Mostrando postagens com marcador mtb. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador mtb. Mostrar todas as postagens

sábado, 28 de agosto de 2021

Jerome Gilloux vence e é campeão mundial de e-MTB; Suíça vence na elite feminina em Val di Sole

Jerome Gilloux é campeão mundial de e-MTB - Foto: Val di Sole Bike Land


O francês Jerome Gilloux venceu a prova de e-MTB cross-country para se tornar o novo campeão mundial em prova disputada nesta sexta-feira (27), em Val di Sole. Na elite feminina, a jovem suíça Nicole Goeldi garantiu a camisa arco-íris.

Após dois vice-campeonatos mundiais de e-MTB (2019 e 2020), atrás de Alan Hatherly e Tom Pidcock respectivamente, Gilloux conseguiu a sua sonhada camisa arco-íris garantindo mais um títo para a França neste Campeonato Mundial de MTB.

O segundo colocado foi o também francês Hugo Pigeon. Além do campeão, o destaque foi o norte americano Christopher Belvins terceiro, ele que conquistou o título de campeão mundial de MTB Short Track no dia 26 de agosto.

Erick Bruske, único brasileiro na disputa, concluiu na 21ª posição.

Na elite feminina, Nicole Goldi garantiu o título de campeã mundial e-MTB. Ela foi seguida pela francesa Laura Charles que ficou em segundo. Sofia Wiedenroth, da Alemanha, ficou na terceira posição.

Foto: Val di Sole Bike Land
Leia mais...

Evie Richards é nova campeã mundial de MTB XCO

Evie Richards é nova campeã mundial de MTB XCO - Foto: Val di Sole Bike Land


Evie Richards conquistou o título de campeã mundial de mountain bike cross-country (XCO) em Val di Sole neste sábado (28). A britânica superou a neerlandesa Anne Terpstra e a suíça, Sina Frei.

Nova campeã mundial, Evie Richards, com apenas 23 anos, cruzou a linha de chegada com um minuto e três segundos de vantagem para Anne Terpstra. A francesa Pauline Ferrand Prevot, que defendia o título, chegou a liderar a prova por grande tempo, mas acabou terminando apenas na sexta posição.

Sina Frei, que conquistou a camisa arco-íris da primeira disputa mundial de MTB Short Track no dia 26 de agosto, conseguiu chegar ao pódio e garantiu o bronze.

A atual campeã olímpica de MTB, Jolanda Neff terminou a disputa na quarta colocação. No dia 24 de agosto ela sofreu uma dura queda no Rock Garden durante os treinos para reconhecimento do percurso oficial do XCO em Val di Sole, mas não teve ferimentos.

Letícia Cândido foi a única brasileira na prova e ficou na 55ª colocação após o resultado final.

Top 10 do mundial cross-country XCO


1. Evie Richards (BGR), 1:23:52
2. Anne Terpstra (NED), +1:03
3. Sina Frei (SUI), +1:08
4. Jolanda Neff (SUI), +1:08
5. Maja Wloszczowska (POL), +1:47
6. Pauline Ferrand Prevot (FRA), +2:35
7. Rebecca McConnell (AUS), +2:45
8. Anne Tauber (NED), +2:56
9. Malene Degn (DEN), +3:17
10. Alessandra Keller (SUI), +3:20

Foto: Val di Sole Bike Land
Leia mais...

sexta-feira, 27 de agosto de 2021

Henrique Avancini é primeiro brasileiro a alcançar vice-campeonato em Mundial de MTB

Henrique Avancini é primeiro brasileiro conseguir medalha de prata em Mundiais de MTB - Foto: Val di Sole Bikeland


Henrique Avancini escreveu seu nome na história do ciclismo brasileiro mais uma vez ao alcançar o posto de vice-campeão mundial de mountain bike cross-country Short Track (XCC). A prova foi disputada na quinta-feira (26) em Val di Sole, Itália, um de seus lugares favoritos para competir.

A disputa foi a estreia do XCC no programa de campeonatos mundiais UCI Mountain Bike e Henrique Avancini foi bem desde o começo da prova sempre brigando pelas primeiras colocações. Com 19 minutos e 32 segundos de competição, o norte americano Christopher Blevins chegou na frente e garantiu o título de campeão mundial.

Avancini chegou na segunda colocação, apenas dois segundos atrás de Blevins e disputando em duro sprint com o alemão Maximilian Brandl.

"Significa muito pra mim. Não tem sido uma temporada fácil por muitas razões. Voltar em um pódio do campeonato mundial é importante. Batalhei muito pela camisa de campeão. Coloquei muita energia para isso", disse Avancini, da equipe Cannondale Factory Racing.

Vice-campeão mundial em um lugar especial


Henrique Avancini foi para o Campeonato Mundial de MTB em Val di Sole disposto a superar as dificuldades impostas pelo primeiro semestre de 2021 e após reconhecer que teve dificuldades durante os Jogos Olímpicos de Tóquio.

Após garantir o posto de vice-campeão mundial da primeira disputa pela camisa arco-íris da disciplina Short Track, Val di Sole continuará sendo um dos locais favoritos de Henrique Avancini "com grandes emoções e boas memórias".

"Corrida a parte, fazia tempo que não me sentia bem de estar numa competição. Hoje não alcancei o arco-íris, mas vi a luz", comentou Avancini em suas redes sociais horas após a prova.

Além de de Henrique Avancini, mais dois brasileiros estiveram participaram do mundial de MTB Short Track masculino. Luiz Henrique Cocuzzi fez uma excelente largada se colocando no pelotão da frente e fechando a primeira volta da quinta posição, mas sentiu o ritmo e não completou a corrida. Ulan Galinski completou a prova na 33º colocação.

Na disputa Mundial de MTB Short Track feminino, Letícia Cândido foi a única brasileira na prova e ficou na 32ª colocação após o resultado final.

Os brasileiros voltam à disputa no sábado (28 de agosto) na decisão do Campeonato Mundial de MTB XCO.

Transmissão do Campeonato Mundial de MTB 2021


As disputas do Campeonato Mundial de MTB vão poder ser acompanhadas a pela Red Bull TV.

Dia 28/08 – XCO feminino, a partir das 7h40 (horário de Brasília); e XCO masculino, a partir das 10h25 (horário de Brasília)
Dia 29/08 – DH feminino a partir das 7h30 e masculino a partir das 9h30 (horário de Brasília)

Foto: Val di Sole Bikeland
Leia mais...

quinta-feira, 26 de agosto de 2021

Sina Frei supera adversárias e é primeira campeã mundial de MTB Short Track

Sina Frei é primeira campeã mundial de MTB Short Track - Foto: Val di Sole Bike Land


Sina Frei se tornou a primeira campeã mundial de mountain bike cross-country Short Track (XCC) na prova que aconteceu nesta quinta-feira (26) em Val di Sole. A suíça superou a britânica Evie Richards e Pauline Ferrand Prevot.

Medalha de prata no mountain bike das Olimpíadas de Tóquio, Sina Frei conseguiu o título de campeã mundial no sprint apertado com Evie Richards. O resultado foi confirmado no photo finish.

Pauline Ferrand Prevot foi a terceira colocada completou o pódio com a medalha de prata.

Atual campeã olímpica, Jolanda Neff chegou a ficar entre as primeiras colocadas, mas cometeu um erro terminou na quinta colocação. Nesta semana, durante os treinos para reconhecimento de percurso mundial de XCO em Val di Sole, Neff sofreu uma queda dura, mas sem lesões.

Letícia Cândido foi a única brasileira na prova e ficou na 32ª colocação após o resultado final.

Top 10 do mundial Short Track feminino


1. Sina Frei (SUI), 20:11
2. Evie Richards (GBR), +0:00
3. Pauline Ferrand Prevot (FRA), +0:01
4. Linda Indergar (SUI), +0:02
5. Jolanda Neff (SUI), +0:11
6. Rebecca Mcconnell (AUS), +0:17
7. Iryna Popova (UKR), +0:26
8. Jenny Rissveds (SWE), +0:37
9. Greta Seiwald (ITA), +0:41
10. Alessandra Keller (SUI), +0:42

Foto: Val di Sole Bike Land
Leia mais...

Christopher Blevins é o primeiro campeão mundial do Short Track após vitória em Val di Sole

Christopher Blevins é o primeiro campeão mundial de MTB Short Track - Foto: UCI / Divulgação


O norte americano Christopher Blevins entrou para a história ao se tornar o primeiro campeão mundial de mountain bike cross-country Short Track (XCC) na prova que aconteceu nesta quinta-feira (26) em Val di Sole. Blevins assumiu a liderança da competição na penúltima reta do circuito superando Henrique Avancini e Maximilian Brandl. O brasileiro fechou na segunda colocação, dois segundos atrás do líder.

O primeiro campeão do mundo no cross-country XCC venceu a corrida de oito voltas no tempo de 19:39 mesmo não sendo um dos principais cotados à conquista do título.

"Eu cresci correndo em short tracks. Eu não sabia se tinha chance de lutar [pelo título do mundial]. É uma honra alinhar ao lado desses caras. Fiquei firme e tive pernas suficientes para a finalização. Eu me surpreendi com o passeio. Foi incrível", disse o campeão.

Blevins surpreendeu o alemão Maximilian Brandl que havia liderado a prova após abrir sete segundos de vantagem para o americano e Avancini, que também foi pego de surpresa com o ataque.

No dia anterior, Christopher Blevins já havia conquistado a medalha de prata na disputa do Team Relay (XCR) com a equipe dos Estados Unidos no Campeonato Mundial de MTB 2021.

Henrique Avancini cumprimenta Christopher Blevins - Foto: Captura de tela / Red Bull TV
Henrique Avancini cumprimenta Christopher Blevins - Foto: Captura de tela / Red Bull TV


Além de de Henrique Avancini, mais dois brasileiros estiveram participaram do mundial de MTB Short Track. Luiz Henrique Cocuzzi fez uma excelente largada se colocando no pelotão da frente e fechando a primeira volta da quinta posição, mas não completou a corrida. Ulan Galinski completou a prova na 33º colocação.

Top 10 do mundial Short Track masculino


1. Christopher Blevins (EUA), 19:30
2. Henrique Avancini (BRA), +0:02
3. Maximilian Brandl (GER), +0:02
4. Ondrej Cink (CZE), +0:03
5. Alan Hatherly (RSA), +0:05
6. Martins Blums (LAT), +0:17
7. Jens Schuermans (BEL), +0:21
8. Filippo Colombo (SUI), +0:21
9. Gioele Bertolini (ITA), +0:23
10. Daniele Braidot (ITA), +0:24

Foto de destaque: UCI / Divulgação
Leia mais...

quarta-feira, 25 de agosto de 2021

França é campeã mundial de MTB XCR em Val di Sole

França é campeã mundial no XCR 2021 - Foto: Val di Sole Bike Land


A primeira camisa arco-íris do Campeonato Mundial de Mountain Bike de 2021 foi para a França. A equipe venceu para se tornar a nova campeã mundial de cross-country team relay (XCR) nesta quarta-feira (25), em Val di Sole.

Com um tempo 1:22:51, os seis ciclistas do time francês superaram os Estados Unidos (+ 48 segundos) e Alemanha (+ 49 segundos) em uma disputa emocionante. Durante a prova quatro nações diferentes chegaram a liderar.

A França chegou ao seu sétimo título mundial no XCR e agora é a maior vencedora da disciplina. Atrás dela estão Suíça (6 mundiais) e Itália (3 mundiais).

Primeira disputa do Campeonato Mundial de Mountain Bike 2021


Neste ano, o Campeonato Mundial de Mountain Bike Team Relay contou com 15 seleções que inscreveram seis ciclistas de diferentes categorias (2 ciclistas juniores, 2 sub-23 e 2 elite) para dar uma volta de 4 quilômetros no circuito totalizando seis por equipe.

Um forte começo da Itália permitiu que eles assumissem a liderança com Luca Braidot (elite masculina) seguido por Alemanha e Suíça. Na primeira mudança, os EUA (Christopher Blevins, elite masculina) tiveram uma pequena vantagem sobre a Itália. Um trio se seguiu: República Tcheca, Canadá e Suíça, com a França (Mathis Azzaro, masculino Sub-23) puxando o grupo de perseguição e a diferença gradualmente diminuindo para cerca de 30 segundos.

Na segunda volta, Brayden Johnson (junior masculino) da equipe dos EUA manteve uma pequena vantagem sobre o piloto tcheco, com a França (Adrien Boichis, junior masculino) surgindo em terceiro e a Suíça em quarto.

À medida que a prova se aproximada da metade, com 12 quilômetros já percorridos, os Estados Unidos mantinham pequena vantagem sobre a Suécia, cujo terceiro piloto, Hugo Sandin (masculino sub-23), fez uma grande corrida.

Ao final da terceira volta, Suécia liderava com 18 segundos de vantagem sobre os Estados Unidos e 35 segundos sobre a França e a disputa pelo título de campeão mundial XCR ainda estava aberta e ficou assim por certo tempo.

Na penúltima volta, a junior francesa Line Burquier liderou a prova administrando a vantagem de sua equipe e deixou sua primeira equipe novamente. A Alemanha realizou uma boa quinta volta graças a ciclista sub-23 Ronja Eibl que deixou sua seleção na segunda posição ao fim daquela volta. Já os Estados unidos fazia pressão com Kate Courtney que deixou o time na terceira posição faltando uma volta para o fim.

Sob o comando de Jordan Sarrou, a França iniciou a última volta da corrida chegar à vitória com uma margem confortável para os americanos. O time francês manteve o equilíbrio necessário para defender o título e vestir a camisa arco-íris em Val di Sole, lugar onde foram campeões mundiais pela primeira vez em 2008.

Transmissão do Campeonato Mundial de MTB 2021


As disputas do Campeonato Mundial de MTB vão poder ser acompanhadas a pela Red Bull TV a partir do dia 26/08.

Dia 26/08 – XCC, a partir das 11h45 (horário de Brasília)
Dia 28/08 – XCO feminino, a partir das 7h40 (horário de Brasília); e XCO masculino, a partir das 10h25 (horário de Brasília)
Dia 29/08 – DH feminino a partir das 7h30 e masculino a partir das 9h30 (horário de Brasília)

Foto: Val di Sole Bike Land
Leia mais...

Jolanda Neff passa bem após tombo em Val di Sole

Após tombo feio, Jolanda Neff só machucou o dedinho


Jolanda Neff, que deixou os fãs do MTB preocupados nesta terça-feira (24) por causa de seu tombo forte no Rock Garden no circuito de Val di Sole, postou um story tranquilizando a todos.

"Obrigado por todas as mensagens de vocês. Tive muita sorte", disse Jolanda Neff mostrando a mão com um curativo no dedo mindinho direito.

Ainda bem que não foi nada grave e Jolanda Neff está pronta para as disputas do Campeonato Mundial de Mountain Bike!

Relembre a queda forte de Jolanda Neff no Rock Garden de Val di Sole


Leia mais...

terça-feira, 24 de agosto de 2021

Campeonato Mundial de MTB: Avancini, Cocuzzi e Galinski estão na final do XCC

Avancini, Cocuzzi e Galinski estão na final do XCC


O Campeonato Mundial de MTB 2021, em Val di Sole, iniciou suas atividades nesta terça-feira (24) com a classificação masculina para a final do Short Track (XCC). Os brasileiros Henrique Avancini, Luiz Cocuzzi e Ulan Galinski classificados para a final.

A classificação do XCC foi dividida em duas rodadas que listaram os 40 classificados para a final da modalidade estreante no programa de campeonatos mundiais UCI Mountain Bike.

Um dos grandes favoritos ao primeiro título de campeão mundial de MTB Short Track era Mathieu van der Poel, mas o neerlandês está fora das disputas por conta de lesão nas costas. Outros nomes como Nino Schurter e Mathias Flueckiger optaram por disputar somente o XCO.

A final para definição do primeiro campeão mundial de MTB Short Track será na quinta-feira, 26 de agosto.

Classificados ao final da bateria 1


1. HATHERLY Alan RSA 19:47
2. COLOMBO Filippo SUI +0:04
3. WAWAK Bartlomiej POL +0:05
4. CINK Ondrej CZE +0:07
5. MAROTTE Maxime FRA +0:14
6. SCHUERMANS Jens BEL +0:18
7. LINDBERG Jonas DEN +0:23
8. DUBAU Joshua FRA +0:38
9. BRAIDOT Daniele ITA +0:45
10. BERTOLINI GioeleITA +0:46
11. OLIVER Ben NZL +0:49
12. FUMIC Manuel GER +1:01
13. FOIDL Maximilian AUT +1:10
14. VROUWENVELDER Luke USA +1:14
15. DELICH PARDO Nicolas CHI +1:16
16. HARING Martin SVK +1:17
17. TITARENKO Dmytro UKR +1:19
18. ORSCHEL Tyler CAN +1:19
19. DAVOUST Stephan EUA +1:35
20. ULIK Matej SVK +1:57

Classificados ao final da bateria 2


1. COOPER Anton NZL 20:17
2. AVANCINI Henrique BRA +0:02
3. BLEVINS Christopher USA +0:02
4. CARSTENSEN Sebastian Fini DEN +0:03
5. BLUMS Martins LAT +0:04
6. BRANDL Maximilian GER +0:06
7. COLLEDANI Nadir ITA +0:11
8. SCHEHL Niklas GER +0:13
9. COCUZZI Luiz Henrique BRA +0:21
10. ULLOA AREVALO Jose Gerardo MEX +0:21
11. GAZE Samuel NZL +0:22
12. DISERA Quinton CAN +0:28
13. HAEGSTAD Erik NOR +0:29
14. DISERA Peter CAN +0:29 
15. FORTIER Marc Andre CAN +0:29
16. SKARNITZL Jan CZE +0:32
17. KERSCHBAUMER Gerhard ITA +0:42
18. KONIAIEV Oleksandr UKR +0:46
19. GALINSKI Ulan BRA +0:50
20. CERVEJAS Matthew RSA +0:50

Transmissão do Campeonato Mundial de MTB 2021


As disputas do Campeonato Mundial de MTB vão poder ser acompanhadas a pela Red Bull TV a partir do dia 26/08.

Dia 26/08 – XCC, a partir das 11h45 (horário de Brasília)
Dia 28/08 – XCO feminino, a partir das 7h40 (horário de Brasília); e XCO masculino, a partir das 10h25 (horário de Brasília)
Dia 29/08 – DH feminino a partir das 7h30 e masculino a partir das 9h30 (horário de Brasília)
Leia mais...

segunda-feira, 23 de agosto de 2021

Paulista de XCO/XCC 2021 definiu campeões no fim de semana

Paulista de XCO/XCC 2021 definiu campeões no fim de semana - Foto: Federação Paulista de Ciclismo


No fim de semana dos dias 21 e 22 de agosto, os campeões do Campeonato Paulista de Mountain Bike XCO/XCC 2021 foram conhecidos após uma disputa com muita adrenalina e em etapa única realizada no Thor Bike Trail, em Araçoiaba de Serra, na região de Sorocaba.

Atletas de diversas categorias participaram do evento, com limite de 150 inscritos, que definiu os campeões da temporada.

A competição foi dividia em dois dias e, em ambos, apresentou excelentes disputas e também contou com a presença de jovens, a nova geração da modalidade.

Na Elite Mascuilina, José Gabriel Marques de Almeida fechou em primeiro lugar. Antes, em 8 de agosto, ele já havia vencido a etapa Rio da Taça Brasil de MTB XCO. Em segundo ficou Sherman Trezza de Paiva (Hoffmann/Taubaté/Pedal Sport/Bike Padrão) seguido por Pedro Hillo de Almeida Bertallo.

Aline Simões de Almeida foi a campeã paulista na Elite Feminina. Em segundo lugar ficou Stefânye Lindolfo da Silva Ferreira (Hoffmann Racing/Taubaté) e Larissa Cristina da Silva completou o pódio.

"Foi um fim de semana muito legal. Estamos felizes com mais um competição entregue e com toda a segurança. Agora é esperar pelas outras", destacou José Cláudio dos Santos, o Facex, presidente da Federação Paulista de Ciclismo.

Top 3 de cada categoria do Campeonato Paulista de MTB XCO/XCC 2021


Infanto Juvenil Masculino


1) Miguel Elias Urrea Volpinim (Hoffmann Racing/Taubaté), 00:47:50
2) Enzo Eschiapati Mattos Breda Lopes, 00:49:04
3)Fábio Rodrigues Braga Júnior, 00:51:22

Infantil Masculino


1) Miguel Aramis Teodoro Machado, 00:21:33
2) Joaquim Carlos Braga Neto, 00:24:47
3) Pedro Barretti Guirelin, 00:26:50

Iniciante Open Masculino


1) Nilmar Oliveira, 1:08:28
2) Emerson Luiz Cavalheiro Mendes, 1:12:58
3) Márcio Fernandes De Oliveira, 1:19:54

Juvenil Masculino


1) Cauã Tenório de Souza (Luar Bicycles), 1:00:19
2) Guilherme Ricardo De Matos, 01:00:19
3) William Brandi Cardeli, 01:01:07

Mirim Masculino


1) Gael Dona, 00:04:40
2) Matheus Noumi Von Zuben, 00:04:54
3) Pedro Henrique Ferri, 00:05:10

PCD Masculino


1) Marcelo Santos De Brito, 01:05:48
2) Daniel Lucas Sampaio Domingues, 01:16:12
3) Marco Antônio Ferreira Rocha, 01:26:14

Infantil Feminino


1)Monara Lúcia Alencar Moreira- (Paulínia Racing Bicicross), 00:23:23
2) Júlia Rios, 00:00:20

Iniciante Open Feminino


1) Haryta Ramos de Mattos, 01:02:48

Junior Feminino


1) Camila Cristina Defendi Pinheiro (Memorial/Santos/Fupes), 00:00:47

Juvenil Feminino


1) Carolina Ferreira, 00:59:00
2) Luísa Sartori Silveira Garcia (Instituto Brasil Ride) 01:01:18

Master A Feminino


1) Fabiana Gregório Brandão, 00:25:31
2) Valéria Carvalho Avellar Negrini (Hoffmann Racing/Taubaté), 00:59:31
3) Priscila de Paula Fernandes, 00:59:55

Master B Feminino


1) Simone Dominicali de Souza Leite, 00:58:36

Master C Feminino


1) Cláudia Cristina de Oliveira Campos Quirin (Hoffmann Racing/Taubaté),1:17:59

Mirim Feminino


1) Manuela Ramos Machado (SBR Sport Bike Shop), 00:03:55

Master A1 Masculino


1) Vinícius Moretti Montoro, 01:06:19
2) Fábio Muritiba De Souza, 01:11:50
3) Raphael Othon Silva, 01:24:39

Master A2 Masculino


1) Luiz Eduardo Ferreiram, 01:13:19
2) Jorge Luiz Ferriani de Castro, 01:16:10
3) Carlos Henrique Paixão, 01:16:27

Master B1 – Masculino


1) Edivando de Souza Cruz, 00:55:10
2) Rodrigo Jean De Oliveiram0099-M4300:55:41
3) Leonardo Vitullo Cocholice (Paulínia Racing Team), 00:56:52

Master B2


1) Ednilson Lopes Cardeli, 01:06:57
2) Marcelo Cardoso Pedretti, 01:07:28
3) Sandro Rodrigues, 01:08:00

Master D1


1) Victor Briaunys, 01:31:51

Junior Masculino


1) Eiki Yamauchi Leôncio (Hoffmann/Taubaté/Pedal Sport/Bike Padrão), 01:14:11
2) Gustavo Roma de Oliveira Filho, 01:16:57
3) Joaquim Ribeiro da Silva Neto (Hoffmann/Taubaté), 01:18:33

Elite Masculino


1) José Gabriel Marques de Almeida, 01:29:30
2) Sherman Trezza de Paiva (Hoffmann/Taubaté/Pedal Sport/Bike Padrão),01:31:35
3) Pedro Hillo de Almeida Bertallo, 01:35:44

Sub 23 Masculino


1) Gustavo Xavier de Oliveira Pereira (Clube Maringaense de Ciclismo), 01:23:06
2) Vinícius Morais Alves Francisco, 01:26:03
3) Ramon Lopes Fre, 01:29:37

Elite Feminina


1) Aline Simões de Almeida, 01:21:15
2) Stefânye Lindolfo da Silva Ferreira (Hoffmann Racing/Taubaté), 01:21:41
3) Larissa Cristina da Silva, 01:35:25

Junior Feminino


1) Camila Cristina Defendi Pinheiro (Memorial/Santos/Fupes), 01:37:43

Sub 23 Feminino


1) Gabriela Pinheiro Constâncio, 01:43:54

Foto: Federação Paulista de Ciclismo
Leia mais...

Lesionado: Mathieu van der Poel está fora do Mundial de MTB 2021

Lesão deixa Mathieu van der Poel fora do Mundial de MTB 2021


A seleção dos Países Baixos comunicou que o neerlandês Mathieu van der Poel não participará no Campeonato Mundial de Mountain Bike que acontece entre os dias 25 e 29 de agosto, em Val di Sole.

O comunicado feito no domingo (22) atribui a retirada de van der Poel do Mundial de MTB à uma lesão nas costas que incomoda o ciclista desde maio desse ano.

"Van der Poel ainda sofre muito com uma lesão nas costas. Claro que teríamos um candidato à vitória com Mathieu em boa saúde, mas tendo em vista as suas ambições para um futuro próximo, é sensato que não force nada agora", afirma o comunicado.

Mathieu van der Poel havia sido confirmado e se declarou ansioso pelo Mundial de MTB após o seu tombo durante o MTB nas Olimpíadas de Tóquio aos 10 minutos de competição.

Agora o ciclista vai se preparar para o Mundial de Ciclismo de Estrada, que acontece na Bélgica, no dia 26 e setembro. Van der Poel também participará na competição Paris-Roubaix, no dia 3 de outubro.

Ainda em agosto neerlandês participará do Benelux Tour, no dia 30. Também é uma prova de ciclismo de estrada.

As provas do Campeonato Mundial de MTB serão transmitidas pela Red Bull TV.
Leia mais...

sexta-feira, 20 de agosto de 2021

Avancini quer superar dificuldades da temporada no Mundial de MTB

Henrique Avancini em busca da superação no Mundial de MTB - Foto: Val di Sole Bike Land


Após não ter conquistado o resultado esperado nas Olimpíadas de Tóquio, Henrique Avancini vai em busca da vitória no Campeonato Mundial de Mountain Bike, em Val di Sole, e quer superar as dificuldades impostas pelo primeiro semestre de 2021.

Avancini é um dos 11 brasileiros que estarão em Val di Sole entre os dias 25 e 29 de agosto para as disputas do Campeonato Mundial de MTB.

"Um Mundial é sempre uma ocasião especial. Correr pela sua seleção nacional e com a camisa arco-íris em disputa é uma sensação única", disse Avancini.

O brasileiro confirmou que teve dificuldades durante os Jogos Olímpicos de Tóquio e que por isso o desfecho foi abaixo do que esperava, mesmo tendo sido o melhor resultado do Brasil no MTB em olimpíadas. "Devo ter feito algo errado, a esperança é compensar no Mundial, meu evento favorito", declarou Henrique.

Amantes do MTB esperam que a atmosfera Trentina ajude Henrique Avancini, que tem raízes italianas, a recuperar a motivação e os bons resultados. Em Val di Sole, o brasileiro conseguiu excelentes desempenhos ao terminar em segundo no Short Track e em quarto no Cross Country na Copa do Mundo de 2019.

Avancini vai participar da disputa pelo título de campeão mundial de Short Track (XCC) na quinta-feira, 26 de agosto. Será a estreia dessa disciplina no programa de campeonatos mundiais UCI Mountain Bike. Já a outra disputa pela camisa arco-íris em que o brasileiro participará será no dia 29 de agosto, no Cross Country (XCO).

"Se me sinto bem e vou rápido, a corrida é minha", pontuou Avancini. "A atmosfera é especial: Val di Sole é um dos meus lugares favoritos, sempre me deixa com grandes emoções e boas memórias", concluiu o biker da Cannondale Factory Racing.

As provas do Campeonato Mundial de MTB serão transmitidas pela Red Bull TV.

Foto: Val di Sole Bike Land
Leia mais...

quarta-feira, 18 de agosto de 2021

Quais brasileiros estarão no Campeonato Mundial de MTB 2021?

Luca Braidot e Henrique Avancini em Val di Sole, em 2019 - Foto: Bartek Wolinski / Red Bull Content Pool


Entre os dias 25 e 29 de agosto acontece o Campeonato Mundial de MTB em Val di Sole, Itália. Ao todo serão seis categorias em disputa: cross country (XCO), downhill (DH), four cross (4X), revezamento por equipe cross country e E-MTB. Também será estreia do short track (XCC) no programa de campeonatos mundiais UCI Mountain Bike.

Concluídos os jogos olímpicos, todos já aguardavam o início do Campeonato Mundial de MTB para saber os nomes dos novos campeões mundiais que irão vestir as tão cobiçadas camisas arco-íris.

Os neerlandeses já confirmaram recentemente a participação de Mathieu van der Poel depois do incrível tombo que ele sofreu nas Olimpíadas. Mas quais bikers brasileiros vão participar?

Brasileiros no Campeonato Mundial de MTB 2021


Ao blog Foto e Bike a Confederação Brasileira de Ciclismo (CBC) confirmou o nome de 11 ciclistas para a disputa no Campeonato Mundial de MTB em Val di Sole.

Dentre os nomes informados pela CBC, está Henrique Avancini. O brasileiro, que vai em busca da camisa arco-íris, volta às competições regulares após ter se retirado das etapas da Copa do Mundo de MTB para se preparar e participar das Olimpíadas.
 
Confira os nomes informados ao Foto e Bike pela CBC.

Disputa do XCO masculino


Henrique Avancini
Edson Resende
Ullan Galinski
Guilherme Müller
Luiz Henrique Cocuzzi
Alex Malacarne
Gustavo Xavier

Disputa do XCO feminino


Letícia Cândido

E-MTB masculino


Erick Bruske

E-MTB feminino


Isabella Ribeiro

Downhill


Roger Vieira

As provas do Campeonato Mundial de MTB serão transmitidas pela Red Bull TV.

Foto: Bartek Wolinski / Red Bull Content Pool
Leia mais...

segunda-feira, 16 de agosto de 2021

Mathieu van der Poel está confirmado no Mundial de MTB

Mathieu Van Der Poel em Nove Mesto para o XCO de 2021 Foto: Bartek Wolinski / Red Bull Content Pool


A seleção neerlandesa de ciclismo anunciou o nome de Mathieu van der Poel na lista de escalados para disputar o Campeonato Mundial de MTB que acontece entre os dias 25 e 29 de agosto, em Val di Sole, Itália.

Mathieu van der Poel era forte candidato a vencer a prova do MTB nas Olimpíadas de Tóquio, mas sofreu uma queda impressionante no Sakura Drop aos 10 minutos de competição e abandonou a competição. Para muitos, aquela queda de van der Poel foi considerada uma decepção.

"Estou ansioso pelo Mundial, depois dos Jogos Olímpicos, era importante para mim definir rapidamente novos objetivos. Gosto muito de Val di Sole. É uma bela pista e tenho ótimas lembranças do local depois de vencer a corrida de cross-country da Copa do Mundo de 2019", disse o tricampeão mundial de ciclocross.

Além de Mathieu van der Poel, Milan Vader e David Nordemann também foram selecionados para o mundial.

As provas do Campeonato Mundial de MTB serão transmitidas pela Red Bull TV.

Foto: Bartek Wolinski / Red Bull Content Pool
Leia mais...

sábado, 14 de agosto de 2021

CIMTB Michelin abre inscrições para todas as etapas da temporada 2021

Abertas as inscrições para temporada 2021 da CIMTB - Foto: Davi Corrêa


A Copa Internacional Michelin de Mountain Bike (CIMTB Michelin) abriu as inscrições para as três etapas da temporada 2021. Devido aos transtornos causados pela pandemia, a organização adaptou o calendário e a estrutura dos eventos para este ano.

A maioria dos eventos do calendário nacional e mundial acontecerão no segundo semestre do ano, o que diminuiu as possibilidades de datas para todos. Por isso, as três etapas se concentrarão em setembro, outubro e dezembro.

Também por conta das restrições causadas pelo COVID-19, todos os eventos, com exceção de Taubaté, terão controle sanitário na entrada, com testes nasal rápido. Lembrando que o valor dos testes serão pagos no momento da inscrição. Se o atleta for levar acompanhante, no momento da inscrição poderá comprar o segundo teste permitido pelo protocolo. As pessoas que não comprarem no sistema poderão comprar no laboratório pagando no cartão, na entrada do evento, 

Outra novidade importante para os competidores é que as vagas foram reduzidas e serão limitadas por categoria para possibilitar o distanciamento social adequado no espaço do evento e nos bolsões de largada. Portanto, é recomendável garantir a vaga o mais rápido possível.

“Como as etapas serão com datas muito próximas, este ano decidimos abrir as três inscrições ao mesmo tempo. O  atleta poderá fazer a inscrição para todas, ou só para algumas etapas, como preferir. O importante é saber que as vagas por categorias estão limitadas”, explica Rogério Bernardes, organizador da CIMTB Michelin.

Foto: Davi Corrêa
Leia mais...

quinta-feira, 12 de agosto de 2021

Grande Final da CIMTB Michelin 2021 será em dezembro, em Taubaté

Final da CIMTB 2020 - Foto: CIMTB


A última etapa da Copa Internacional Michelin de Mountain Bike (CIMTB Michelin) será realizada entre 3 e 5 de dezembro, em Taubaté (SP), cidade que recebe a copa pela primeira vez. Antes, a data da grande final estava programada para outubro, mas com a notícia da liberação de eventos com público em pé a partir de novembro, pelo Governo de São Paulo, a organização da CIMTB Michelin, a pedido da prefeitura de Taubaté, decidiu remarcar o evento para a data que comemora os 374 anos da cidade.

"Será um ótimo momento para comemorarmos o aniversário da cidade e, também, o retorno do público aos eventos de mountain bike em nossa cidade", comentou Alan Victor, Diretor de Competição da Secretaria de Esportes de Taubaté.

Para Rogério Bernardes, organizador da CIMTB Michelin, a notícia é animadora. "Para nós será um marco ter o público liberado de volta e curtindo o evento. É claro que continuaremos a ter os cuidados recomendados pelas autoridades como a obrigatoriedade do uso de máscara, higienização das mãos e evitar aglomerações, mas como nosso evento é espaço aberto isso não será um problema".

Apesar da liberação para a realização dos eventos, as autoridades ainda mantiveram as medidas de prevenção ao contágio como o distanciamento social, uso de máscaras o tempo todo e a aplicação de álcool em gel com frequência. A organização da CIMTB Michelin já implementou essas e outras medidas ainda mais rígidas em seus eventos, como no Campeonato Mineiro de Mountain Bike e na grande final da temporada de 2020, ambos na Fazenda Sossego.

Como a previsão é a de que 90% da população adulta de São Paulo já esteja com as duas doses da vacina aplicada nesta data, não será necessária a testagem do público na entrada do evento. Isso barateia e facilita a logística para o público, atletas, equipes e organizadores.

“Caso a previsão de vacinação se mantenha até dezembro, e os números de contágio estejam sob controle, não será necessário montar a barreira sanitária no complexo. Mas, caso seja necessário, estamos preparados para tomar esta medida também”, garantiu Rogério.

Foto: CIMTB
Leia mais...

quarta-feira, 11 de agosto de 2021

Albert Morgen e Diego Knob fazem dobradinha da Sense no E-MTB da Taça Brasil

Albert e Knob levam no E-MTB - Foto: Marlen Ferreira


No último domingo, dia 8 de agosto, Albert Morgen e Diego Knob, da Sense Factory Racing, conquistaram o primeiro e o segundo lugar na categoria e-Bikes da etapa Rio da Taça Brasil de MTB 2021, realizada no circuito olímpico de Deodoro, palco da disputa dos jogos Rio 2016

Com um grande trabalho em equipe, os pilotos Albert Morgen e Diego Knob trabalharam em conjunto para manter o controle absoluto sobre o pelotão na disputa das mountain bikes elétricas. Na prova, os atletas, que muitas vezes treinam juntos em Petrópolis, Rio de Janeiro, mostraram que, nesta temporada, eles são os nomes a serem batidos nas disputas do E-MTB.

“A prova foi muito boa. Eu e o Knob fizemos um excelente trabalho em equipe e fomos revezando a liderança durante a prova. Mas, no final, consegui sair com a vitória”, comentou o experiente Albert Morgen, que já representou o Brasil em duas edições do Campeonato Mundial de E-MTB, tendo ficado no TOP 30 em ambas as apresentações. 

“Estou muito contente em comemorar meu aniversário, que foi ontem, correndo junto com esse monstro que é o Albert”, afirmou Knob. 

“Me deixa muito feliz estar de volta às pistas e satisfeito por ter andando junto com o Albert, fazendo um revezamento, mas no fim ele acabou levando a prova. O importante é que a Sense está em primeiro e em segundo, fazendo uma grande dobradinha”, finalizou Knob, atleta que voltou a competir há algumas semanas, depois de sofrer uma apendicite. 

Giugiu Morgen fica com a vitória na júnior


Além de Albert e Knob, a atleta Giugiu Morgen, que corre oficialmente pela júnior, também foi a vencedora em sua categoria. A petropolitana largou junto com as atletas da Elite e acabou sendo a mais rápida também neste pelotão. 

Giugiu supera suas adversárias - Foto: Pedro Cury
Giugiu supera suas adversárias - Foto: Pedro Cury


Giugiu, que é filha de Albert Morgen, mais uma vez mostrou porque ela é considerada a maior revelação do Mountain Biking nacional dos últimos anos.

Recentemente, ela esteve em uma cansativa viagem de competições na Europa e, depois de algumas semanas em recuperação, a atleta largou com força total e manteve o ritmo forte para vencer na júnior, sua categoria, e também superar as ciclistas da Elite do XCO. 

“Larguei às 11 horas e consegui andar na frente com a Elite. Fui revezando com outra atleta e foi bem duro, porque o sol está bastante quente aqui, a pista está muito seca e respirar está bem difícil” comentou Giugiu depois da competição.  

“Estou me sentindo melhor a cada dia e recuperando a forma que eu estava antes. Estou voltando, né?” brincou a atleta. 

Foto de destaque: Marlen Ferreira
Leia mais...

terça-feira, 10 de agosto de 2021

José Gabriel e Hercilia Najara vencem etapa Rio da Taça Brasil de MTB



Em 8 de agosto a pista desafiadora utilizada nos Jogos Olímpicos Rio 2016 foi palco da Taça Brasil de MTB/XCO. Sob forte calor, o circuito olímpico de Deodoro viu a vitória de José Gabriel Marques de Almeida, da equipe Squadra Oggi.

Na elite masculina, José Gabriel venceu após cruzar a linha de chega na liderança, com 1:31:34. O biker atribuiu a vitória ao seu pai que o "ensinou a ser persistente" ao dizer "nunca desista dos seus sonhos e quando imprevistos acontecer em uma prova não desista".

"Após um furo de pneu longe do ponto de apoio me vi em uma situação ruim, onde poderia muito bem ter abandonado a competição, mas essa mensagem do meu pai veio a minha cabeça e insisti, persisti, acreditei e venci", declarou José Gabriel.

Já na elite feminina, a vitória ficou com Hercilia Najara Ferreira, da TSW Racing Team, com o tempo de 1:34:26.

"Tracei um plano de ritmo mais controlado devido ao forte calor. Queria manter a tocada forte, porém constante do início ao fim sem me desgastar tanto com a temperatura ao longo das 5 voltas", disse Hercília que estreou a nova TSW Full Quest na Taça Brasil.

Consistência e superação com Rubinho e Mário Couto na Elite  


Estreando suas novas Sense Invictus Factory 2022, a dupla de pilotos da Elite do XCO Rubinho Valeriano e Mário Couto tiveram corridas bem diferentes, mas ambas com excelentes resultados. Para Rubinho, o dia foi de trabalhar na frente do pelotão para conquistar o terceiro lugar. Já para Mário, foi um dia de recuperação.

Rubinho Valeriano - Foto: Pedro Cury
Rubinho Valeriano - Foto: Pedro Cury

“Hoje a prova foi diferente, por isso mudei a estratégia. Eles mudaram o percurso e colocaram mais duas subidas. Já conhecia muito bem o trajeto e os obstáculos, mas com as duas novas subidas, optei por largar forte e andar com os ponteiros até o final”, comentou Rubinho Valeriano, um dos atletas que representou o Brasil nos Jogos do Rio em 2016.

“Na segunda e na terceira volta me senti bem e fui para a liderança para colocar o meu ritmo. Sofria um pouco nas subidas e me recuperava nos trechos técnicos, e fui seguindo assim. Na quinta volta senti algumas dores nas costas e acabei sendo ultrapassado por dois atletas, mas, mesmo assim, controlei a dor e consegui terminar em terceiro”, comemorou o experiente atleta. 

Mário Couto, por outro lado, teve que pedalar com força total para recuperar-se de uma dificuldade técnica ainda na primeira volta.

Mário Couto em prova de recuperação - Foto: Pedro Cury
Mário Couto em prova de recuperação - Foto: Pedro Cury

“Estava bem posicionado, andando junto com os primeiros colocados, mas no final da primeira volta tive um problema técnico e precisei de uns minutos para conseguir resolver. Cheguei a cair para décimo primeiro, mas meu objetivo hoje era dar tudo o que tinha”, comentou.

No fim, consegui fazer muitas ultrapassagens e me colocar na quarta colocação. Acho que foi um excelente resultado, estou muito feliz com minha forma, mas confesso que ficou um gosto um pouco amargo, já que queria mais. Mas, sei que essas coisas fazem parte e já estou pronto para a próxima”, finalizou Mário. 

Foto de destaque: Fecierj
Leia mais...
 
Copyright © 2021 Foto e Bike • Direitos reservados | Escreva-nos: blogfotoebike@gmail.com
Template Design by BTDesigner • Powered by Blogger
back to top