Mostrando postagens com marcador UCI. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador UCI. Mostrar todas as postagens

quarta-feira, 18 de agosto de 2021

Tudo pronto para a terceira edição do Campeonato Mundial de E-MTB em Val di Sole

Marco Aurelio Fontana e Julian Absalon - Foto: Val di Sole Bike Land


Depois de sediar uma competição E-MTB pela primeira vez em 2019, o Electric Snake, Val di Sole, na Itália, está pronta para receber o Campeonato Mundial de E-MTB, na sexta-feira, 27 de agosto. O novo formato faz sua terceira aparição no programa de campeonatos mundiais UCI Mountain Bike.

As competições E-MTB proporcionam corridas espetaculares e muitas emoções aos fãs de MTB, envolvendo vários nomes importantes do passado e do presente do cross country, como Julian Absalon, Simon Andreassen, Alan Hatherly e Tom Pidcock. 

Hatherly e Pidcock venceram as duas primeiras edições do Campeonato Mundial E-MTB entre os homens, enquanto Nathalie Schneitter (2019) e Melanie Pugin (2020) festejaram na categoria feminina.

Pidcock, atual campeão olímpico de MTB, não defenderá seu título mundial, já que atualmente está competindo na Vuelta a España e deixará aberta a disputa pela camisa arco-íris. 

Na categoria feminina, Kathrin Stirnemann lançará seu desafio para Schneitter e Pugin na na disputa pela título mundial de E-MTB.

De acordo com o diretor técnico do Val di Sole OC, Sergio Battistini, a pista é desafiadora e vai desafiar o potencial das E-MTBs e dos ciclistas.

"As corridas E-MTB estão ganhando força, e criamos um percurso com algumas seções muito difíceis, propositalmente, para explorar o potencial dessas e-bikes. Será uma corrida divertida e o público poderá desfrutar no seu melhor", declarou Battistini.

A prova feminina do Campeonato Mundial de E-MTB está programada para 27 de agosto, às 8h. Já a disputa masculina será no mesmo dia, às 11h45. As informações estão no horário de Brasília.

As provas do Campeonato Mundial de MTB serão transmitidas pela Red Bull TV.

Foto: Val di Sole Bike Land
Leia mais...

terça-feira, 15 de junho de 2021

Loana Lecomte e Mathias Flueckiger dominam Copa do Mundo MTB XCO em Leogang

Bikers durante prova de XCO em Leogang - Foto: Bartek Wolinski / Red Bull Content Pool


Loana Lecomte e Mathias Flueckiger dominaram a etapa da Copa do Mundo de Mountain Bike da UCI em Leogang, na Áustria, ao triunfar nas corridas XCC e XCO nos dias 11 e 13 de junho.

Embora o tempo tenha melhorado muito em relação ao Campeonato Mundial de 2020, as descidas íngremes e técnicas e as subidas muito duras permaneceram um verdadeiro teste e produziram algumas corridas brilhantes.

O brasileiro Henrique Avancini não esteve em Leogang para disputar o XCC e XCO neste ano. Em suas redes sociais o atleta relatou dificuldades logísticas relacionadas à quarentena imposta pela pandemia e que está focado nos Jogos Olímpicos de Tóquio.

Loana Lecomte venceu com folga na Elite Feminina


A francesa Lecomte já era a mulher a ser batida na terceira etapa da Copa do Mundo de MTB. Após atuações dominantes nas duas primeiras, e uma vitória no Short Track de sexta-feira só aumentou o hype.

Loana Lecomte no XCO da Copa do Mundo UCI, em Leogang - Foto: Bartek Wolinski / Red Bull Content Pool
Loana Lecomte no XCO da Copa do Mundo UCI, em Leogang - Foto: Bartek Wolinski / Red Bull Content Pool


Loana Lecomte seguiu de perto a largada rápida da campeã mundial Pauline Ferrand Prevot antes de abrir uma vantagem na primeira volta e seguir na ponta até vencer, com confortáveis ​​1m48s de folga, e somar três vitórias nas três primeiras corridas, a primeira mulher em 15 anos para alcançar a façanha.

A última volta foi cheia de ação na batalha pelos outros lugares do pódio, com a austríaca Laura Stigger no ataque e derrubando Ferrand Prevot, mas sendo ultrapassada pela campeã olímpica Jenny Rissveds.

"Tenho lutado um pouco com a minha autoconfiança nas últimas semanas, então esta foi uma corrida muito boa. Tenho treinado muito para me comprometer totalmente", disse a sueca Rissveds, de 27 anos.

No masculino, Flueckiger e Ondrej Cink foram protagonistas


A corrida masculina ocorreu de forma semelhante ao XCO de sexta-feira, com Flueckiger e o rival checo Ondrej Cink a repetir o primeiro e o segundo lugares.

Mathias Flueckiger no XCO da Copa do Mundo UCI, em Leogang - Foto: Bartek Wolinski / Red Bull Content Pool
Mathias Flueckiger no XCO da Copa do Mundo UCI, em Leogang - Foto: Bartek Wolinski / Red Bull Content Pool


Atrás deles, a luta pelas demais posições do pódio foi divertida com Anton Cooper facilmente à frente do francês Thomas Griot, que segurou o romeno Vlad Dascalu em uma finalização fotográfica pelo quarto lugar.

Flueckiger, 32, disse: "Hoje foi muito trabalho mental para mim. Cada vez mais na corrida encontrei o meu ritmo e consegui encontrar uma lacuna para Ondrej. Eu sabia que tinha que atacar porque, quando havia subidas constantes, ele era um pouco mais forte", declarou Flueckiger.

Cink acrescentou que Flueckiger "foi muito rápido nas descidas em comparação a mim, então abriu um pequeno espaço e, depois disso, tentou forçar e não consegui segurá-lo. Ele estava melhor hoje e parabéns a ele".

Os bikers voltam à ação pela Copa do Mundo de MTB no XCC e XCO em Les Gets, na França, de 3 a 4 de julho.

Top 5 no XCO em Leogang


Elite Feminina


1. Loana Lecomte - 1:17.03
2. Jenny Rissveds - +1.48
3. Laura Stigger - +1.50
4. Jolanda Neff - +2.02
5. Pauline Ferrand Prevot - +2.30

Elite Masculina


1. Mathias Flueckiger - 1:15.50
2. Ondrej Cink - +0.14
3. Anton Cooper - +0.45
4. Thomas Griot - +1.26
5. Vlad Dascalu - +1.27

Top 5 da classificação da Copa do Mundo MTB XCO 2021


Elite Feminina


1. Loana Lecomte - 1045 pontos
2. Pauline Ferrand Prevot - 680 pontos
3. Haley Batten - 669 pontos
4. Rebecca McConnell - 544 pontos
5. Linda Indergand - 533 pontos

Elite Masculina


1. Mathias Flueckiger - 794 pontos
2. Ondrej Cink - 654 pontos
3. Victor Koretzky - 623 pontos
4. Mathieu van der Poel - 570 pontos
5. Anton Cooper - 570 pontos

Fotos: Bartek Wolinski / Red Bull Content Pool
Conteúdo: Traduzido e adaptado de Red Bull Content Pool
Leia mais...

segunda-feira, 7 de junho de 2021

Giugiu confirma evolução e fecha em 6º lugar na Copa França de MTB XCO

Giugiu Morgen


Mantendo sua sequência de provas na Europa,  Giuliana Morgen (Sense Factory Racing), participou da Copa França de MTB na cidade francesa de Guéret e finalizou na sétima colocação. A prova aconteceu no último sábado, 5 de junho, e, com o resultado, a atleta  alcançou o oitavo lugar no ranking mundial de Cross-Country Olímpico UCI Junior Séries.

Feliz com sua evolução ao longo das últimas semanas, a ciclista Giuliana Morgen (Sense Factory Racing), encerrou o fim de semana com motivos de sobra para comemorar. Competindo de forma ininterrupta desde o dia 8 de maio, quando ela participou da etapa de Albstadt da Copa do Mundo de Mountain Bike Cross-Country Olímpico, Giugiu segue em um processo constante de aprimoramento, com resultados bastante positivos. 

No último sábado, dia 5 de junho, a atleta participou da Copa França de MTB XCO, competição UCI Classe 1 válida pela UCI Junior Séries XCO, que reúne algumas das melhores ciclistas do mundo na categoria júnior. 

A prova foi realizada em um circuito bastante técnico, com passagens duras de subida e descidas desafiadoras. Mesmo correndo sem canote retrátil e de hardtail, uma Sense Impact Carbon, Giugiu mais uma vez destacou-se nos trechos que exigiam habilidade - reflexo de seu intenso treinamento em trilhas de enduro em Petrópolis, Rio de Janeiro, sua cidade natal. 

Na prova, a brasileira fechou com o tempo de 1:08:55, a poucos segundos da quinta colocada, a belga Julia Grégoire. A vencedora do dia foi a francesa Olivia Onesti. 

“A prova foi muito dura e com bastante lama. O nível das adversárias estava excelente, por isso saio muito satisfeita com minha performance”, afirmou Giugiu

O resultado garantiu mais 35 pontos UCI para Giugiu. Com isso, ela sobe uma colocação e agora ocupa o oitavo lugar no ranking mundial na categoria júnior.

Evolução física e pessoal


Mais do que ficar feliz com seu excelente sexto lugar na prova, a ciclista comemora não só sua evolução física, mas também seu crescimento pessoal. Em suas primeiras provas na Europa em 2021, Giugiu sofreu com a falta de ritmo em competições de alto nível, com o clima chuvoso e frio da Europa sendo alguns dos principais adversários do atleta. 

Porém, prova após prova, Giugiu foi reencontrando seu ritmo e, com isso, os resultados começaram a aparecer com cada vez mais consistência. Esta evolução física e a oportunidade de estar na Europa estão fazendo bem para a ciclista.

“Sinto que se eu estivesse no Brasil, não iria expandir meus limites. Tudo nesta viagem está me forçando a crescer e progredir”, comentou a atleta de 17 anos de idade. 

Giugiu Morgen após prova na França - Foto: Arquivo Pessoal


“Aqui, estou tendo que resolver tudo. Desde estar sozinha, ter a autonomia de resolver detalhes, até a questão das provas, lugares perfeitos para treinar etc. Tudo está sendo uma lição, então isso também está me deixando muito satisfeita”, finalizou.

Mais provas na Europa e na América do Sul


No dia 19 de junho, Giugiu largará na Proffix Swiss Bike Cup, competição que acontece na Suíça e encerra a temporada da atleta na Europa. De volta para o Brasil, ela vai para Carandaí, em Minas Gerais, disputar a final da Copa Internacional de Mountain Bike, no dia 2 de junho. No dia 11 do mesmo mês, ela larga na Copa Juvenil Mezuena, competição que acontece na Colômbia. 

Já no segundo semestre, ela retorna para a Europa para disputar o Campeonato Mundial de XCO, competição que acontece no dia 25 de agosto em Val di Solle, na Itália. 

Fotos: Arquivo Pessoal
Leia mais...

sexta-feira, 28 de maio de 2021

BMX define classificação para Olimpíadas de Tóquio neste fim de semana, em Bogotá

Anderson Ezquiel, do BMX


Neste fim de semana acontecem as rodadas 3 e 4 da Copa do Mundo 2021 de BMX. A etapa será realizada em Bogotá, na Colômbia nos dias 29 e 30 de maio e é a última oportunidade para os atletas somarem pontos para o ranking que garante a participação nos Jogos Olímpicos de Tóquio.

Atualmente com duas vagas (uma no feminino e outra no masculino) para Tóquio no BMX, o Brasil estará representado pelos bikers Anderson Ezequiel, Priscilla Stevaux e Renato Rezente nessa etapa que será decisiva para definir os representantes brasileiros nas Olimpíadas.

As rodadas 3 e 4 da Copa do Mundo UCI BMX Supercross em Bogotá, na Colômbia, terão transmissão ao vivo no sábado e domingo, a partir das 16h45 (horário de Brasília), pelo site olympics.com.

Foto: COB / Divulgação
Leia mais...

terça-feira, 18 de maio de 2021

Nino Schurter volta à liderança do ranking UCI sete meses após perder posto para Henrique Avancini

Nino Schurter retorna à liderança do ranking UCI


Após o final de semana com a etapa da Copa do Mundo de MTB, em Nové Mesto, na República Tcheca, o ranking UCI foi atualizado e o suíço Nino Schurter assume a liderança sete meses depois de ter perdido o posto de número 1 para Henrique Avancini.

Victor Koretzky caiu para a segunda colocação e sua diferença para Nino é de apenas 28 pontos. Avancini permanece em terceiro deste a atualização pós etapa de Albstadt: o brasileiro está agora há 96 pontos do líder.

Considerando até a 100ª posição, com exceção de Henrique Avancini, todos os brasileiros da Elite Masculina tiveram queda nas posições após a atualização do ranking UCI.

Guilherme Gotardelo Müller: 78º (perdeu 7 posições)
Luiz Henrique Cocuzzi: 83º (perdeu 16 posições)
Ulan Bastos Galinski: 90º (perdeu 1 posição)
José Gabriel Marques de Almeida: 94º (perdeu 3 posições)

Na Elite Feminina, considerando as 100 primeiras, Raiza Goulão aparece na 44ª posição.
Leia mais...

quarta-feira, 12 de maio de 2021

Avancini cai para terceiro no ranking UCI após etapa de Albstadt na Copa do Mundo de MTB

O ranking UCI acaba de se atualizar após a etapa da Copa do Mundo de MTB, em Albstadt, e se confirmam as mudanças nas primeiras posições na Elite Masculina com Henrique Avancini caindo para a terceira posição e o francês Victor Koretzky assumindo a liderança.

Entre os três primeiros, Nino Schurter foi o único que manteve o posto permanecendo na segunda colocação do ranking UCI.

Ainda com as mudanças, a diferença é muito pequena e a disputa pelo topo do ranking UCI está aberta.

Chegada de Victor Koretzky ao topo

Depois de uma corrida brilhante, Victor Koretzky venceu Nino Schurter no último domingo, 9 de maio, na Copa do Mundo de Albstadt. Com esta vitória, ele alcançou a liderança geral para ele e para sua equipe, e isso também lhe valeu a ascensão ao topo do ranking da UCI. Uma classificação que reflete bem o percurso de cada ciclista e o bom tempo de Koretzky.

Henrique Avancini teve dificuldades na pré-temporada

O brasileiro largou em desvantagem para a pré-temporada de 2021 devido às restrições impostas por causa da pandemia. Avancini iniciu seu ciclo de competições na Europa em abril e, ainda assim, conseguiu uma quarta colocação no XCC de Albstadt e, no XCO, fechou em décimo. 

"Voltas intermediárias foram pesadas por não me encaixar bem na forma como o grupo estava andando. Final de prova um pouco crescente", declarou Avancini sobre o XCO, em Albstadt.
Leia mais...

segunda-feira, 8 de fevereiro de 2021

Brasil sediará Copa do Mundo de Mountain Bike em 2022

Henrique Avancini na etapa Petrópolis da CIMTB/2019. Foto: Davi Corrêa

A CIMTB Michelin em parceria com a Confederação Brasileira de Ciclismo (CBC) organizará a abertura da Copa do Mundo de Mountain Bike, entre 8 e 10 de abril de 2022, em Petrópolis, Rio de Janeiro. O evento que acontece em vários continentes, retorna ao Brasil após 17 anos para expandir o esporte e incentivar a prática do ciclismo em diferentes regiões do mundo.


As provas oficiais, de XCO (Cross Country Olímpico) e XCC (short Track), ocorrerão na cidade natal do primeiro brasileiro a vencer uma etapa da Copa do Mundo, Henrique Avancini, que também é um dos responsáveis pela conquista.


“Desde 2017 ou 2018 já existia um desejo muito grande da UCI, da Red Bull e dos nossos parceiros de trazer o evento para o Brasil. Eu participei muito no sentido de buscar um organizador que atendesse às exigências da UCI. Eles requisitaram que, se fosse vir para o Brasil, teria que ser na minha cidade. O Rogério [ Bernardes ] topou o desafio, o que gabaritou ainda mais a confiança deles”, conta Avancini.


A CIMTB Michelin já organizou mais de 70 eventos internacionais da UCI em sua história e uma etapa da Copa do Mundo de Mountain Bike Eliminator (XCE) em Congonhas, em 2018.


“É uma conquista coletiva. Tanto minha, que venho crescendo como atleta, para a CIMTB Michelin como organizadora e para todo o contexto do ciclismo no Brasil, que tem se tornado uma potência mundial do esporte”, completa.


As etapas da Copa do Mundo de Mountain Bike são competições muito disputadas por organizadores no mundo inteiro. De acordo com a União Ciclística Internacional (UCI), órgão máximo do esporte, os maiores eventos da UCI chegam a gerar mais de 200 milhões para os negócios locais.


Disputa entre Avancini e Cocuzzi na CIMTB, em Petrópolis. Foto: Davi Corrêa


“Essa conquista representa muito não só para nós e para o Henrique, mas para o ciclismo brasileiro, que será mais uma vez o centro do mapa mundial do esporte em 2022. Vamos fazer o melhor trabalho possível para que a Copa do Mundo não saia nunca mais do Brasil. E tenho certeza que a torcida brasileira vai eletrizar e fazer história”, conta Rogério Bernardes, organizador da CIMTB Michelin.


O mercado brasileiro de ciclismo vem crescendo de forma estável já há alguns anos. Segundo a Abraciclo, o crescimento da produção no Brasil em 2020 foi de 12,8%, com um total de 750 mil bicicletas fabricadas. Um dos motivos desse aumento é a bike entrando no dia a dia do brasileiro durante a pandemia.


“A importância de trazer uma Copa do Mundo de uma modalidade olímpica para o Brasil é sem precedentes. Estamos todos muito felizes, foram meses de muita dedicação, enfrentando várias reuniões na União Ciclística Internacional e agora recebemos essa incrível notícia da aprovação. Será uma oportunidade única para mostrarmos a força do Mountain Bike brasileiro para o mundo inteiro. Não tenho dúvidas que iremos mais uma vez entregar o nosso melhor, dentro e fora da pista, deixando um grande legado para o nosso país, assim como fizemos no Mundial de Paraciclismo em 2018, que se tornou referência na UCI”, comentou José Luiz Vasconcellos, presidente da Confederação Brasileira de Ciclismo.

Leia mais...

terça-feira, 12 de março de 2019

Convocação da seleção brasileira de MBT XCO


A Confederação Brasileira de Ciclismo (CBC) convoca, de acordo com o UCI Individual Ranking Elite, publicado em 05/03/2019, os atletas abaixo relacionados, para participarem do Campeonato Pan-Americano de Mountain Bike XCO, que acontecerá entre os dias 02 e 06 de abril, na cidade de Aguascalientes, no México.




Critérios de convocação


A convocação tem como objetivo exclusivo o Campeonato Pan-Americano de MTB XCO 2019. Para selecionar os atletas convocados, foram adotados critérios objetivos, fundamentados em resultados esportivos (Campeonatos Brasileiros, eventos nacionais, internacionais, e demais resultados de competições recentes), e também critérios subjetivos, como fator idade, renovação da base, surgimento de novos atletas com alto índice técnico e atletas que tenham apresentado resultados crescentes significativos ao longo da última temporada.




Além dos critérios citados, os convocados não podem estar envolvidos em processos disciplinares ou de Doping, devem estar de acordo com o Código de Ética da CBC e mostrar  total condições físicas e técnicas.

Atletas convocados:
Luiz Henrique Cocuzzi
Guilherme Gotardelo Muller
Jaqueline Mourão
Raiza Goulão

Carlos Polazzo - Técnico
Leia mais...

quarta-feira, 27 de fevereiro de 2019

On board com Henrique Avancini na pista da 1ª etapa da CIMTB 2019


Às vésperas da primeira etapa da CIMTB Michelin, em Petrópolis (RJ), o atual segundo colocado no ranking mundial da União Ciclística Internacional (UCI), Henrique Avancini, pedalou no circuito e disponibilizou um vídeo do percurso. Ele assinou a pista que será batizada com o nome Circuito Henrique Avancini.

A inauguração do local será nos dias 3 e 4 de março. O valor para participar é de R$ 50 por dia. Atletas inscritos na CIMTB Michelin tem desconto de 50%. A primeira etapa do campeonato acontece nos dias 9 e 10 de março no Vale do Cuiabá, em Itaipava.




Leia mais...

quinta-feira, 31 de janeiro de 2019

Ciclista belga Iljo Keisse é expulso da Volta de San Juan por abuso sexual

O ciclista belga simulou um ato sexual ao possar para uma foto com funcionária de uma cafeteria local

Iljo Keisse, 36, disse ter sido "um gesto estúpido". Foto: David Ramiro/EPA

O belga Iljo Keisse (Deceuninck-Quick Step) foi expulso da Volta de San Juan  na quarta-feira, 30, por "comportamento que atenta à honra e reputação da corrida argentina e da União Ciclística Internacional (UCI)" , ao simular um ato sexual com uma funcionária de uma cafeteria local.




O tribunal de contravenções considerou que foi uma violação e condenou Keisse a uma multa de cerca de 3.000 pesos argentinos (cerca de 70 euros) por "ofensa à moral pública". Na Argentina, um ato como o do belga é considerado abuso sexual.

Na sexta-feira, a jovem, de 18 anos, posou para uma fotografia com ciclistas da equipe belga, entre eles Keisse, que simulou um ato sexual. Mais tarde, ao ver a foto, ela apresentou queixa às autoridades.




O corredor belga, de 36 anos, pediu desculpas publicamente, reconhecendo ter-se tratado de “um gesto estúpido, num momento estúpido”.

A fotografia foi depois publicada nas redes sociais e em órgãos de comunicação social locais. O caso teve repercussão mundial.
Leia mais...

terça-feira, 10 de julho de 2018

Henrique Avancini chega ao Top 2 no ranking da UCI

Henrique Avancini na CIMTB 2018. Foto: @thiagolemosfer

E vamos voltar a falar de Henrique Avancini, pois o cara está sendo notícia. Além de ter conquistado um pódio inédito para ele e para o Brasil na 4ª etapa da Copa do Mundo UCI de Mountain Bike, o atleta Cannondale Fapctory Racing chegou ao Top 2 dos melhores do mundo no Mountain Bike pelo ranking da organização, atrás apenas de Nino Schurter.

Avancini divulgou o fato nesta terça-feira, 10 de julho, em sua página no Facebook. Humilde, afirmou que talvez ele "não seja naturalmente bom como esses nomes nessa lista" e declarou que seu "nome está nessa lista por entender que Deus nos dá sempre a chance de melhorar".




"A cada dificuldade, a cada frustração, a cada vitória, a cada crítica, a cada êxito, a cada felicidade, a cada elogio, a cada queda... Sempre há uma ESCOLHA, entre aceitar e se acomodar ou aprender e tentar crescer", declarou Avancini em sua página no Facebook. "A escolha - continua o biker - está sempre ao nosso alcance. Nossa vida sempre será uma consequência de nossas escolhas".

Leia mais...
 
Copyright © 2021 Foto e Bike • Direitos reservados | Escreva-nos: blogfotoebike@gmail.com
Template Design by BTDesigner • Powered by Blogger
back to top