Mostrando postagens com marcador Review. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Review. Mostrar todas as postagens

terça-feira, 31 de agosto de 2021

GPS Atrio Iron é bom? Principais características, pontos positivos e negativos

Review do GPS Atrio Iron: é bom ou não?


Quem pedala sempre procura por um ciclocomputador com GPS para bicicletas que facilite a visualização da velocidade, tempo de pedalada, distância percorrida e mais algumas coisas interessantes de se ver durante um pedal. O Atrio Iron é uma das opções que podem ser levadas em conta para quem procura esse tipo de produto.

Para monitorar essas estatísticas, há várias opções de GPS para bicicletas disponíveis, mas hoje vamos fazer um breve review do GPS Atrio Iron e falar se ele atende bem o monitoramento dos principais recursos que a maioria dos bikers quer ver enquanto pedala.

Principais características do GPS Ario Iron


O ponto principal que podemos destacar é que dá para fazer upload das atividades gravadas com o GPS Atrio Iron direto no Strava e também em outras plataformas utilizadas. Outro fator que influencia de forma positiva é o preço: varia entre 300 e 360 reais, sendo um dos valores mais baixos do mercado, sem perder a qualidade.

Com design simples, o GPS Atrio Iron é fácil de ser utilizado e conta com três telas para disponibilizar informações ao ciclista. As telas estão dispostas da seguinte forma:

Primeira tela

• Velocidade em tempo real
• Horário atual
• Distância percorrida
• Altitude atual (em relação ao nível do mar)

Segunda tela

• Velocidade média
• Tempo de pedalada
• Odometro total
• Percentual de inclinação

Terceira tela

• Velocidade máxima atingida na pedalada
• Data atual
• Temperatura
• Estimativa de consumo calórico

Uma pena é mostrar o ganho de altimetria. Assim você só fica sabendo o quando subiu quando termina o pedal e sobe a atividade no Strava.

As dimensões dele também são tranquilas. O GPS Atrio Iron tem 4,6 cm de largura, 7,1 cm de comprimento e 2,2 cm de altura. A tela tem 30 x 38 mm. À prova d’água, ele está na categoria IPX7, o que significa que suporta jatos d'água poderosos.

Duração da bateria do GPS Atrio Iron


O fabricante informa que o GPS Atrio Iron tem autonomia de 22 horas de funcionamento proporcionadas pela bateria de lítio de alta duração e recarregável via cabo USB. O GPS também tem capacidade para armazenar até 90 horas de atividades realizadas.



O Atrio Iron ainda conta com iluminação de tela automática, que acende ao anoitecer e apaga ao amanhecer.

Pontos positivos do GPS Atrio Iron


• Baixo custo para aquisição em relação aos outros disponíveis no mercado
• GPS simples e fácil de mexer
• Permite a sincronização das atividades no Strava
• Tem bateria de longa duração
• Recarrega via USB
• Tela com bom tamanho e fácil visualização das informações
• Baixo custo de compra
• Fácil de fixar no guidão da bike
• Não precisa de sensor na roda da bicicleta
• Boa precisão do GPS
• Proteção à prova d’água nível IPX6

Pontos negativos do GPS Atrio Iron


• Não tem bluetooth
• A sincronização com o Strava é manual com USB (por meio de arquivo)
• Disposição dos dados (poderia ser melhor distribuído)
• Não mostra ganho de altimetria
• Não aceita potencímetro, frequencímetro e sensor de cadência
• Não gera rotas para o ciclista seguir durante o pedal
• Backlight automática não pode ser desligada manualmente

Indicações de locais para compra do GPS Atrio Iron


O GPS Atrio Iron pode ser comprado com dentro da faixa de valores informados aqui no blog Foto e Bike no site da Decathlon.
Leia mais...

quarta-feira, 7 de novembro de 2018

Lanterna USB da Rockbros para bicicletas: adeus noites escuras


Para pedalar à noite é sempre bom ter uma boa lanterna para a bike para cumprir, pelo menos, duas funções: iluminar o trajeto e, em caso de pedais urbanos, alertar os motoristas. A lanterna que eu utilizava não cumpria o primeiro papel (iluminava muito pouco) e não sinalizava bem para os outros veículos. Conclusão: estava ficando perigoso! Depois de pesquisar os preços, encontrei uma lanterna da Rockbros: a V9C-400.


Comprei o produto pelo site da Amazon, em 27 de agosto de 2018, mas atualmente já há opção de comprar no Brasil diretamente pelo site das Lojas Americanas e você não precisa ficar esperando aquele tempo para o produto importado chegar e nem pagar a taxa de 15 reais estabelecida pelos Correios.

Sobre a lanterna USB da Rockbros


Achei que a Rockbros V9C-400 tem um design bonito, principalmente se comparada àquela que eu usava antes (uma Xing Cheng que comprei aqui no Brasil mesmo). Também é um pouquinho pesada (120g), mas isso não afeta em nada: apenas uma percepção que se tem quando ela se segura ela nas mãos.

Lanterna Rockbros V9C-400 ao lado da Xing Cheng. A Rockbros é muito mais bonita

A Rockbros V9C-400 ilumina muito bem e me surpreendeu positivamente por ser um bom produto para usar na bicicleta. Tem três tipos de intensidade luminosa: alto (400lm), médio (200lm) e baixo (100lm). Além disso, há o modo de luz contínua, o SOS (Código Morse) e, quando o botão de ligar é pressionado por 2 segundos, ela entra em modo no qual fica piscando muito rápido que é bom para alertar motoristas e pedestres.

Veja abaixo a como é a luz da lanterna que eu utilizava e em seguida três fotos com a iluminação feita com a Rockbros V9C-400.

Iluminação da lanterna Xing Cheng

Lanterna Rockbros V9C-400 no nível baixo (100lm)


Lanterna Rockbros V9C-400 no nível médio (200lm)

Lanterna Rockbros V9C-400 no nível alto (400lm)

Clareia bem, não é mesmo? Importante ressaltar as fotos acima não passaram por processo de pós-produção. Do jeito que o celular registrou elas foram publicadas. Na primeira imagem, iluminada com a Xing Cheng, quase não é possível ver o matagal. Já no mínimo da lanterna Rockbros V9C-400 é dá para ver o que há lá.


Não encontrei a informação com o ângulo de abertura do feixe de luz, mas ele também é muito bom e bem aberto.

Em se tratando da bateria, a duração é diretamente afetada de acordo com o nível de luz que você está usando. Em números aproximados, é como descrito abaixo:

  • Nível baixo: 8 horas
  • Nível médio: 4,5 horas
  • Nível alto: cerca de 2,5 horas
Na parte de baixo da lanterna há uma entrada USB para que você possar recarregar o equipamento quando a bateria estiver com nível baixo. A indicação de carga baixa é dada no botão de ligar a lanterna: carga normal = botão azul; carga baixa = botão vermelho.
Leia mais...

sexta-feira, 15 de junho de 2018

Bagageiro para bicicleta aro 29 bom e barato? Encontrei um

Minha bike com alforge da Curtlo

Uma das melhores opções para quem pretende fazer deslocamentos diários de bicicleta e precisa carregar roupas, sapatos e/ou marmita são os bagageiros (junto com alforges, é claro). Mas como encontrar um que seja bom, que atenda às suas necessidades e as da sua bike? Nesta publicação falo um pouco sobre a minha procura até encontrar um bagageiro ideal para mim, o que pode te ajudar a encontrar um bom para você também.

Como já havia relatado aqui no FOTO E BIKE, comprei minha bicicleta em 2016 e um dos objetivos era utilizar o equipamento para fazer o deslocamento diário para o trabalho. Porém, fazer isso com mochila nas costas é um tanto ruim, então precisei buscar outras opções.
 
No começo, eu usava mochila mesmo. Só que o suor fica incomodando bastante, pois ela não tinha espaço para ventilação. Após isso, fiz várias buscas por bagageiros para bicicleta aqui em minha cidade, mas não encontrei nada que se adequasse na minha bicicleta: uma aro 29, com freios à disco e sem furação para esse tipo de suporte.

Abrindo um parêntese, fiz uma publicação sobre um outro tema que também pode te interessar. Nela falo um pouco sobre alguns acessórios para bike que comprei na China e conto se valeu a pena ou não. O nome da publicação é Acessórios para bike: vale a pena comprar da China?. Confira esse post!

Voltando ao assunto, apelei para internet e comprei um. Como haviam modelos muito caros e a grana estava curtíssima, peguei um bem simples (e que não era para o meu tipo de bike) e tive que fazer várias adaptações. Ficou até bom, mas quando o alforge estava cheio e as vias muito esburacadas, o conjunto ficava trepidando demais e os parafusos com muita folga (não sou engenheiro e deu nisso!).

Minha bike com bagageiro adaptado que não deu muito certo

Já em 2018, retomei o projeto de vir pedalando para o trabalho. A decisão foi tomada por causa do preço muito alto do combustível (em minha cidade, Petrópolis, tem postos com R$ 5,19 o litro da gasolina comum). Como consequência, tive que resolver o problema do bagageiro para poder fazer os 15Km ida e volta para o trabalho. Voltei a procurar na internet, mas ainda sem poder investir em produtos como Topeak e outras marcas top de linha neste assunto.

A solução foi alcançada com o bagageiro da Yamada, modelo H27-4, com blocagem de para canote. Com capacidade para suportar 9Kg ou até 25Kg se utilizado com as duas barras de reforço que vem junto com ele, o item atendeu às minhas expectativas e o preço também estava dentro daquilo que eu podia pagar sem ficar duro..

Já com o bagageiro instalado (relou escada, por isso as marcas)

O produto é fabricado em alumínio e é ideal para bikes com freio à disco. Como a fixação é feita no canote do selim e o aperto feito através de blocagem, não é preciso que a bike tenha furações e nem necessita de adaptações. Pode ser instalado em canotes de 22,2 à 31,8mm.

Detalhe da blocagem

Um detalhe muito importante: estou usando esse bagageiro da Yamada há quase um mês. Até agora, os parafusos não apresentaram nenhum sinal de folga e ele não fica batendo ou vibrando.

Fixação da barra da barra de reforço no seat stay

O ponto negativo do produto é que ele não veio com manual de instruções. Achei que tinha acontecido apenas comigo, mas vi relatos em vídeos e outros blogs falando a mesma coisa. Você também precisará de, pelo menos quatro ferramentas diferentes para conseguir instalar o mesmo por completo (isso é, com as barras de reforço - que não são "obrigatórias"). Mas, não é difícil.

É possível fazer a compra do bagageiro Yamada H27-4 pelo site das Lojas Americanas.
Leia mais...
 
Copyright © 2018-2022 Foto e Bike • Direitos reservados | Escreva-nos: blogfotoebike@gmail.com
Template Design by BTDesigner • Powered by Blogger
back to top