Mostrando postagens com marcador notícias. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador notícias. Mostrar todas as postagens

quarta-feira, 15 de dezembro de 2021

Líderes da elite repetem vitória na segunda etapa da Santander Brasil Ride Espinhaço

Início da segunda etapa da Santander Brasil Ride Espinhaço - Foto: Marcelo Maragni / Santander Brasil Ride


A segunda etapa da Santander Brasil Ride Espinhaço, realizada nesta quarta-feira (15), em Conceição do Mato Dentro (MG), com passagem pelo histórico povoado de Córregos, e as duplas formadas por Sherman Trezza/Lukas Kaufmann e Paula Gallan/Isabella Lacerda mantêm as camisas de líderes de suas categorias.

Sherman Trezza e Lukas Kaufmann completaram os 50,6 km e 1.760 m de altimetria da segunda etapa da Santander Brasil Ride Espinhaço em 2h12min58. Já Paula Gallan e Isabella Lacerda cruzaram o pórtico de chegada em 2h53min47. As duas duplas já haviam vencido o prólogo no dia anterior.

O percurso da segunda etapa da Santander Brasil Ride Espinhaço teve a primeira metade composta por estradões, o que deixou o início bastante rápido. No km 30, os atletas enfrentaram a serra principal da etapa, para em seguida descerem em trilhas de single track (estreitas). No km 26, Sherman e Lukas lideravam com 1min16 de vantagem para Ricardo Pscheidt e Leandro Donizete, seus principais perseguidores. Ao final, conseguiram aumentar a vantagem para 7min28segundos em relação a Ricardo e Leandro, que concluíram a etapa em 2h20min26 em segundo lugar. Carlos Henrique Paixão e Marcus Silva fecharam o pódio, em 2h21min55, na terceira posição.

"Etapa rápida, porém mais difícil do que eu esperava. O terreno estava pesado e tivemos um sobe e desce o tempo todo. A serra também foi bem difícil", comentou Lukas. "Foi uma etapa que favoreceu nossa dupla, porque estamos com técnica e fluidez boas. Estamos nos surpreendendo com a forma que estamos apresentando após competirmos intensamente na Santander Brasil Ride Bahia, há pouco mais de um mês e pelo fato de o Sherman ter sofrido uma forte queda há duas semanas. Estou feliz demais por tudo isso", completou Lukas.

"O início foi rápido e simples, com apenas uma descida mais difícil porque estava bastante liso o terreno. A parte de sobe e desce era para ser mais tranquila, mas pelo excesso de lama foi realmente duro. No km 30, chegamos bem desgastados. Lukas e eu gostamos de andar nessas condições. Descemos um trecho técnico, com muita lama, e depois veio a subida final para chegar na arena. Abrimos uma boa vantagem nesse trecho final, cumprindo muito bem o planejamento traçado", revelou Sherman.

Agora, Sherman e Lukas tem a camiseta amarela com o tempo acumulado 2h56min28, contra 3h05min55 de Ricardo e Leandro, que ocupam a primeira colocação na disputa das Américas. O terceiro lugar no top 3 agora é de Carlos Henrique Paixão e Marcus Silva, com 3h09min55. João Paulo Firmino e Diogo Malagon ocupam a quarta posição, com 3h13min50, enquanto o português David Rosa e Vitor Bento estão em quinto, com o total de 3h14min09.

"Foi uma etapa dura, porque a chuva e o barro deixaram tudo mais pesado. O ponto alto foi a descida da trilha no final, muito bem feita. Foi o mountain bike raiz mesmo. Um dia bem legal, que com certeza agradou a todos", comentou Ricardo Pscheidt. "Etapa foi rápida e agitada no início. Tivemos uma primeira subida e na descida estava bem liso, ou seja, o pelotão se quebrou e em seguida reconectou-se. Daí para frente, ritmo alto, sempre com cuidado em termos físicos e de equipamento. Lama, barro, mas terminamos bem e seguimos em segundo lugar no geral", contou Leandro Donizete.

Elite feminina da segunda etapa da Santander Brasil Ride Espinhaço


Entre as mulheres, o enredo foi parecido. Paula Gallan e Isabella Lacerda não foram incomodadas por suas adversárias e lideraram na passagem do km 26. Ao final do dia, cruzaram a linha de chegada em 2h53min47, para ganhar outra etapa, com lugar de Marcella Toldi e Fabiana Brandao outra vez na segunda colocação, em 2h54min17. Letícia Cândido e a alemã Naima Diesner fecharam o top 3, em 3h01min51, repetindo o pódio do primeiro dia na elite feminina. 

Chegada de Paula Gallan e Isabella Lacerda - Foto: Mario Jordany / Santander Brasil Ride
Chegada de Paula Gallan e Isabella Lacerda - Foto: Mario Jordany / Santander Brasil Ride


"Etapa dura. Muita lama, ou seja, deixando o terreno pesado. A prova exigiu muita força, por isso estamos bem felizes com a vitória. Entregamos tudo que podíamos", resumiu Isabella. "Estamos respeitando uma a outra, com a sintonia boa. Isso que é importante em uma prova como a Santander Brasil Ride. A Paula é bem forte e estou feliz de estar com ela. Vamos dar o nosso melhor para segurarmos esta camiseta de líder até o sábado (18), último dia de competição", avaliou Isabella.

"Fiz força do começo ao fim. Minha parceira me ajudou bastante, porque sofri demais. Muitas subidas duras, trilhas incríveis. O percurso molhado dificultou, mas isso é o mountain bike. Por todos esses motivos, fico muito feliz com mais essa vitória aqui em Conceição do Mato Dentro", completou Paula, que lidera ao lado de Isabella com 3min42 de vantagem para Marcella e Fabiana, donas da camiseta azul de líderes das Américas. Letícia e Naima correm por fora na disputa do título, com 14 minutos de desvantagem para as donas da camiseta laranja.

Tiago Ferreira segue líder na solo


O português Tiago Ferreira segue na primeira colocação da categoria solo, novidade no circuito da Santander Brasil Ride quando o assunto é ultramaratona. Com o tempo acumulado de 3h10min28, Ferreira tem o quarto melhor tempo entre todas as equipes de bicicletas não assistidas.

"Diferente do prólogo, de apenas 16 km, sabia que nesta etapa deveria dosar melhor o ritmo. Nos primeiros 30 minutos consegui ir com os ponteiros, mas aí senti que estava completamente fora de condições físicas para acompanhá-los. Assim, procurei um pelotão para me encaixar e procurei apenas desfrutar das trilhas. O terreno estava pesado, com lama, mas foi possível aproveitar o pedal", comentou Ferreira, ciclista que acumula os títulos de campeão mundial e de bicampeão europeu.

Bruske e Ribeiro lideram na e-bike


Assim como ocorreu nas elites masculina e feminina, na disputa das e-bikes Erick Bruske e Isabella Ribeiro também repetiram o triunfo da primeira etapa. 

"Etapa estratégica, por conta da administração de bateria. Pegamos bastante lama e nos separamos bem dos atletas que não tinham bikes elétricas. Abri vantagem logo no início, que era o que eu gostaria de fazer. Por conta das condições climáticas, cuidar do equipamento era a principal preocupação. Tínhamos que nos adaptar bem na pilotagem e o mais difícil ficou para o final, onde consegui abrir a maior vantagem na liderança", contou Bruske.

Top 5 das elites na segunda etapa da Santander Brasil Ride Espinhaço


Masculina
1-Sherman Trezza/Lukas Kaufmann - 2h12min58
2-Ricardo Pscheidt/Leandro Donizete - 2h20min26
3-Carlos Henrique Paixão/Marcus Slva - 2h21min55
4-David Rosa (POR)/Vitor Bento - 2h25min20
5-João Paulo Firmino/Diogo Malagon - 2h25min40

Feminina
1-Paula Gallan/Isabella Lacerda - 2h53min47
2-Marcella Toldi/Fabiana Brandão - 2h54min15
3-Letícia Cândido/Naima Diesner (ALE) - 3h01min51
4-Julyana Rodrigues/Sabrina Gobbo - 3h16min48
5-Renata Spindola/Miriam Shimada - 4h08min27

Top 5 acumulado das elites da Santander Brasil Ride Espinhaço


Masculina
1-Sherman Trezza/Lukas Kaufmann - 2h56min29
2-Ricardo Pscheidt/Leandro Donizete - 3h05min55 
3-Carlos Henrique Paixão/Marcus Slva - 3h09min55
4-João Paulo Firmino/Diogo Malagon - 3h13min50
5- David Rosa (POR)/Vitor Bento - 3h14min09

Feminina
1-Paula Gallan/Isabella Lacerda - 3h49min40
2-Marcella Toldi/Fabiana Brandão - 3h53min23
3-Letícia Cândido/Naima Diesner (ALE) - 4h03min47
4-Julyana Rodrigues/Sabrina Gobbo - 4h18min45
5-Bárbara Domingues/Gabriela Vasconcelos - 5h26min41

Foto de destaque: Marcelo Maragni / Santander Brasil Ride
Leia mais...

Sherman Trezza e Lukas Kaufmann vencem prólogo da Santander Brasil Ride Espinhaço

Pódio masculino do prólogo da Santander Brasil Ride Espinhaço - Foto: Nico Ferri / Santander Brasil Ride


A edição inédita da Santander Brasil Ride Espinhaço teve início nesta terça-feira (14) em Conceição do Mato Dentro (MG). O prólogo, válido pela primeira de cinco etapas da competição de mountain bike, teve percurso de 16 km nas proximidades da arena Santander Brasil Ride. Ao completarem a disputa em 43min30, Sherman Trezza e Lukas Kaufmann largaram na frente na open. No feminino, Paula Gallan e Isabella Lacerda foram as mais rápidas, concluindo em 55min53 a prova de abertura.

Terceira dupla na largada no prólogo, Sherman Trezza e Lukas Kaufmann iniciaram a Santander Brasil Ride Espinhaço com 1min58 de vantagem para Ricardo Pscheidt e Leandro Donizete, que concluíram o percurso em 45min28. Lucas Mota e Rodrigo Nascimento fecharam o top 3 do primeiro dia, com o tempo de 47min15.

"Há um mês corremos a Santander Brasil Ride na Bahia. Pela primeira vez faço duas ultramaratonas num espaço tão curto de tempo, ou seja, vivo aqui uma experiência nova. Treinei bem nas últimas duas semanas e construí uma boa forma neste período. Correr em Minas Gerais, nessas montanhas, para mim é competir em casa. Gosto muito do tipo de trilhas que temos aqui, porque são técnicas e também exigem performance. Um prólogo é assim mesmo. Encaixamos o ritmo no começo, seguramos e fomos fluindo cada vez mais. O nosso entrosamento é muito bom. Não precisamos nem conversar tanto, porque as coisas acontecem naturalmente. Fomos rápidos e agora temos confiança extra para o restante da competição", contou Lukas Kaufmann.

"Outra vez iniciamos uma competição bem equilibrados. Isso facilita muito para uma dupla em termos técnicos e físicos. Estamos super felizes pelo resultado. Sempre quis conhecer essa região, muito legal para a prática do mountain bike. Se os próximos quatro dias forem parecidos com este prólogo, com certeza será divertido, mesmo que seja duro. Passamos por trilhas fantásticas, isso que é o mountain bike. Vamos curtir os cinco dias aqui em Conceição do Mato Dentro e nada melhor do que começar com uma vitória e ter a camiseta de líder", comentou Sherman Trezza.

Como foi a disputa feminina da Santander Brasil Ride Espinhaço


Entre as mulheres, Paula Gallan e Isabella Lacerda iniciaram com tudo a busca pelo título da competição inédita em Conceição do Mato Dentro. A dupla assumiu a camiseta de líder feminina com o tempo de 55min53, 3min14 à frente de Marcella Toldi e Fabiana Brandão. Letícia Cândido e a alemã Naima Diesner completaram o top 3, cravando 1h01min55, apenas um segundo à frente de Julyana Machado e Sabrina Gobbo. 

Pódio feminino do prólogo da Santander Brasil Ride Espinhaço - Foto: Nico Ferri / Santander Brasil Ride
Pódio feminino do prólogo da Santander Brasil Ride Espinhaço - Foto: Nico Ferri / Santander Brasil Ride


"Estava com saudades da Brasil Ride. É uma das provas mais sofridas que eu corro, mas é uma das minhas preferidas. Não sei te explicar o porquê, mas é uma energia única. Estou muito feliz. Correr em casa, num terreno espetacular. O prólogo teve uma pista incrível. Muito técnica, do jeito que eu gosto. Paula e eu temos uma amizade de muitos anos e isso contribuiu para o resultado e nosso entrosamento. Vamos levar essa amizade e respeito até o final, porque isso é fundamental. Agora, é recuperar, porque na segunda etapa é que começa de verdade. A abertura foi só um aperitivo. Vamos tentar segurar a camiseta de líderes até o fim do quinto dia. Esse é o objetivo", avaliou Isabella que é campeã da temporada 2021 da Copa Internacional Michelin de Mountain Bike (CIMTB).

"Minha quinta vez em uma prova da Brasil Ride. Já corri quatro vezes na Bahia. Fizemos um prólogo muito bom e estou feliz de competir ao lado da Isabella, que é uma referência no mountain bike, inspiração desde que comecei. Nossa sintonia é realmente boa", disse Paula Gallan.

Top 5 das elites após o prólogo:


Masculino
1-Sherman Trezza/Lukas Kaufmann - 43min30
2-Ricardo Pscheidt/Leandro Donizete - 45mi28
3-Lucas Motta/Rodrigo Nascimento - 47min15
4-Carlos Henrique Paixão/Marcus Silva - 47min59
5-André Aikawa/Marcus Silva - 48min07

Feminino
1-Paula Gallan/Isabella Lacerda - 55min53
2-Marcella Toldi/Fabiana Brandão - 59min08
3-Letícia Cândido/Naima Diesner - 1h01min55
4-Julyana Rodrigues/Sabrina Gobbo - 1h01min56
5-Bárbara Domingues/Gabriela Vasconcelos - 1h16min16

Foto de destaque: Nico Ferri / Santander Brasil Ride
Leia mais...

terça-feira, 14 de dezembro de 2021

Van der Poel adia estreia na temporada 2021-22 de ciclocross por causa de lesão



Mathieu van der Poel vai adiar sua estreia na temporada de ciclocross 2021-22 em uma semana por causa de problemas relacionados à recuperação de lesão. A decisão foi tomada pelo ciclista em conjunto com a direção da equipe após contatos com os setores de desempenho e médico.

A temporada de ciclocross tem início no dia 18 de dezembro na Copa do Mundo de Rucphen e terminará em 30 de janeiro com o Mundial nos EUA.

Segundo a assessoria de imprensa da equipe Alpecin Fenix, o principal motivo para o adiamento da estreia do atual campeão mundial de ciclocross é o processo de cicatrização de uma lesão sofrida por Mathieu van der Poel no joelho.

De acordo com assessor de imprensa da Alpecin Fenix, Ward Callens, "o processo de cicatrização levará mais tempo do que o inicialmente previsto, e, dessa forma, Van der Poel ainda não foi capaz de completar o treinamento específico de ciclocross".

A previsão é que Mathieu van der Poel volte às competições de ciclocross no dia 26 de dezembro para a prova da Copa do Mundo em Dendermonde, na Bélgica.

Foto: Mats Palinckx / Facebook
Leia mais...

quarta-feira, 8 de dezembro de 2021

Projeto com texto de associação dos ciclistas é aprovado na Câmara Municipal de Petrópolis

Ciclistas em passeio pelas ruas de Petrópolis (RJ) - Foto: Denis Eletherio / WhatsApp

Com texto que teve contribuição da Associação dos Ciclistas de Petrópolis (Acipe), a Câmara Municipal de Petrópolis (RJ) aprovou uma Indicação Legislativa para que o prefeito da cidade crie um projeto de lei dispondo sobre a concessão de desconto no IPTU às empresas que incentivarem o uso de bicicleta pelos seus funcionários e clientes.

A Indicação foi apresentada pela presidente da Comissão Especial de Mobilidade Cicloviária, vereadora Gilda Beatriz (PSD), que destacou que "o uso da bicicleta como modal de transporte, é um tema amplamente debatido e a sua implementação é tida como política pública nas cidades mais desenvolvidas do mundo".

De acordo com a presidente da Acipe, Isabella Guedes, a associação teve participação ativa no texto da Indicação Legislativa apresentada ao plenário da Câmara Municipal. A associação dos ciclistas "apresentou algumas ideias baseadas em outras leis e projetos de outras cidades, tanto no Brasil quanto no exterior, e a da redução do IPTU foi uma delas".

Isabella destacou que os ciclistas de Petrópolis sempre enviam propostas à Acipe para serem discutidas e recordou que em 2021 foi feita ampla pesquisa na cidade para determinar o perfil do ciclista petropolitano. Na ocasião, foram entrevistadas mais 700 pessoas que utilizam a bicicleta como meio de transporte.

"A gente viu que tem uma demanda muito grande de pessoas que usam a bicicleta para ir para o trabalho diariamente, pessoas que são clientes e usam a bicicleta para se deslocar até o comércio", afirmou Isabella.

A presidente da Acipe contou que uma das dificuldades apontadas várias vezes é a dificuldade de encontrar locais para estacionar a bicicleta de forma segura. Outro ponto observado é que, em geral, nos locais para onde os ciclistas se deslocam "não tem uma água gratuita, um banheiro e muitas vezes, para os funcionários principalmente, não tem chuveiro para tomar banho".

"Muitas vezes ele (ciclista) se desloca por grandes distâncias e gostaria de tomar um banho, seja na chegada para o trabalho ou depois para sair. Por ser ciclista, ele não tem esse tipo de direito", comentou a presidente da Acipe.

Como resposta, estimular as empresas de Petrópolis a incentivar o uso da bicicleta diariamente pode promover uma mudança que não demanda alto investimento. Como destaca o texto da Indicação Legislativa, "o uso da bicicleta como alternativa de transporte é parte fundamental da mobilidade urbana em nossa cidade". Seguindo o exemplo de cidades do exterior, no Brasil algumas cidades já estão se mobilizando para incentivar empresas ao estímulo ao uso da bicicleta.

"A gente entendeu que seria uma forma interessante de estimular as empresas a investir para facilitar a vida do seu funcionário que usa a bicicleta como meio de transporte. Várias cidades criam esse estímulo. Então, a empresa que atender a uma série de especificações receberia esse selo e também receberia um desconto no IPTU", explicou Isabella.

A Indicação Legislativa foi encaminhada pela Câmara Municipal de Petrópolis à Prefeitura Municipal e agora aguarda análise do prefeito para criar projeto de lei dispondo sobre a concessão de desconto no IPTU às empresas que incentivarem o uso de bicicleta.

Foto: Denis Eletherio / WhatsApp

Leia mais...

terça-feira, 7 de dezembro de 2021

Isabella Lacerda e José Gabriel são campeões da temporada 2021 da CIMTB Michelin

Isabella Lacerda é campeã da CIMTB 2021 - Foto: CIMTB / Divulgação


A etapa final Copa Internacional Michelin de Mountain Bike (CIMTB Michelin) de 2021, no último fim de semana em Taubaté (SP) consagrou Isabella Lacerda como campeã no geral feminino e José Gabriel na geral masculina.

Mesmo com o incidente e danos provocados pela forte tempestade às vésperas do evento, a organização da CIMTB Michelin conseguiu reparar a estrutura e deixar tudo pronto para que as disputas ocorrerem normalmente e sem danos à segurança dos atletas e espectadores.

Depois de quatro anos fora das pistas, Isabella Lacerda venceu a classificação geral da CIMTB Michelin 2021 após chegar na segunda colocação. Karen Olimpio fechou a temporada com o segundo lugar na geral e Hercília Najara fechou o campeonato na terceira posição.

José Gabriel é campeão da temporada 2021 da CIMTB - Foto: Cesar Delong / CIMTB
José Gabriel é campeão da temporada 2021 da CIMTB - Foto: Cesar Delong / CIMTB


A elite masculina viu José Gabriel ser definido como o grande campeão da temporada 2021 da CIMTB Michelin. Gustavo Xavier, vencedor da elite masculina em Taubaté, somou pontos suficientes para garantir a segunda posição na geral, à frente de Kennedi Lago.

Na Júnior, os colombianos vieram bem preparados. Como de costume ficaram com a primeira e a segunda posições na etapa, com Hugo Rodriguez e Yimer Sonalo. Eiki Leôncio foi o melhor brasileiro, em terceiro, o que garantiu o título na geral. João Lucas Rodrigues ficou na segunda posição na temporada e Marcelo Antônio na terceira.

XCO Feminino da CIMTB Michelin


O final de semana foi todo de Karen Olimpio em Taubaté. Após mostrar que sabe usar a estratégia na vitória do short track de sábado (4), ela venceu na força bruta pura o XCO deste domingo (5). Ela atacou o pelotão logo no início da prova e liderou até o final. Isabella Lacerda, que precisava da segunda colocação para garantir o título da geral, conseguiu se manter a poucos segundos de Karen durante toda a prova, e levou a camisa azul para casa.

XCO Masculino CIMTB Michelin


Gustavo Xavier também estava em um dia favorável. Ele forçou o ritmo da prova já na primeira volta e esticou o pelotão. Em pouco tempo, Gustavo, José Gabriel e Alex Malacarne se isolaram na frente. O trio revezou as posições ao longo de quase toda a corrida. Gustavo atacou nas últimas voltas e conseguiu segurar a ponteira para ganhar a etapa. Alex Malacarne, ficou em segundo e José Gabriel em terceiro.

"A CIMTB Michelin é um campeonato muito difícil de ganhar. Esse é o meu quarto título, mas o primeiro na Elite. Ganhei na Júnior e duas vezes na Sub-23. A gente sabe que os concorrentes são os mais fortes, como o Henrique Avancini, de nível internacional, que elevou o nível do nosso mountain bike, mas também os adversários que estão chegando como o Alex e o Gustavo", avaliou.

Foto de destaque: CIMTB / Divulgação
Leia mais...

sexta-feira, 3 de dezembro de 2021

Grupo formado por Sense Bike e Swift Carbon espera dobrar produção de bicicletas em 2022

Com nova fábrica em Manaus, S2 pretende dobrar produção em 2022 - Foto: Gustavo Lovalho / Divulgação


A S2 Indústria da Bicicleta espera dobrar a produção no próximo ano com sua nova fábrica em Manaus. Nascida em 2018 da união entre a Sense Bike, fabricante nacional de bicicletas, e da Swift Carbon, marca Sul-Africana especializada em fibra de carbono, a S2 tem como um de seus principais objetivos elevar o patamar do cenário e do mercado de bicicletas no Brasil e no mundo.

Agora, com a inauguração de sua segunda fábrica em Manaus, no Amazonas, o grupo promete dar mais um salto em diversos quesitos como volume de produção, geração de empregos e implementação de novas tecnologias de produção. E a meta é audaciosa: objetivo é de quadruplicar produção nos anos seguintes a 2022.

Em uma ampliação que vem acontecendo há cerca de dois anos de trabalho contínuo, a S2 Indústria da Bicicleta agora conta com mais de 10 mil metros quadrados voltados à fabricação e montagem de bicicletas e componentes em Manaus. 
 
Com isso, o fabricante passa a fabricar quadros em alumínio e montar bicicletas completas para as marcas Sense Bike e Swift Carbon. E também ganha capacidade na produção de rodas de alumínio e de fibra de carbono, a segunda de forma inédita na América Latina.

"Na Fábrica 1, que tem 4500 metros quadrados, serão produzidos os quadros da Sense Bike e da Swift Carbon em alumínio. A Fábrica 2 ficará com a montagem de rodas e bicicletas completas de ambas as marcas", explicou Pierre de Tarde, Gerente de Produtos S2 Indústria da Bicicleta.

Nova fábrica da S2 - Foto: Gustavo Lovalho / Divulgação
Nova fábrica da S2 - Foto: Gustavo Lovalho / Divulgação


"Com a ampliação e a nova fábrica, podemos chegar a quadruplicar nossa capacidade produtiva, e já a partir de 2022, vamos dobrar nossa produção", complementou. 

Além do espaço físico adicional, as novas fábricas vão contar com dois importantes reforços: a ampliação da força de trabalho e a adoção de novas máquinas e processos produtivos de última geração, algumas inclusive inéditas no continente americano.  

"Com as novas fábricas e com todas as ampliações, estimamos um crescimento de mais de 40% no número de funcionários contratados", explicou Joel Silva, Gerente de Fabril S2 Indústria da Bicicleta.

Além disso, a adoção de técnicas avançadas de produção irá elevar a qualidade dos produtos da S2 Indústria da Bicicleta a um novo patamar. 

"Na Fábrica 1, temos um novo laboratório de certificação de qualidade, inclusive com novas máquinas para testar os quadros. Na Fábrica 2, temos uma linha de montagem aérea inédita no país, dedicada para as bikes mais avançadas. Temos também dois novos robôs de última geração para a montagem das rodas. Trata-se de um robô inédito na América Latina para a montagem de rodas de carbono", exemplificou Pierre de Tarde.  

"São tecnologias disponíveis somente na Ásia, que domina a produção mundial de bikes, e na Europa. Por isso somos referência para estas máquinas no Brasil. Além disso, nossa linha de pintura com tecnologia italiana é referência em pinturas eletrostáticas no mundo inteiro", reforçou Joel Silva.

Maior qualidade e mais disponibilidade para o consumidor


Com certeza, quem mais se beneficia com a nova fábrica da S2 Indústria da Bicicleta em Manaus é o consumidor, que sai ganhando com mais bicicletas no mercado, sendo produzidas com cada vez mais qualidade e variedade - uma das marcas registradas da Sense Bike e da Swift Carbon. 

"Com as duas novas fábricas, estamos colocando o Brasil no mesmo patamar da Europa e dos Estados Unidos em níveis industriais, o que proporciona maior disponibilidade de bicicletas para o mercado, com um mix de produto extenso, e uma qualidade de padrão internacional", explicou Pierre de Tarde.  

Pessoal da fábrica da S2 - Foto: Gustavo Lovalho / Divulgação


Com a novidade, a S2 Indústria da Bicicleta segue sua trajetória de inovação e elevação de patamar, algo que acompanha a empresa não só no mundo industrial, mas também no estímulo ao esporte com projetos como a S2 Sports, apoio oficial à atletas de MTB, Estrada, Enduro e Triatlhon, e trabalhos como o Sense Trails e o Pump Track Sense Grom Zone, que estimulam a cultura da bike no Brasil. 

"A S2, com a Sense e a Swift Carbon, conseguiu na sua maior força a capacidade de interação e incentivo ao ciclismo, e de impacto social. Além dos produtos, que são desejados, temos essa capacidade de interação com quem realmente usa nossos produtos, e essa será a maior contribuição da S2 com o ciclismo, a nível global. Nós sempre estaremos puxando o mercado, e estimulando as demais marcas a fazer o mesmo", comentou Henrique Ribeiro CEO da S2 Indústria da Bicicleta. 

"O Brasil, que é nossa pátria mãe, temos o compromisso de ampliar nossa presença e o nosso incentivo ao mundo da bike, de norte a sul, e de leste a oeste", finalizou Henrique.

Fotos: Gustavo Lovalho / Divulgação
Leia mais...

quinta-feira, 2 de dezembro de 2021

Tempestade causa danos à estrutura da CIMTB em Taubaté às vésperas da competição

Tempestade danificou estrutura da CIMTB em Taubaté - Foto: Divulgação / CIMTB


Uma tempestade com fortes ventos atingiram diferentes regiões de Taubaté (SP) na tarde desta quarta-feira (1º) e causou danos consideráveis em parte da estrutura da Copa Internacional Michelin de Mountain Bike (CIMTB Michelin) que estava sendo montada há dez dias no Parque Municipal do Itaim para competições que começam na sexta-feira, 3 de dezembro.

Segundo o portal de notícias g1, a Defesa Civil informou que "os ventos chegaram a atingir mais de 40 km/h".

Por meio de nota, a organização da CIMTB confirmou que, mesmo com os danos causados, a programação está mantida e os eventos da etapa de Taubaté começaram nesta sexta-feira com as primeiras corridas dos short track e vão até domingo, quando serão definidos os campeões gerais da Super Elite da etapa e da temporada 2021.

"Imediatamente após a catástrofe chegaram pessoas de todo lado querendo ajudar. Quero tranquilizar a todos os patrocinadores, expositores e atletas e dizer que a CIMTB Michelin vai acontecer normalmente. Teremos a feira, food trucks e estrutura de alimentação, área para crianças, dirt jump e tudo mais que estava programado. Será um evento inesquecível da mesma forma", informou Rogério Bernardes, organizador do evento.

A chuva começou por volta das 15h de quarta-feira de forma leve, mas em poucos segundos, tomou proporções assustadoras. O vento, junto com forte chuva, arrastou carros, destruiu a rede elétrica, quebrou vidros e derrubou todas as tendas, grades e placas que estavam montadas, além da pista que foi destruída. Cerca de dois mil metros quadrados montados, além de mais de 600 barreiras de contenção saíram voando.

Foto: Divulgação / CIMTB Michelin
Leia mais...

quarta-feira, 1 de dezembro de 2021

Campeão mundial Tiago Ferreira está confirmado na Santander Brasil Ride Espinhaço

Tiago Ferreira durante entregas de medalhas na Bahia - Foto: Mario Jordany / Santander Brasil Ride


O campeão mundial de mountain bike maratona em 2016, Tiago Ferreira, está entre os confirmados para a disputa da Santander Brasil Ride Espinhaço. O ciclista português que é bicampeão europeu irá competir na categoria solo.

A Santander Brasil Ride Espinhaço ocorre entre os dias 14 a 18 de dezembro, em Conceição do Mato Dentro (MG). Além a novidade da categoria solo, na qual Tiago Ferreira vai competir, a competição terá mais de 140 mil reais de prêmios em dinheiro, a maior premiação do Brasil na história deste esporte.

"Será uma ótima oportunidade para estar em mais um evento da Santander Brasil Ride. Depois de um 2020 bastante complicado, quase sem corridas, e um 2021 um pouco melhor. Poder voltar à Santander Brasil Ride na Bahia foi muito bom. Agora, surgiu esta oportunidade de estar no Espinhaço. Não há como recusar. Primeiro porque aqui na Europa o tempo fica ruim nesta época. Além disso, tem fatores que todos sabemos. Excelente organização, bom ambiente em todo evento, poder rever os amigos que fiz ano após ano. Estou certo de que será mais uma prova brutal em termos de percursos e etapas. Tem todos os ingredientes para ser mais um grande evento para se participar", comenta Ferreira.

O evento em Conceição do Mato Dentro contará com cinco etapas, totalizando 290 km e 9100 m de altimetria acumulada. No primeiro dia, serão pedalados 84 km com 2531 m de altimetria, na corrida mais longa da edição. Já no segundo, 45 km e 1384 m de altimetria, enquanto na terceira etapa, 78 km e 2510 m de altimetria. A quarta será a do XCO, em uma pista de 7,8 km, totalizando 31,6 km e 1.040 m de altimetria. A decisão terá 42 km e 1605 m de altimetria total.

"Será minha primeira vez nesta região do Brasil. Pelo que tenho visto de fotos e vídeos, é parecido com aquilo que estou habituado aqui em Portugal. Mais pedras no caminho e a presença de serras normais para mim. Minha expectativa é alta, porque na Santander Brasil Ride estamos habituados a grandes organizações e grandes eventos. Percursos únicos, com uma equipe e estrutura qualificada para isso", ressalta Tiago. 

"Tenho a certeza absoluta que será uma ótima experiência. Estou curioso para conhecer a região e desfrutar das trilhas. Serão grandes momentos de mountain bike e é isso que eu procuro", finaliza.

Maratona do Cipó no encerramento da Santanter Brasil Ride Espinhaço


Disputa marcada para o sábado (18), a Maratona do Cipó será responsável por encerrar com chave de ouro a ultramaratona, com um percurso de 56 km e 2086m de altimetria acumulada na sua prova principal. Quem optar por um desafio menos intenso, pode se inscrever na categoria tour, com 27 km de extensão e 950 m de desnível altimétrico.

Foto: Mario Jordany / Santander Brasil Ride
Leia mais...

Deceuninck será copatrocinadora da equipe de Mathieu van der Poel por 4 anos

Deceuninck será copatrocinadora da Alpecin-Fenix - Foto: Divulgação / Alpecin-Fenix


Após três anos de patrocínio à equipe QuickStep, a Deceuninck anunciou nesta terça-feira (30/11) a assinatura do contrato de patrocínio por quatro anos com a equipe de ciclismo Alpecin-Fenix, de Mathieu van der Poel. A vigência começa em 2022.

Além de se tornar copatrocinadora da equipe profissional masculina de ciclismo da Alpecin-Fenix, a Deceuninck também patrocinará a equipe de mountain bike, ciclicross e o time feminino.

"Estou muito satisfeito em comunicar esta parceria com a Alpecin-Fenix. Nossa marca se destacará ao longo da temporada", declarou o CEO do Deceuninck Group, Francis Van Eeckhout.

Representando a liderança da Alpecin-Fenix, Philip Roodhooft que estão "muito satisfeitos com a parceria com a Deceuninck". "Temos visto um crescimento explosivo nos últimos anos, mas estamos longe de estar no fim dessa jornada", afirmou.

Foto: Divulgação / Alpecin-Fenix
Leia mais...

terça-feira, 30 de novembro de 2021

Maratona do Cipó marca encerramento da Santander Brasil Ride Espinhaço

Maratona do Cipó marca final da Santander Brasil Ride Espinhaço 2021 - Foto: Fabio Piva / Santander Brasil Ride


A estreia da Santander Brasil Ride Espinhaço no ciclismo nacional entre os dias 14 e 18 de dezembro, em Conceição do Mato Dentro (MG), vai ter uma corrida única para os amantes do esporte. Será a Maratona do Cipó, programada para o último dia do evento e responsável por encerrar com "guidão de ouro" a ultramaratona que terá a maior premiação da história do ciclismo brasileiro.

"Além de termos os atrativos de os participantes poderem chegar um dia antes e assistir aos melhores ciclistas do país e do mundo competindo sexta-feira (17) no cross country olímpico, e no dia seguinte pedalar pelas mesmas estradas e trilhas ao lado deles, a região do Espinhaço permite aos visitantes conhecerem lugares lindos. Para cada lado que você olha, o visual é deslumbrante e a riqueza de momentos que a natureza propicia chama muito a atenção. Quem for para a Maratona do Cipó, não vai se arrepender", comenta Mario Roma, fundador da Santander Brasil Ride.

Com um percurso de 56 km e 2.086m de altimetria acumulada na sua prova principal. Também há espaço para aqueles que optarem por um desafio menos intenso: esses poderão se inscrever na categoria tour, com 27 km de extensão e 950m de desnível altimétrico.

Com largada e chegada na arena Santander Brasil Ride, os ciclistas iniciam o percurso no centro da cidade, para então subirem a Serra da Ferrugem, um dos conjuntos de montanhas que cercam Conceição do Mato Dentro. Uma subida longa, porém não tão íngreme. Do alto, tem-se uma linda vista panorâmica do município, enxergando também o alto da Serra do Espinhaço, que foi tombada pela UNESCO em 2006, como Reserva da Biosfera, também integrando o Circuito Nacional da Serra do Cipó.

Os participantes da Maratona do Cipó também passam ao lado do "Pico do Soldado", que faz parte da Serra da Ferrugem e é o ponto mais alto de Conceição do Mato Dentro, recebendo este nome por sua semelhança a um soldado descansando com seu cão, como reza a lenda. Do Pico é possível descortinar uma bela paisagem, com grande amplitude visual para todos os lados, sendo uma importante referência geográfica na região, inclusive para o tráfego aéreo regional, com local para saltos de asa delta e paraglider. 

No final da Maratona, o percurso segue pelo Parque Natural Municipal do Salão das Pedras, criado em dezembro de 1999, com uma área de 857 hectares, que também margeia a cidade. Lá, estão sendo construídas trilhas no estilo de um bike park, um paraíso para o mountain bike. O Salão de Pedras é considerado no Brasil e no exterior o melhor local do País para a prática de escalada na modalidade boulder (escalada em pequenos blocos praticada sem o uso dos equipamentos de segurança). Local de clima agradável, que também permite uma visão panorâmica da cidade, ideal para observar o nascer e o pôr do sol e os astros. Encontram-se nesse local sítios arqueológicos que datam de 5 mil anos.

Programação da Maratona do Cipó


A disputa que encerra a Santander Brasil Ride Espinhaço tem retirada de kit na sexta-feira, entre 8h e 15h, na arena Santander Brasil Ride. Quem optar por retirar o kit no dia da prova, precisa fazê-lo entre 7h30 e 8h30. Enquanto a largada da disputa principal será às 10h, a categoria tour tem seu início logo em seguida, às 10h30.

A inscrição para a prova pode ser feita no hotsite da competição.

Foto: Fabio Piva / Santander Brasil Ride
Leia mais...

segunda-feira, 29 de novembro de 2021

Campeão paulista de ciclismo de estrada 2021 morre após acidente

Rafael Haikel Pero de Godoy morreu aos 18 anos - Foto: Divulgação / Federação Paulista de Ciclismo


Morreu na manhã desta segunda-feira (29 de novembro) o campeão paulista de ciclismo de estrada Rafael Haikel Pero de Godoy (Paulínia Racing Team), 18 anos, após uma colisão com um carro nas estradas de terra do distrito de Joaquim Egídio, Campinas (SP).

Segundo nota publicada pela Federação Paulista de Ciclismo (FPC), o acidente ocorreu enquanto Rafael treinava para disputar a Volta Ciclística Internacional, que acontece no próximo fim de semana.

Há 15 dias, Rafael Haikel Pero de Godoy conquistou o Campeonato Paulista de Ciclismo de Estrada 2021 de forma surpreendente e com larga vantagem. O atleta também foi vice-campeão na disciplina Contrarrelógio Individual.

A nota da FPC destacou Rafael como "jovem promessa do esporte" e lembrou que ele "já colecionava títulos nas categorias de base, e mostrava muita força e habilidade nas provas de Mountain Bike, XCM e XCO, e nas provas de Estrada".

Rafael deixa seus pais Rogério Aparecido de Godoy e Karina Haikel Pero de Godoy.

Foto: Divulgação / Federação Paulista de Ciclismo
Leia mais...

Giugiu Morgen conquista bronze nos Jogos Pan-Americanos Juniores, na Colômbia

Giugiu Morgen em ação nos Jogos Pan-Americanos Juniores, na Colômbia - Foto: Alexandre Castello Branco / COB



No último sábado, dia 27 de novembro, a ciclista Giuliana Morgen conquistou mais um resultado de extrema relevância em sua carreira em Cali, na Colômbia. Na primeira edição dos Jogos Pan-Americanos Juniores, a piloto da Sense Factory Racing conquistou a terceira colocação na prova de cross-country olímpico, depois de um dia de muita lama e superação. 

O resultado de Giugiu vem para colaborar com a liderança do Brasil no quadro de medalhas, com a delegação nacional somando 41 medalhas no total, sendo 19 de ouro, 9 de prata e 13 de bronze - o ouro na prova ficou com a colombiana Angie Milena Lara Zarazo e a prata com sua compatriota Ana Maria Muñoz.

A prova foi realizada na Pista de Ciclomontañismo Carlos Castro, na cidade de Yumbo, em um circuito com obstáculos naturais e artificiais, com muitas curvas, subidas, descidas, frenagens e acelerações. Além disso, a chuva criou uma dificuldade extra, que chegou na forma de uma lama extremamente pegajosa, segundo explicou Giugiu. 

“Bronze no primeiro Pan-Americano Júnior. Foi duro, foi difícil e eu dei tudo que tinha dentro de mim! Chuva durante a noite e sol na hora da largada, lama igual um chiclete e bikes entupidas”, comentou Giugiu depois da competição. 
 
A atleta, que largou na terceira fila, assumiu a quarta colocação logo na primeira volta e, já na segunda, estava disputando a primeira colocação. Porém, na terceira volta, a lama acumulada na Sense Impact Carbon da atleta começou a gerar problemas: 

“Abrindo a terceira volta tive que parar no apoio para desentupir minha bike, e perdi alguns segundos muito valiosos, mas isso faz parte do jogo! A partir da terceira volta fui diminuindo cada vez mais o tempo para a segunda e a primeira colocação, mas não foi o suficiente, seriam necessárias mais duas voltas para pegá-las. Estou feliz pela entrega, e com certeza não vou parar por aqui, vou em busca de mais”, complementou Giugiu.

Giugiu estreia na Sub-23 com foco nos jogos de Paris


Com 18 anos completos, Giugiu Morgen fará suas últimas apresentações como atleta da júnior até o final desta temporada, com a ciclista ainda tendo uma aparição confirmada na etapa de Taubaté, São Paulo, da Copa Internacional de Mountain Bike, competição que acontece entre os dias 3 e 5 de dezembro. 

Depois disso, em 2022, ela encara os desafios da Sub-23 e da Super Elite, as categorias mais intensas e disputadas do Brasil. Nelas, além de enfrentar adversárias mais fortes, Giugiu terá que lidar com competições mais longas, algo fundamental para que ela dê mais um passo importante em sua carreira, com uma atenção especial para a vaga feminina para os Jogos Olímpicos de Paris, em 2024.

“Esta medalha de Bronze que Giugiu conquistou nos Jogos Pan-Americanos Juniores coroa tudo o que ela conquistou ao longo dos anos nas categorias de base”, comentou Marlen Ferreira, team manager da Sense Factory Racing. 

“Ela corre conosco desde que era atleta da pré-juvenil, e vimos ela sendo bi-campeã panamericana na Juvenil, depois na Júnior, e agora ela vai para a Sub-23, para competir com as meninas da Super Elite. Confiamos muito que ela vai com força total para conquistar a vaga olímpica nos Jogos de Paris em 2024, e este será nosso planejamento daqui para frente’’, complementou Marlen. 

“Apesar de ainda não ser da Elite, ela já desponta como uma das principais atletas do Brasil, e temos certeza de que ela tem tudo para lutar pelo lugar mais alto do pódio não só no país, mas também nas principais competições do mundo”, finalizou.

Foto: Alexandre Castello Branco / COB
Leia mais...

KTM Bikes Brasil lança loja virtual na plataforma do Semexe

Marca austríaca, representada no Brasil pela 2W Motors, fechou parceria com o principal marketplace de ciclismo do país

KTM bikes está com loja virtual na plataforma do Semexe - Foto: Divulgação


Os fãs da KTM Bikes agora poderão contar com mais um local para a compra das bicicletas da marca. O Grupo 2W Motors, representante da marca austríaca no Brasil, fechou parceria com o principal marketplace de ciclismo do país, a Semexe. A loja virtual da KTM agora está disponível na plataforma online referência na compra e venda de bikes no  www.semexe.com/loja-ktm.

Isso tudo acontece três meses após o Grupo 2W Motors ter feito o anúncio de que é o importador oficial da KTM Bikes no Brasil. Agora, além das bicicletas já disponíveis no showroom do grupo, as bikes passam a estar também presentes nas vendas online.

“Nossa intenção é oferecer mais um canal de e-commerce aos apaixonados pela marca com 57 anos de tradição e também aos adeptos do ciclismo, sejam iniciantes ou atletas de alta performance. E encontramos na Semexe a parceira perfeita para venda de nossos produtos de uma forma segura e com expertise de comercialização que precisamos”, afirma Raul Fernandes Jr, um dos sócios do Grupo 2W Motors.

Os adeptos do estilo de vida do pedal podem encontrar na Semexe as linhas urban, road, mountain e kids da KTM Bikes. Entre os modelos estão: Wild Buddy 12, Chicago Disk 292, Chicago Disk 291, Ultra Sport 29, Scarp MT Exonic, Revelator Alto Elite, Revelator Alto Pro e a cobiçada Revelator Alto Master (réplica usada no Tour de France – maior corrida de ciclismo de mundo que acontece na França).

Um ano antes da pandemia e do boom de vendas de bicicletas em 2020, os irmãos Raul e Maurício Fernandes, empresários que representam marcas premium do mercado mundial de motocicletas, como a Husqvarna Motorcycles e as lojas da Royal Enfield, na capital paulista, decidiram apostar também no segmento de bikes, mas sempre estiveram ligados à questão da mobilidade urbana.

Considerada a principal startup do ciclismo no país, a Semexe é uma moderna plataforma de navegação fácil e segura que trabalha com marcas de ponta e oferece acessórios de qualidade aos ciclistas. Para o Rodrigo Afonso, gerente de parcerias, a Semexe está sempre à frente trazendo as melhores marcas e produtos para seus clientes. “Estamos felizes em lançar a loja oficial desta tradicional marca austríaca que conhece muito bem o público que anda com duas rodas, seja ele do motocross ou da bicicleta. Certamente a parceria renderá bons frutos. A KTM Bikes vem atender diversos públicos, desde o ciclista que deseja uma MTB, com excelente componentes e quadro de alumínio com custo mais acessível, até o mais exigente atleta que busca performance e quer exclusividade com uma bike do nível do Tour de France”, explica.

A chegada da KTM Bikes Brasil a Semexe é mais uma ação do grupo, que logo mais irá levar outra marca para o site. “Somos também importadores oficiais da Fantic e-bikes no Brasil e, em breve, toda a linha que comercializamos da marca italiana estará disponível também na plataforma”, finaliza Raul.

Foto: Divulgação
Leia mais...

Pessoas físicas podem doar parte do imposto de renda para apoiar CIMTB

Largada da CIMTB Petrópolis, em 2019 - Foto: Fábio Piva / CIMTB



Qualquer pessoa que pague Imposto de Renda (IR) no Brasil poderá ser um doador da etapa de Petrópolis 2022 da CIMTB, por meio da Lei de Incentivo ao Esporte, no projeto "Copa Internacional de Mountain Bike para Todos", que foi aprovado pelo Ministério da Cidadania neste ano.

Com isso, a CIMTB, em parceria com a associação Mountain Bike BH está autorizada a captar recursos para a realização de atividades que beneficiem a sociedade por meio do esporte. A lei permite que pessoas físicas invistam até 6% do que deveriam em IR para financiar ações aprovadas. Para empresas, o percentual é de 1%.

"É uma nova forma que estamos implementando para ter o apoio dos amantes do mountain bike. O principal é a lisura que o processo da Lei de Incentivo possui envolvendo o Governo Federal e a Associação Mountain Bike BH. O recurso é depositado em uma conta bloqueada e o acesso ao recurso é feito somente seguindo um projeto aprovado e com enorme controle na prestação de contas", explica Rogério Bernardes, organizador do evento,

É importante lembrar que quem quiser ser um doador em 2022 terá que investir ainda este ano, até dezembro. O processo é muito simples. Primeiro, o contribuinte deve avaliar quanto pagará de IR, e calcular, a partir disso, qual valor quer investir na CIMTB, levando em conta o limite definido pela lei.

O próximo passo é depositar o valor desejado na conta bloqueada da instituição que promove o evento, no Banco do Brasil; agência 3308-1; conta 7061-0. Este dinheiro fica bloqueado pela Receita Federal, e só pode ser utilizado no projeto específico, de acordo com as diretrizes da Lei de Incentivo ao Esporte e com o planejamento do projeto apresentado.  Após o depósito, é emitido um recibo contendo as informações do projeto e que será utilizado, no ano que vem, para realizar a dedução do Imposto de Renda para as pessoas que deverão pagar imposto.

No caso das pessoas físicas, é importante saber que que ela deve optar por preencher a Declaração Completa, ou seja, para ter direito a dedução do imposto, ela deverá optar por preencher a declaração utilizando de todas as deduções legais. As pessoas que utilizam o desconto simplificado no imposto de renda não poderão abater do valor que for depositado.

A CIMTB Michelin disponibiliza o e-mail info@cimtb.com.br para dúvidas ou qualquer esclarecimento sobre o assunto.

Foto: Fábio Piva / CIMTB
Leia mais...

Santander Brasil Ride Espinhaço terá maior premiação da história do ciclismo brasileiro

Ciclistas no percurso da Santander Brasil Ride Espinhaço - Foto: Fábio Piva / Santander Brasil Ride


A Santander Brasil Ride Espinhaço, prova de mountain bike por etapas de cinco dias, faz sua estreia entre 14 e 18 de dezembro, em Conceição do Mato Dentro (MG), a 167 km da capital Belo Horizonte, e já chega elevando a outro patamar o ciclismo nacional. Com mais de 140 mil reais de prêmios em dinheiro, o evento ofertará a maior premiação do Brasil na história deste esporte, que é um dos que mais cresce no País e no mundo. Seguindo os padrões do circuito da Santander Brasil Ride, mulheres e homens terão premiação igual na prova.

"Esse valor total, nunca foi registrado em nenhuma prova de ciclismo no Brasil, algo que é extraordinário e mostra aonde, juntos, nós da Santander Brasil Ride e nossos patrocinadores, podemos chegar", enaltece Mario Roma, fundador do evento. "Além disso, haverá um prêmio especial para o ciclista que fizer a volta mais rápida na etapa do cross country olímpico (XCO), na quarta etapa. Quem for o mais veloz entre os amadores (não federados) ganhará um capacete especial que o Henrique Avancini utilizava e ofertou como prêmio extra", complementa Mario Roma.

Para os dez primeiros colocados das elites masculina e feminina, a premiação totalizará 56 mil reais, sendo que as duplas vencedoras levarão 10 mil reais cada. Pelas etapas, na premiação da UCI, outros 42 mil reais serão distribuídos pela organização. Por fim, um prêmio inédito no Tour Bike Santander Brasil Ride, o Sprint Brasil Ride, em que uma premiação de 45 mil reais será dividida - R$ 25.000,00 para a equipe que for primeira colocada, R$ 15.000,00 para a segunda e R$ 5.000,00 para a terceira.

No Sprint Brasil Ride, a disputa pela premiação é aberta a qualquer categoria em duplas da Santander Brasil Ride Espinhaço. A premiação será para as três primeiras duplas que tiverem o maior número de vitórias ao longo das cinco etapas. Os critérios para classificação final são: equipe com maior número de vitórias nas cinco etapas; no caso de empate do número de vitórias em etapas o critério de desempate será a equipe vencedora da etapa mais longa; caso o 2º ou 3º lugares desta premiação não sejam possíveis de serem definidos pelos critérios acima, será considerado também o maior número de 2º lugares em cada etapa.

Sobre a Santander Brasil Ride Espinhaço


O evento realizado em Conceição do Mato Dentro contará com cinco etapas, totalizando 290 km e 9.100 m de altimetria acumulada. No primeiro dia, serão pedalados 84 km com 2.531 m de altimetria, na corrida mais longa da edição. Já no segundo, 45 km e 1.384 m de altimetria, enquanto na terceira etapa, 78 km e 2.510 m de altimetria. A quarta será a do XCO, em uma pista de 7,8 km, totalizando 31,6 km e 1.040 m de altimetria. A decisão, dia também da Maratona do Cipó, terá 42 km e 1.605 m de altimetria total.

Quais são as categorias da Santander Brasil Ride Espinhaço?


Visando ciclistas profissionais e amadores, a Santander Brasil Ride Espinhaço terá o total de 12 categorias: as oficiais, Open, Feminina, Mista, Master, Grand Master e Corporativa. Além dessas categorias, seis premiações especiais: “American Jersey Masculina”, “American Jersey Feminina”, “Nelore, “Iron Rider”, “Guarini” e “E-MTB”, nesta que é a primeira ultramaratona de mountain bike assistida nas Américas.

Como se inscrever na Santander Brasil Ride Espinhaço?


Os ciclistas interessados em garantir uma vaga para disputar a Santander Brasil Ride Espinhaço devem se inscrever no hotsite da competiçãoTodas as informações da prova estão disponíveis lá.

Foto: Fábio Piva / Santander Brasil Ride
Leia mais...
 
Copyright © 2018-2022 Foto e Bike • Direitos reservados | Escreva-nos: blogfotoebike@gmail.com
Template Design by BTDesigner • Powered by Blogger
back to top