segunda-feira, 18 de junho de 2018

Petrópolis (RJ) promove Copa Imperial de Mountain Bike

A cidade natal de Henrique Avancini, o terceiro melhor mountain biker do mundo pelo ranking da UCI, conta agora com a sua primeira competição de MTB fixa no calendário esportivo da cidade: a Copa Imperial de Mountain Bike, organizada pela Prefeitura de Petrópolis (RJ).

A estreia será realizada no dia 5 de agosto com largada às 7h30 na Praça de Secretário. A prova acontece com percursos de 28 quilômetros e de 50 quilômetros pelas trilhas da região. Serão disponibilizadas 300 inscrições gratuitas no site da prefeitura. O evento também vai arrecadar latas de leite em pó, que serão entregues a instituições filantrópicas.




De acordo com matéria publicada pelo jornal local Diário de Petrópolis, "os principais ciclistas da cidade estão aprovando a novidade, que vai reunir atletas amadores e profissionais de todo o Estado". Em entrevista ao mesmo veículo, o pentacampeão estadual do Rio de Janeiro, o petropolitano Wolfgang Soares, destacou que este esporte precisa de mais espaço e ficou feliz com a iniciativa da prefeitura.

Wolfgang Soares: atleta da Caloi Avancini Team é petropolinato e pentacampeão estadual do Rio

"É uma iniciativa muito importante para o Mountain Bike, trazendo mais espaço de competição para a nossa cidade e para o Estado do Rio de Janeiro. É bacana a prova acontecer em dois percursos, oferecendo a oportunidade também para os iniciantes. Petrópolis tem grande tradição na modalidade e ganha muito com uma prova nesse estilo", garante Wolfgang.

A Prefeitura de Petrópolis disponibilizará 300 inscrições gratuitas em seu site para incentivar a participação no evento.

Com informações de Diário de Petrópolis
Leia mais...

Já pensou em fazer uma cicloviagem pela região da Toscana, Itália?

Às vezes encontro eventos tão incríveis envolvendo ciclismo que fico impressionado. Dentre os que já encontrei, há uma categoria que gosto muito: o cicloturismo. Acho que a ideia de imaginar os locais onde a bike pode te levar e as possibilidades que ela proporciona sempre me encantam.

Eu ainda não fiz nenhuma cicloviagem, mas estou me programando para fazer a primeira de 15 a 17 de novembro deste ano para a Igreja histórica de São José das Três Ilhas, em Minas Gerais, via duas cidades do Rio de Janeiro: Barra do Piraí e Valença. Irei junto com os Ciclo Romeiros, porém, isso é assunto para outra publicação.




Hoje vamos falar sobre o Toscana MTB Tour! Navegando pela internet, encontrei esse evento proporcionado pela agência de turismo Logística Aventura.

Foto: Divulgação/Logística Aventura

A viagem será pela famosa Toscana, aquela região italiana tão amada pelos cineastas. O ciclistas que ingressarem nesta aventura, irão pedalar pelos lugares qeu representam o cartão postal desta bela região da Itália. Serão cinco tours regados a boa gastronomia, desgustação de vinhos e apreciação das mais belas paisagens do mundo.

A cicloviagem terá a duração de 7 dias e 6 noites e a distância a ser percorrida é de 230Km. Os cicloviajantes irão passar por Florença, pela região de Chianti, Val d'Orcia, Cipressi d San Quirico, Bagno Vignoni (onde há águas termais), Montalcino, Pienza (cidade linda demais), Monticchiello e Montalcino.




Já estive em alguns lugares da Toscana, mas não foi de bike. O que posso dizer é que, com certeza, os bikers não vão se decepcionar com o local, pois é muito, mas muito belo mesmo.

Para 2018, a Logística Aventura ainda tem mais duas datas previstas para realizar esta cicloviagem. São elas: de 09/09 à 15/09 e de 07/10 à 13/10. O preço informado por eles é de € 2.200,00 e, sendo sincero: não achei caro devido a tudo que estão oferecendo!

Para mais informações sobre o Toscana MTB Tour, visite o site http://www.logisticaaventura.com.br/files/arquivos/Ks6n43T91u4We8Wp43qz.pdf ou faça contato com a Logística Aventura pelo WhatsApp: (61) 98143-4048.
Leia mais...

sexta-feira, 15 de junho de 2018

Bagageiro para bicicleta aro 29 bom e barato? Encontrei um

Minha bike com alforge da Curtlo

Uma das melhores opções para quem pretende fazer deslocamentos diários de bicicleta e precisa carregar roupas, sapatos e/ou marmita são os bagageiros (junto com alforges, é claro). Mas como encontrar um que seja bom, que atenda às suas necessidades e as da sua bike? Nesta publicação falo um pouco sobre a minha procura até encontrar um bagageiro ideal para mim, o que pode te ajudar a encontrar um bom para você também.

Como já havia relatado aqui no FOTO E BIKE, comprei minha bicicleta em 2016 e um dos objetivos era utilizar o equipamento para fazer o deslocamento diário para o trabalho. Porém, fazer isso com mochila nas costas é um tanto ruim, então precisei buscar outras opções.
 
No começo, eu usava mochila mesmo. Só que o suor fica incomodando bastante, pois ela não tinha espaço para ventilação. Após isso, fiz várias buscas por bagageiros para bicicleta aqui em minha cidade, mas não encontrei nada que se adequasse na minha bicicleta: uma aro 29, com freios à disco e sem furação para esse tipo de suporte.

Abrindo um parêntese, fiz uma publicação sobre um outro tema que também pode te interessar. Nela falo um pouco sobre alguns acessórios para bike que comprei na China e conto se valeu a pena ou não. O nome da publicação é Acessórios para bike: vale a pena comprar da China?. Confira esse post!

Voltando ao assunto, apelei para internet e comprei um. Como haviam modelos muito caros e a grana estava curtíssima, peguei um bem simples (e que não era para o meu tipo de bike) e tive que fazer várias adaptações. Ficou até bom, mas quando o alforge estava cheio e as vias muito esburacadas, o conjunto ficava trepidando demais e os parafusos com muita folga (não sou engenheiro e deu nisso!).

Minha bike com bagageiro adaptado que não deu muito certo

Já em 2018, retomei o projeto de vir pedalando para o trabalho. A decisão foi tomada por causa do preço muito alto do combustível (em minha cidade, Petrópolis, tem postos com R$ 5,19 o litro da gasolina comum). Como consequência, tive que resolver o problema do bagageiro para poder fazer os 15Km ida e volta para o trabalho. Voltei a procurar na internet, mas ainda sem poder investir em produtos como Topeak e outras marcas top de linha neste assunto.

A solução foi alcançada com o bagageiro da Yamada, modelo H27-4, com blocagem de para canote. Com capacidade para suportar 9Kg ou até 25Kg se utilizado com as duas barras de reforço que vem junto com ele, o item atendeu às minhas expectativas e o preço também estava dentro daquilo que eu podia pagar sem ficar duro: R$ 120,00.

Já com o bagageiro instalado (relou escada, por isso as marcas)

O produto é fabricado em alumínio e é ideal para bikes com freio à disco. Como a fixação é feita no canote do selim e o aperto feito através de blocagem, não é preciso que a bike tenha furações e nem necessita de adaptações. Pode ser instalado em canotes de 22,2 à 31,8mm.

Detalhe da blocagem

Um detalhe muito importante: estou usando esse bagageiro da Yamada há quase um mês. Até agora, os parafusos não apresentaram nenhum sinal de folga e ele não fica batendo ou vibrando.

Fixação da barra da barra de reforço no seat stay

O ponto negativo do produto é que ele não veio com manual de instruções. Achei que tinha acontecido apenas comigo, mas vi relatos em vídeos e outros blogs falando a mesma coisa. Você também precisará de, pelo menos quatro ferramentas diferentes para conseguir instalar o mesmo por completo (isso é, com as barras de reforço - que não são "obrigatórias"). Mas, não é difícil.

Vou deixar o link do vendedor onde fiz a compra no Mercado Livre para que, caso se interesse, possa fazer a aquisição também.
Leia mais...

VÍDEO | Tombos e quedas no Downhill e Freeride

Ver os bikers descendo escadarias e grandes ladeiras sempre causa uma agonia e a gente costuma ficar pensando: “ah se ele cai ali”! No YouTube, encontramos esse vídeo onde o pessoal do canal Passion Production reuniu uma série de tombos e quedas impressionantes.


As cenas são de arrepiar e podem dar medo, mas o negócio é não desanimar do esporte. Veja no vídeo abaixo.

Leia mais...

quinta-feira, 14 de junho de 2018

VÍDEO | Carro atinge ciclista e câmera flagra tudo

O ciclista fez a sua parte: veio na mão correta e, na sinalização de parada obrigatória, parou. Já o motorista do carro na contramão e só parou porque ouviu o barulho e o veículo balançou. Ainda bem que parou para, ao menos, prestar socorro.

Para pedalar, todo cuidado ainda é pouco!

Leia mais...

Tour de France 2018 pode ter trajeto alterado por causa da chuva e inundações

Crateras na estrada. Foto: Twitter/Météo Pyrénées
A chuva que caiu - e ainda cai - na França na primeira quinzena de junho deve causar mudanças em algumas etapas do Tour de France devido à deslizamentos de terra e estradas danificadas.

A região dos Pireneus, onde estão algumas das montanhas mais importantes da competição entre as etapas 17 a 20 sofreu vários danos com as chuvas desta semana.




De acordo com o serviço de meteorologia francês, as condições climáticas, marcadas por tempestades e inundações, são excepcionais. O fenômeno é explicado pela presença de uma massa de ar quente e instável que persiste no país. A partir desta quarta-feira (13), as correntes marítimas trarão um ar mais úmido e mais estável, típico da estação.

O Tour de France começa no dia 7 de julho e vai até 29 do mesmo mês, com início na comuna francesa de Noirmoutier-en-l'Île e final na cidade de Paris sobre um percurso de 3329 quilômetros. É preciso aguardar para ver qual decisão vai ser tomada pelos organizadores para esta que será a 25ª edição do evento.
Leia mais...

quarta-feira, 13 de junho de 2018

Bike é roubada em Petrópolis (RJ): quem tiver informações, avise

Foto: Instagram Mariana Bruno
Esse é o tipo de notícia que não gostamos de dar, mas que, infelizmente, é algo que ocorre em muitas cidades do Brasil: mais uma bike foi roubada.

Mariana Bruno publicou em seu Instagram que a bicicleta do seu pai foi roubada ontem, 12 de junho, no quintal de casa no bairro Nogueira, Petrópolis (RJ). É uma bike TSW preta com detalhes amarelos. Mariana pede que caso haja qualquer informação entrem em contato com ela (pelo Facebook ou Instagram).




Leia mais...

terça-feira, 12 de junho de 2018

Bike do Itaú terá tarifa zero no plano diário nos dias de jogos da Seleção Brasileira


Para facilitar a mobilidade das pessoas nos dias dos jogos, o Itaú Unibanco e a Tembici (operadora dos sistemas de bicicletas compartilhas) irão zerar a tarifa do plano diário do Bike Itaú sempre que o Brasil entrar em campo.

A ação, segundo o banco, já está valendo desde este domingo, 10 de junho, quando a Seleção Brasileira enfrentou a Áustria em jogo amistoso, e é válida em todas as praças atendidas pelo projeto: Pernambuco, Porto Alegre, Rio de Janeiro, Salvador e São Paulo – além do Bike BH, onde o sistema é operado pela Serttel.




O objetivo da iniciativa, segundo nota do Itaú, é "estimular o uso de outros modais de transporte urbano, além de promover um olhar mais solidário e mais ecológico sobre a questão da mobilidade nas cidades".

Quem não for usuário do programa e quiser ter acesso às bikes precisa se cadastrar pelo site bikeitau.com.br, no aplicativo Bike Itaú ou nos terminais de autoatendimento.

As regras para uso do sistema nos dias de jogos serão as mesmas do resto do ano: não há limitação no número de empréstimos que podem ser realizados, desde que cada período não ultrapasse uma hora de duração, com intervalo de 15 minutos entre uma utilização e outra. Em caso de descumprimento dessas diretrizes será cobrada multa de R$ 5 por hora.

Com informações de Itau Tembici
Leia mais...

VÍDEO | Pegar KOM no Strava sem fazer esforço

Talvez essa seja a forma mais "louca" para conseguir pegar um KOM no Strava sem ser necessário muito esforço. Mas fica uma observação: você tem que ser muito, mas muito insano, muito corajoso e, se tiver sorte, pode ser que fique vivo no final da aventura.

Confira aí no vídeo e, já alertamos: crianças, não tentem isso em casa!

Leia mais...

segunda-feira, 11 de junho de 2018

ReTyre: banda de rolagem nova usando zíper

A empresa norueguesa reTyre anunciou recentemente o lançamento dessa nova tecnologia para pneus de bicicletas. A ideia apresentada por eles promete ser inovadora e vai ajudar bastante àqueles ciclistas que pedalam em vários tipo de terreno.


De acordo com o site deles, essa nova tecnologia "é um sistema de pneus modular com zíperes integrados, permitindo que você mude a banda de rolagem em segundos".

Se isso for como promete ser, vou querer um (dependendo do preço), visto que uso a bike em meios urbanos e, aos fins de semana, gosto de fazer um giro pela terra.

Confira abaixo um vídeo produzido pela empresa mostrando como é o funcionamento do produto.

Leia mais...

Basílica de São Paulo fora dos Muros, em Roma: lugar impressionante

Como o próprio nome do blog diz, aqui é um lugar para dois hobbies: Foto e Bike! E como tal, compartilho com vocês essa foto que fiz durante uma viagem à Roma.

Details of the ceiling of the Basilica of Saint Paul Outside the Walls in Rome.
Foto: Davi Corrêa (direitos reservados)

É uma bela imagem, não é? É o teto da Basílica Papal de São Paulo fora dos Muros. Na imagem - além dos belos traços do teto - é possível ver os medalhões redondos com mosaicos que retratam os retratos Papas desde o século V (salvo engano). Casa vez que é eleito um novo Pontífice, um novo retrato é feito.




Fica a dica: se for viajar para Roma, visite a Basílica Papal de São Paulo fora dos Muros e também as outras Basílicas Maiores.

Um pouco sobre o equipamento utilizado


A foto foi feita com uma GoPro HERO4. Gostei, pois a lente dela é grande angular, mas, durante muitas outras oportunidades durante a viagem, fiquei arrependido por não ter levado minha DSRL. Como foi minha primeira viagem para fora do país fiquei com medo de ser roubado (gato escaldado tem medo de água fria).
Leia mais...

Bike: melhor opção para fugir do trânsito


Mesmo em uma cidade longe das dimensões gigantescas como Rio de Janeiro e São Paulo, Petrópolis - cidade onde resido e trabalho - tem um trânsito de veículos estressante.

Por aqui as ruas não são tão grandes, mas há muitos carros e nem todos os motoristas respeitam as leis de trânsito (desconfio que alguns nem a conhecem) e outros tem péssima educação. Outro agravante em minha cidade é o preço do combustível. No lugar onde abasteço o litro está em torno de R$ 5,19. A passagem de ônibus custa R$ 3,90 (e está prestes a ir para R$ 4,20). 

Como gosto de dormir e queria economizar um dinheiro, olhei carinhosamente para minha bike e disse a ela: vou contigo! Ela concordou e digo, com sinceridade, que foi uma excelente escolha, pois pedalar desestressa, exercita e ainda ajuda a manter o dia melhor - pelo menos eu acho.

Ah, e não preciso nem acordar tão cedo para fazer esse deslocamento: consigo fazer o trajeto em 35 minutos, e ainda deixo muitos colegas de trabalhos presos no trânsito.

Fujo do trânsito, economizo dinheiro e ainda me exercito: quer coisa melhor? Pedalar é bom demais. Comprar a bike em 2016 foi uma escolha muito acertada. Quem venham mais pedais!

Leia mais...

quinta-feira, 7 de junho de 2018

VÍDEO | Bicicleta com piloto automático?

Só para descontrair um pouco!

Leia mais...

Por que foto e bike?

Minha bike em frente à Catedral de Petrópolis

Sempre que perguntam qual o meu hobby, minha resposta é: andar de bicicleta e fotografar. Sendo assim, resolvi criar um lugar onde eu pudesse compartilhar algumas situações que envolvem estas duas atividades que gosto de fazer.

Vale lembrar que não sou ciclista profissional. Comprei a bike em 2016 após perceber que não estava fazendo nenhuma atividade física. Gostei e quis mais: não só comecei a pedalar por algumas trilhas e estradões da minha cidade, mas também, às vezes, utilizo o mesmo equipamento para fazer o deslocamento diário para o trabalho (é uma boa economia).




Em se tratando de fotografia, comecei a mexer com este tempo por causa da minha participação na Pastoral da Comunicação (Pascom) da Diocese de Petrópolis. Fui gostando, pesquisando e... voilá: me apaixonei. Não me considero profissional também nesta área, mas fotógrafo amador.

Visite meu portfólio



A ideia aqui é publicar uma vez ou outra o que vi e ouvi enquanto fazia meus deslocamentos de bike, os perigos, divulgar - talvez - novidades de equipamentos, mas não espere que eu seja crítico e emita várias opiniões sobre o assunto. Para tanto, há muitos locais para isto (e o pessoal é bom: eles eu irei indicando ao longo do caminho). Também serão publicadas algumas fotos que tenham relação - ou não - com a bike.

Vamos lá! Será um desafio e vai ser um prazer ter sua companhia, caro leitor.
Leia mais...
 
Copyright © 2021 Foto e Bike • Direitos reservados | Escreva-nos: blogfotoebike@gmail.com
Template Design by BTDesigner • Powered by Blogger
back to top