Mostrando postagens com marcador Tom Pidcock. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Tom Pidcock. Mostrar todas as postagens

segunda-feira, 16 de maio de 2022

Tom Pidcock e Rebecca McConnell conquistam vitória na Copa do Mundo de MTB em Nove Mesto



O XCO da terceira etapa da Copa do Mundo de MTB aconteceu neste domingo (15 de maio), em Nove Mesto, e viu Rebecca McConnell vencer na elite feminina, assegurando a permanência da camisa de líder. Na elite masculina, Tom Pidcock tirou a oportunidade de Vlad Dascalu conseguir a primeira vitória.

Rebecca McConnell está tendo uma excelente temporada, acima do que ela esperava. Em 2022, conquistou sua primeira vitória em Copa do Mundo de MTB, em Petrópolis. Desde então, segue líder da classificação geral feminina.

"Nove Mesto é sempre muito bom para mim, sempre consigo ter um bom desempenho aqui", disse Rebecca McConnell e ainda completou afirmando estar "vivendo o sonho". A ciclista da equipe Primaflor esteve presente no pódio do XCC, tendo fechado na segunda posição atrás apenas de Jolanda Neff.

Na sequência do resultado do XCO feminino da Copa do Mundo de MTB em Nove Mesto, ficaram Loana Lecomte em segundo seguida por Jenny Rissveds, em terceiro. Jolanda Neff e Caroline Bohé fecharam o top 5.

Emoção do início ao fim no XCO masculino da Copa do Mundo de MTB


A disputa masculina do XCO da Copa do Mundo de MTB em Nove Mesto teve Tom Pidcock com vencedor. O atual campeão olímpico destacou que foi uma corrida dura e ainda destacou a disputa do Vlad Dascalu nos momentos finais da última volta.

"Foi uma corrida difícil! Eu sabia que Vlad teria uma última volta super rápida. Tive problemas com a minha bike, mas sabia que se conseguisse manter a diferença para o Vlad, poderia pegá-lo contra o vento", disse Pidcock.

Essa foi a segunda vitória de Tom Pidcock na temporada da Copa do Mundo de MTB deste ano. Das três etapas, ele só não participou da disputa em Petrópolis.

Ainda em busca de sua primeira vitória na Copa do Mundo, Vlad Dascalu terminou o XCO de Nove Mesmo na segunda posição. O campeão mundial Nino Schurter ficou na terceira colocação depois de uma intensa corrida de recuperação, após ter sido prejudicado por um furo de pneu na quinta volta. Anton Cooper e Alan Hatherly fecharam o top 5.

Entre os brasileiros, Henrique Avancini fechou na décima quarta posição. Ulan Galinski foi 70º colocado e Edson Rezende concluiu na 99º colocação. Luiz Henrique Cocuzzi sofre uma queda e abandou aos cinco minutos de prova.

Top 10 feminino do XCO em Nové Mesto


1- Rebecca McConnell 1:21:17
2- Loana Lecomte + 40
3- Jenny Rissveds + 1:17
4- Jolanda Neff + 2:22
5- Caroline Bohé + 2:22
6- Mona Mitterwallner + 2:25
7- Laura Stigger + 3:11
8- Alessandra Keller + 3:12
9- Anne Terpstra + 3:52
10- Sina Frei + 4:01

Top 10 masculino do XCO em Nové Mesto


1- Tom Pidcock 1:21:19
2- Vlad Dascalu + 01
3- Nino Schurter + 30
4- Anton Cooper + 33
5- Alan Hatherly + 33
06- Mathias Flückiger + 34
7- Titouan Carod + 1:01
8- Andri Frischknecht + 1:04
9- Luca Schwarzbauer + 1:17
10- Vital Albin + 1:41

Foto: Bartek Wolinski / Red Bull Content Pool
Leia mais...

segunda-feira, 31 de janeiro de 2022

Tom Pidcock é o campeão mundial de ciclocross



Tom Pidcock fez história no ciclismo ao vencer o Campeonato Mundial de ciclocross da UCI, em Fayetteville (EUA), no domingo, 30 de janeiro. O atleta da Ineos Grenadiers tornou-se o primeiro ciclista britânico a vencer na elite da disciplina.

Pidcock, que conquistou a medalha de ouro no mountain bike cross-country nas Olimpíadas de Tóquio em 2021, já era campeão mundial júnior e sub-23 de ciclocross. Com a ausência de Mathieu van der Poel e Wout van Aert, começou a corrida em Fayetteville como o favorito para a vitória.

Fazendo uma prova extremamente tática e inteligente, Tom Pidcock conseguiu as investidas dos belgas Eli Iserbyt e Toon Aerts, seus principais rivais na disputa pelo título de campeão mundial de ciclocross.


Depois de abrir caminho para a liderança entrando na curva mais técnica do percurso, Pidcock ligou a potência e afastou-se de seus rivais nas cinco voltas seguintes, cruzando a linha de chegada na posição de 'Superman' e com uma margem de vitória dominante de 30 segundos.

Após após vencer, Tom Pidcock garantiu que a prova não ficou mais fácil com a ausência de Mathieu van der Poel e Wout van Aert. Segundo ele, a disputa pelo título mundial de ciclocross "ficou ainda mais difícil".

"Todo mundo espera que a corrida seja mais fácil, mas você não pode entrar com essa mentalidade. Vai ser super difícil, não importa quem esteja na corrida. Viemos aqui com um plano, seguimos o processo e no final deu tudo certo", disse Pidcock.

Tom Pidcock afirmou que um de seus objetivos no ciclismo é ganhar os títulos mundiais de ciclocross, mountain bike cross-country e corrida de estrada no mesmo ano. Agora, após garantir o título de ciclocross em grande estilo, Pidcock voltará suas atenções para o próximas temporadas de mountain bike e corridas de estrada.

Resultados do Campeonato Mundial de Ciclocross 2022


Elite Masculino
1 – PIDCOCK Thomas (Reino Unido) 1:00:36
2 – VAN DER HAAR Lars (Países Baixos) +30
3 – ISERBYT Eli (Bélgica) +32

Elite Feminino
1 – VOS Marianne (Países Baixos) 55:00
2 – BRAND Lucinda (Países Baixos) +1
3 – PERSICO Silvia (Itália) +51

Sub 23 Masculino
1 – WYSEURE Joran (Bélgica) 49:21
2 – VERSTRINGE Emiel (Bélgica) +13
3 – NYS Thibau (Bélgica) +33

Sub 23 Feminino
PIETERSE Puck (Países Baixos) 46:27
VAN ANROOIJ Shirin (Países Baixos) mt
VAN EMPEL Fem (Países Baixos) +12

Junior Masculino
CHRISTEN Jan (Suíça) 43:11
DOCKX Aaron (Bélgica) +1
SMITH Nathan (Reino Unido) +1

Junior Feminino
1 – BACKSTEDT Zoe (Reino Unido) 41:16
2 – BENTVELD Leonie (Países Baixos) +32
3 – MOLENGRAAF Lauren (Países Baixos) +57

Foto: Divulgação / Ineos Grenadiers
Leia mais...
 
Copyright © 2018-2022 Foto e Bike • Direitos reservados | Escreva-nos: blogfotoebike@gmail.com
Template Design by BTDesigner • Powered by Blogger
back to top