Mostrando postagens com marcador saúde. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador saúde. Mostrar todas as postagens

quinta-feira, 6 de maio de 2021

Bicicleta é o meio de transporte que se associa com mais benefícios à saúde, diz estudo

Pessoas andando de bicicleta


Em estudo liderado pelo Instituto de Saúde Global de Barcelona (ISGlobal) a bicicleta aparece como o meio de transporte que se relaciona com o maior número de benefícios para a saúde, estando associada a uma melhor autopercepção de saúde, melhor saúde mental e menor sensação de solidão.

 

Os meios de transporte incluídos no estudo foram  carros, motocicletas, transporte público, bicicletas elétricas, bicicletas e caminhada. Os efeitos de todos eles foram estudados separadamente e em combinação.

 

A investigação, desenvolvida no âmbito projeto europeu PASTA, foi realizada em sete cidades europeias - Antuérpia, Barcelona, ​​Londres, Örebro, Roma, Viena e Zurique. Mais de 8 mil pessoas responderam a um questionário inicial e, destes, mais de 3,5 mil fizeram um teste final com diferentes questões sobre transporte e saúde. As questões sobre saúde mental destacaram o conhecimento de suas quatro dimensões principais (ansiedade, depressão, perda de controle emocional e bem-estar psicológico), vitalidade (nível de energia e fadiga) e percepção de estresse. Também questionaram sobre as relações sociais, como sentimento de solidão e contato com familiares e/ou amigos.

 

As conclusões, publicadas na revista Environment International, indicam que a bicicleta foi o meio de transporte com os melhores resultados em todas as análises. Esteve associada a uma melhor autopercepção de saúde geral, melhor saúde mental, maior vitalidade e menor autopercepção de estresse e sentimento de solidão. Após as bicicletas, a caminhada ficou em segundo lugar e foi associada à autopercepção de boa saúde geral, maior vitalidade e maior contato com a família e/ou amigos.

 

A investigadora do ISGlobal e primeira autora da publicação, Ione Avila-Palencia, explica que "este é o primeiro trabalho que relaciona a utilização de múltiplos meios de transporte urbano com efeitos sobre a saúde, como saúde mental ou contatos sociais". "Dessa forma, podemos analisar os efeitos de forma mais realista, uma vez que as pessoas que vivem nas cidades hoje tendem a usar mais de um meio de transporte", afirma a pesquisadora.

 

Além do ciclismo e da caminhada, os resultados para os demais meios de transporte analisados ​​não foram totalmente conclusivos.


Foto de destaque: Yoav Aziz/Unsplash

Leia mais...

domingo, 25 de abril de 2021

Proposta estimula uso de bicicleta pelo trabalhador durante pandemia

Bicicleta com máscara no guidão


O Projeto de Lei 2884/20 prevê que, durante a pandemia de Covid-19, o trabalhador que faz jus a vale-transporte e optar pelo uso de bicicleta poderá, sob condições, receber o valor em espécie.

Para aqueles que não têm direito ao benefício, o texto cria uma ajuda no valor de R$ 5 por dia de deslocamento.

A proposta, em tramitação na Câmara dos Deputados, insere o dispositivo na Lei 13.979/20, que definiu medidas para enfrentamento da emergência de saúde pública de importância internacional em razão da Covid-19.

“Devemos estimular que os trabalhadores se desloquem de forma mais segura possível”, disse o autor, deputado Hugo Leal (PSD-RJ). “Optamos por criar um estímulo financeiro temporário para incentivar o transporte por bicicleta”.

Tramitação


O projeto tramita em caráter conclusivo e será analisado pelas comissões de Trabalho, de Administração e Serviço Público; de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Para dar sua opinião sobre o Projeto de Lei 2884/20 que estimula o uso de bicicleta pelos trabalhadores durante a pandemia, acesse https://forms.camara.leg.br/ex/enquetes/2253677.

Fonte: Agência Câmara de Notícias

Leia mais...

sexta-feira, 5 de março de 2021

Quem vai de bicicleta para o trabalho tem menos risco de estresse

Pessoas se deslocando de bicicleta

Um estudo do Instituto de Salud Global de Barcelona (ISGlobal) concluiu que o papel da bicicleta como um meio de transporte que contribui para a melhoria da saúde pública e do bem-estar nas cidades, reduzindo significativamente o nível de estresse.

Segundo o estudo do ISGlobal, as pessoas que se deslocam de bicicleta para trabalhar ou estudar correm menos risco de sofrer estresse do que aquelas que se deslocam por outro meio de transporte. Contudo, é importante ressaltar a necessidade e investimento em mobilidade urbana para que isso ocorra de forma eficaz.

Usar a bicicleta nos deslocamentos ajuda no bem-estar


A pesquisa, publicada na revista BMJ Open, destaca que quem se desloca de bicicleta para o trabalho ou para a escola pelo menos uma vez por semana tem risco 20% menor de estresse do que quem nunca pedala. Especificamente, as pessoas que pedalam quatro dias por semana reduzem o risco de estresse em até 52%, em comparação com aquelas que nunca pedalavam.

Em geral, as pessoas usam mais a bicicleta quando os deslocamentos são mais curtos e quando há estações de bicicletas públicas perto de suas casas e locais de trabalho ou de estudo. Além disso, os resultados da pesquisa mostram que o risco de estresse é menor quando o ambiente urbano é mais favorável ao ciclismo, por exemplo, quando há estações públicas e ciclovias próximas. Dessa forma, o estudo conclui que um desenho do ambiente urbano que leva em consideração a bicicleta pode potencializar o uso desse meio de transporte e reduzir o risco de estresse.

O estudo, que faz parte do projeto TAPAS, foi realizado a partir de questionários telefônicos a cerca de 800 adultos saudáveis da cidade de Barcelona, entre 18 e 69 anos, que estudam ou trabalham.

A bicicleta pode reduzir os níveis estresse da sociedade


"Este é o primeiro estudo que foca a relação entre o ciclismo e o estresse autopercebido", explica Ione Avila-Palencia, pesquisadora do ISGlobal e primeira autora do estudo. "Temos uma sociedade bastante estressada e as conclusões desta publicação indicam que o ciclismo pode ajudar a reduzir os níveis de estresse da população", acrescenta a pesquisadora.

Mark J. Nieuwenhuijsen, diretor da Iniciativa de Planejamento Urbano, Meio Ambiente e Saúde do ISGlobal, destaca que "esses resultados sugerem que os responsáveis políticos devem promover o uso de bicicletas e priorizá-las no planejamento urbano e de transporte para reduzir os níveis de estresse e melhorar a saúde pública e bem-estar".


Foto principal: Candid Shots/Pixabay

Leia mais...
 
Copyright © 2021 Foto e Bike • Direitos reservados | Escreva-nos: blogfotoebike@gmail.com
Template Design by BTDesigner • Powered by Blogger
back to top