC) ainda não fez a convocação oficial dos atletas que irão representar a seleção brasileira de MTB nas Olimpíadas de Tóquio.

Segundo informações dadas ao blog Foto e Bike pela assessoria de imprensa da CBC, a previsão é de que a divulgação aconteça na próxima segunda-feira, 31 de maio.

As provas de Mountain Bike nas Olimpíadas de Tóquio serão disputadas entre os dias 26 e 27 de julho.

Foto: Divulgação / Swiss Olympic Team
Leia mais...

terça-feira, 18 de maio de 2021

Brasil conquista três vagas no MTB para Olimpíadas de Tóquio

Avancini liderando prova em Albstadt


O ranking de classificação olímpica foi finalizado e o Brasil conseguiu três vagas no MTB, sendo duas no masculino e outra no feminino, de acordo com informação divulgada pela União Ciclística Internacional (UCI), nesta terça-feira, 18 de maio.

Mesmo o Brasil sendo um dos países mais afetados pela pandemia do coronavírus, os atletas da seleção de MTB treinaram e pedalaram forte para fechar a classificação e garantir as vagas olímpicas.


Composto apenas por países, a pontuação do ranking classificatório reúne a somatória de pontos dos seus três melhores ciclistas no ranking mundial, tanto no masculino quanto no feminino. Os dois primeiros colocados conquistam três vagas, da 3ª a 7ª colocação tem direito a duas vagas, e da 8ª a 21ª posição fica com uma vaga.

O Brasil fechou a classificação na 4ª posição no masculino entre 96 nações. Já no feminino, conquistou a vaga ao terminar na 18ª posição entre 88 países.

Quais são os nomes da seleção de MTB nas Olimpíadas?


A CBC ainda não fez a convocação oficial dos atletas que irão representar a seleção brasileira de MTB nas Olimpíadas de Tóquio e informou que isso deverá ocorrer nos próximos dias no site da confederação após a publicação final de alocação de cotas da UCI.

Contudo, a comissária da UCI e da CBC, Regina Barbieri, participou de um podcast da CIMTB publicado em 6 de maio e especulou, devido às pontuações, que os representantes da seleção brasileira no MTB nas Olimpíadas de Tóquio deverão ser Henrique Avancini, Luiz Henrique Cocuzzi e Jaqueline Mourão.

As provas de Mountain Bike nas Olimpíadas de Tóquio serão disputadas entre os dias 26 e 27 de julho.
Leia mais...
 
Copyright © 2021 Foto e Bike • Direitos reservados | Escreva-nos: blogfotoebike@gmail.com
Template Design by BTDesigner • Powered by Blogger
back to top