Mostrando postagens com marcador destaque. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador destaque. Mostrar todas as postagens

sexta-feira, 18 de fevereiro de 2022

Avancini Bikes arrecada doações para vítimas de tragédia em Petrópolis

Locais afetados pela tempestade em Petrópolis (RJ)


A loja Avancini Bikes está recebendo alimentos não perecíveis, roupas, cobertores, itens de higiene pessoal e outros itens para ajudar os moradores de Petrópolis (RJ) que foram afetados pela forte tempestade que aconteceu no dia 15 de fevereiro.

A informação foi publicada no Instagram da Shimano Service Center e a iniciativa será mais um ponto de apoio para arrecadar mantimentos nesse momento tão difícil para Petrópolis.


Há poucos meses da etapa de abertura da Copa do Mundo de MTB XCO, a cidade de Petrópolis foi atingida por uma forte tempestade na terça-feira, 15 de fevereiro, e as chuvas causaram deslizamentos, alagamentos e mortes. A região mais afetada foi o primeiro distrito do município, onde está o Morro da Oficina (Alto da Serra), Quitandinha, Valparaíso e Centro.

Segundo o Corpo de Bombeiros, até a manhã dessa sexta-feira (18) 120 mortes já haviam sido registradas em decorrência da tempestade em Petrópolis. De acordo com o último levantamento da Polícia Civil, 116 nomes constavam na lista de pessoas desaparecidas. Já a Secretaria Estadual de Defesa Civil confirmou que 24 pessoas foram resgatadas com vida e mais de 700 foram encaminhadas para pontos de apoio.

A Avancini Bikes está localizada na Estrada União e Indústria, 8792, Itaipava. A loja fica próxima ao trevo de Bonsucesso e ao lado da 106ª Delegacia de Policial.

Leia mais...

quarta-feira, 9 de fevereiro de 2022

Caloi Henrique Avancini Racing tem 3 novos ciclistas para 2022

Henrique Avancini junto com equipe Caloi Henrique Avancini Racing


Agora os veteranos Edson Rezende (25 anos) e o campeão brasileiro de Mountain Bike Cross-Country Marathon, Ulan Galinsky (23 anos) têm três novos companheiros de equipe na Caloi Henrique Avancini Racing para a temporada de 2022.

A equipe a anunciou a chegada de três novos atletas da categoria Sub-23 para compor o quadro de ciclistas da Caloi Henrique Avancini Racing. São eles: a curitibana Luiza Souza, a paulistana Sabrina Oliveira (ambas com 19 anos), e o brasiliense Cainã Oliveira (20 anos).


Até o fim de 2021, a Caloi Henrique Avancini Racing tinha três atletas, sendo apenas uma mulher. A inclusão de mais uma vaga feminina na equipe consolida o projeto de desenvolver a categoria no Brasil, que sem dúvidas irá beneficiar todo o mercado.

Enquanto Luiza, Sabrina e Cainã recebem estrutura e mentoria para começarem uma trajetória de conquistas nas pistas, Edison e Ulan têm um objetivo principal em mente: os Jogos Olímpicos de Paris em 2024.

"Nós mantivemos o Ulan Galinski e o Edson Rezende, que são os atletas que acredito que já tenham absorvido nosso método muito bem, então com esses dois é mais uma questão de desenvolvimento do que de formação. Nós acreditamos que os dois tenham muito potencial, são atletas com potencial olímpico, então é isso que vamos buscar nas próximas temporadas com eles", explicou Henrique Avancini.

O ciclista da Cannondale Factory Racing ainda contou que os novos ciclistas da Caloi Henrique Avancini Racing são frutos de uma busca por atletas promissores com grandes chances de performar bem utilizando o conhecimento e métodos da equipe.

"É o caso do Cainã Oliveira, atleta que tem uma desenvoltura técnica muito natural. Acredito que ele possa se beneficiar da convivência com o Edson e Ulan, e também trazer um frescor da juventude, da jovialidade para os dois. Junto a isso começamos um programa feminino mais aprofundado, mais dedicado, com um estudo mais minucioso do que podemos fazer para desenvolver mulheres e, foi com esse objetivo que trouxemos a Luiza e a Sabrina, junto com uma nova função de staff para se dedicarem a essas meninas", destaca Avancini. 


O brasileiro ainda ressaltou que "o objetivo é desenvolver um programa feminino dentro do nosso projeto que possa realmente trazer um crescimento para categoria feminina". 

"Traçamos um plano e estou bastante empolgado para ver quais resultados teremos a médio prazo", concluiu Henrique Avancini.

Ruy Avancini, pai de Henrique e ex-atleta, continua com chefe da Caloi Henrique Avancini Racing.

Atletas da Caloi Henrique Avancini Racing


Luiza Souza
19 anos, Curitiba (PR), Categoria Sub-23.

Luiza Souza Caloi Henrique Avancini Racing


Principais conquistas
- Campeã Geral do CIMTB 2021 (Sub-23)
- Campeã da Taça Brasil de XCO 2021 Goiânia (Sub-23)
- Vice-Campeã Brasileira de XCO 2020 (Júnior)
- Vice-Campeã do Brasileiro de XCO 2018/2019 (Júnior/Juvenil)
- Campeã do Ranking Brasileiro de Estrada 2019 (Júnior)

Sabrina Oliveira
19 anos, São Paulo (SP), Categoria Sub-23.

Sabrina Oliveira Caloi Henrique Avancini Racing


Principais conquistas
- Vice-Campeã do Brasileiro de XCO 2021 (Sub-23)
- Campeã do CIMTB Taubaté 2021 (Sub-23)
- Campeã do CIMTB de Araxá e Petrópolis 2019 (Júnior)
- Vice-Campeã do Brasileiro de XCO 2018 (Juvenil)
- Campeã do Brasileiro de XCO 2017 (Juvenil)

Cainã Oliveira
20 anos, Sobradinho (DF), Categoria Sub-23

Cainã Oliveira Caloi Henrique Avancini Racing


Principais conquistas
- 3º Colocado no Campeonato Brasileiro de XCO 2021 (Sub-23)
- Campeão do Brasileiro de XCO 2020 (Júnior)

Ulan Galinski
23 anos, Vale do Capão (BA), Categoria Elite

Ulan Galinski Caloi Henrique Avancini Racing


Principais conquistas
- Campeão do Brasileiro de Maratona 2021 (Elite)
- Campeão da Taça Brasil de XCO 2021 (Elite)
- Campeão da Copa Internacional 2020 (Super Elite)
- Vice-Campeão do Brasileiro de XCO 2019 e 2020 (Sub-23)
- 14º Colocado no Campeonato Mundial de XCO 2020 (Sub-23)

Edson Rezende
25 anos, Lavras (MG), Categoria Elite

Edson Rezende Caloi Henrique Avancini Racing


Principais conquistas
- 3° Colocado na Brasil Ride categoria Open 2021
- 4° Colocado no Brasileiro de XCO 2021 (Elite)
- Campeão Internacional Estrada Real 2019 (Elite)
- Campeão Brasil Ride categoria America Man (2019)
- Campeão do CIMTB 2019 (Sub-23)
- Campeão do Brasileiro de XCO 2019 (Sub-23)

Fotos: Felipe Almeida
Leia mais...

Vendas de bicicletas no Brasil em 2021 mantêm patamar superior ao período pré-pandemia



Um levantamento realizado pela Aliança Bike (Associação Brasileira do Setor de Bicicletas) com centenas de lojistas de todo o Brasil revela que as vendas de bicicletas recuaram 2% em 2021 em relação ao ano anterior. Levando-se em conta que as vendas em 2020 bateram recordes no território nacional – com crescimento de 50% em comparação com 2019 – o momento continua positivo para a bicicleta.

Considerando os dados consolidados do último biênio, as vendas estão em um patamar superior ao período pré-pandemia e a estimativa de vendas do comércio varejista de bicicleta dos últimos anos continua indicando crescimento.

De acordo com o levantamento da associação, em 2021 o mercado de bicicletas viveu momentos distintos. No primeiro semestre os números foram positivos, com crescimento de 34% em relação a 2020 e a franca recuperação das importações dos componentes. Já no segundo semestre, a retração foi de 36% nas vendas de bicicletas em comparação com o ano anterior.


"2021 manteve um ótimo volume de vendas para o mercado, graças especialmente ao primeiro semestre. Os seis meses iniciais do ano passado foram de recuperação das importações, após a escassez de produtos do setor em escala global, por conta da alta nas vendas da bicicleta em todo o mundo. Em consequência, as montagens das bicicletas também cresceram no Brasil, o que alavancou o mercado", explica o vice-presidente da Aliança Bike, André Ribeiro. 

A partir da pesquisa realizada com centenas de lojistas foi possível constatar também que a retração do segundo semestre se deve especialmente a uma queda na procura por bicicletas novas, especialmente entre as chamadas bicicletas de entrada, com valores entre R$ 800 e R$ 2mil. Como comparação, foram justamente estas as bicicletas mais comercializadas durante 2020 e que elevaram os índices de vendas a patamares recordes no país.

Contexto da bicicleta no mercado em 2020 e em 2021


Como explicou Ribeiro, o mercado de bicicletas vivia um momento diferente nos dois últimos anos. Especialmente nos primeiros meses de pandemia, lojas e montadoras precisaram lidar com a falta de componentes e insumos para a linha de montagem das bicicletas. Esta escassez foi causada especialmente pelo boom de vendas mundial, quando as principais fabricantes em nível global não conseguiram atender à crescente demanda.

Desta maneira, em 2020, principalmente, as lojas venderam bikes que já estavam no estoque, além de comercializarem mais bicicletas usadas. Ou seja: houve uma queda na produção e importação de modelos, mas ainda assim ocasionou o pico de vendas.

A queda registrada no segundo semestre do ano passado pode estar associada também a uma maior flexibilização da quarentena e das regras de circulação, com a abertura de comércios e espaços de lazer que ocorreram a partir de junho de 2021.


"Os números da minha loja no ano passado refletem bem a tendência do mercado: no primeiro semestre se estabilizou em alta, assim como o ano de 2020. Já no segundo semestre as coisas deram uma baixada, acredito que também pelo momento econômico negativo, com indicadores como IPCA, alta do dólar e inflação puxando essa fila e mudando o cenário do mercado de bicicletas", explica Graysson Júnior, da loja King Bike, em São José dos Campos-SP.

De acordo com o monitoramento da Aliança Bike, os estoques nas lojas para bicicletas de entrada e intermediárias já estão praticamente normalizados. Contudo, ainda há deficiência na oferta de componentes para o mercado especializado, especialmente de sistemas de transmissão e suspensões.

O que se espera de 2022 para o mercado de bicicletas


Segundo lojistas que participaram do levantamento, a expectativa para o ano de 2022 é positiva, de manutenção do patamar de vendas de bicicletas de 2021. Os profissionais ouvidos, porém, lembram que o otimismo se deve a outro fator: o crescimento considerável pelo serviço de mecânica e revisão de bicicletas, além da compra de acessórios e vestuário.

Isso se dá em decorrência do aumento da base de novos ciclistas que ocorreu desde o início da pandemia, acarretando em uma demanda maior por serviços, principalmente.

Em 2021, a Pesquisa Anual de Comércio Varejista de Bicicletas, realizada pela Aliança Bike com o apoio do Itaú, apontou que os serviços mecânicos aumentaram em 30% em relação a 2020 e já representam mais de 27% do faturamento de uma loja de bicicletas.
Leia mais...

terça-feira, 8 de fevereiro de 2022

Escola Park Tool e Pedale Seguro oferecem bolsa para curso de mecânica de bicicleta


Mecânico de bicicleta montando roda na oficina


O ciclismo pode gerar impacto e inclusão social e contribuir com o desenvolvimento das pessoas ao mesmo tempo em que movimenta o mercado. É nisso que aposta a Escola Park Tool desde 2014, quando idealizou o projeto social Park Tool Inside. E o ano de 2022 já começa com novidade: parceria firmada com a Pedale Seguro oferece a formação profissional em mecânica de bicicletas gratuitamente para jovens de baixa renda.

A nova inciativa funciona da seguinte forma: a Escola Park Tool oferece o Curso de Formação Profissional gratuitamente a pessoas de baixa renda que contemplem aos critérios sociais e econômicos exigidos pelo Instituto Aromeiazero – outro parceiro de longa data da Escola e do Park Tool Inside, que leva formação e emprego para jovens através da bicicleta.


A bolsa de estudos é viabilizada através da parceria com a Pedale Seguro. Cada seguro comercializado para ciclistas do site da Escola Park Tool gera uma comissão. Esse percentual da renda obtida vai direto para o projeto Park Tool Inside, que vai custear toda a formação profissional de uma nova pessoa, com alimentação e transporte inclusos, além do curso propriamente dito.

"A parceria com a Pedale Seguro foi uma forma de otimizar e ampliar o Park Tool Inside, junto ao Instituto Aromeiazero, expandindo seus benefícios sociais. Vemos muitas famílias que não têm condições de viabilizar um curso como este, que pode transformar a vida de muita gente, gerando oportunidade de emprego e renda. Então, é uma forma de tornar acessível uma formação, abrindo as portas do mercado", explica o fundador e diretor de ensino da Escola Park Tool Henrique Zompero.

O acesso ao benefício social –  a bolsa integral para o Curso de Formação Profissional da Escola Park Tool – tem  todos os custos pagos pela própria movimentação do mercado e das vendas do seguro da Pedale Seguro.

Quem é a empresa Pedale Seguro?


A Pedale Seguro é uma empresa pioneira no mercado de ciclismo, tendo criado o primeiro seguro de bikes no Brasil há mais de 15 anos. Com uma plataforma simples, direta e objetiva é possível fazer a simulação do seguro para qualquer bicicleta. Qualquer pessoa pode realizar a simulação e contratação do seguro e, automaticamente, fazer a diferença na vida de outras pessoas, que poderão ter acesso a uma formação.


É uma relação ganha-ganha: ao mesmo tempo em que ciclistas são beneficiados com o seguro para suas bicicletas, esse valor investido impacta diretamente na vida de outras pessoas que estão em busca de uma oportunidade de garantir emprego e renda através do superaquecido mercado de bicicletas.

"Sempre tivemos uma atenção especial à essa parte social, além da visão mercadológica. Com essa iniciativa, desenvolvemos uma parceria para mecânicos e lojas gerarem benefícios aos alunos e futuros alunos através dos seguros. Temos a melhor expectativa possível: podemos contribuir positivamente em todas as pontas, principalmente no lado social", explica o fundador da Pedale Seguro, Luiz Fernando Giovannini.

Como receber o apoio social da Escola Park Tool


A primeira turma do projeto terá início no mês de março – cada turma nova contará com uma pessoa beneficiada, com o curso no formato presencial. O Curso de Formação Profissional inclui os módulos: iniciante, intermediário, avançado, suspensão Rock Shox, suspensão Manitou, relação, freio hidráulico, rodas, Sistemas eletrônicos e Técnico SR Suntour. Ele tem duração total de 109 horas/aula.

Ferramentas para manutenção de bicicletas


A seleção dos participantes é realizada a partir da análise econômica e social e critérios estipulados pelo Instituto Aromeiazero. Jovens de baixa renda, pessoas desempregadas e mulheres com afinidade ao mundo das bicicletas e vontade de empreender têm prioridade.

Para conferir os critérios de seleção e fazer sua inscrição, acesse o site da Escola Park Tool.

Fotos: Divulgação
Leia mais...

segunda-feira, 7 de fevereiro de 2022

Venda de bicicletas no Brasil está em alta nos últimos anos

Bicicleta fazendo sombra no chão


Uma coisa que sempre se percebe é o número casa vez maior de ciclistas pedalando nas diversas regiões do Brasil. Ao ver isso, uma pergunta chega quase sempre de forma inevitável: quantas bicicletas existem no Brasil? É uma curiosidade e tanto, mas será que existe um estimativa para esse número?

A resposta é: claro que sim! E já falamos disso aqui no blog Foto e Bike quando trouxemos um post sobre a pesquisa feita pela especialista em mobilidade urbana e fundadora da Multiplicidade Mobilidade Urbana, Glaucia Pereira, que estimava o número de bicicletas no Brasil.


Pois é, agora já temos mais um levantamento que mostra o quanto o crescimento na estimativa venda de bicicletas está aumentando desde 2018.

Estimativas de vendas no comércio varejista de bicicletas no últimos anos


A Aliança Bike (Associação Brasileira do Setor de Bicicletas) possui um monitoramento de estimativa de bicicletas no Brasil onde informações são baseadas nos dados de produção, montagem e importação de bicicletas e componentes e contempla bikes novas e usadas.

O levantamento realizado pela Aliança Bike contempla o período entre 2018 até 2021 e revela um crescimento constante. Olha só:

2018: 4 milhões de unidades
2019: 4 milhões de unidades
2020: 6 milhões de unidades
2021: 5,8 milhões de unidades

Para os lojistas que participaram do levantamento feito pela Aliança Bike a expectativa para o ano de 2022 é que o crescimento do número de vendas de bicicletas continue positivo. Contudo, os profissionais destacam que o otimismo se deve a outro fator: o crescimento do serviço de mecânica e revisão de bicicletas, além da compra de acessórios e vestuário.

E aí, você também está otimista para 2022?

Foto: Freepik
Leia mais...

quarta-feira, 8 de dezembro de 2021

Projeto com texto de associação dos ciclistas é aprovado na Câmara Municipal de Petrópolis

Ciclistas em passeio pelas ruas de Petrópolis (RJ) - Foto: Denis Eletherio / WhatsApp

Com texto que teve contribuição da Associação dos Ciclistas de Petrópolis (Acipe), a Câmara Municipal de Petrópolis (RJ) aprovou uma Indicação Legislativa para que o prefeito da cidade crie um projeto de lei dispondo sobre a concessão de desconto no IPTU às empresas que incentivarem o uso de bicicleta pelos seus funcionários e clientes.

A Indicação foi apresentada pela presidente da Comissão Especial de Mobilidade Cicloviária, vereadora Gilda Beatriz (PSD), que destacou que "o uso da bicicleta como modal de transporte, é um tema amplamente debatido e a sua implementação é tida como política pública nas cidades mais desenvolvidas do mundo".

De acordo com a presidente da Acipe, Isabella Guedes, a associação teve participação ativa no texto da Indicação Legislativa apresentada ao plenário da Câmara Municipal. A associação dos ciclistas "apresentou algumas ideias baseadas em outras leis e projetos de outras cidades, tanto no Brasil quanto no exterior, e a da redução do IPTU foi uma delas".

Isabella destacou que os ciclistas de Petrópolis sempre enviam propostas à Acipe para serem discutidas e recordou que em 2021 foi feita ampla pesquisa na cidade para determinar o perfil do ciclista petropolitano. Na ocasião, foram entrevistadas mais 700 pessoas que utilizam a bicicleta como meio de transporte.

"A gente viu que tem uma demanda muito grande de pessoas que usam a bicicleta para ir para o trabalho diariamente, pessoas que são clientes e usam a bicicleta para se deslocar até o comércio", afirmou Isabella.

A presidente da Acipe contou que uma das dificuldades apontadas várias vezes é a dificuldade de encontrar locais para estacionar a bicicleta de forma segura. Outro ponto observado é que, em geral, nos locais para onde os ciclistas se deslocam "não tem uma água gratuita, um banheiro e muitas vezes, para os funcionários principalmente, não tem chuveiro para tomar banho".

"Muitas vezes ele (ciclista) se desloca por grandes distâncias e gostaria de tomar um banho, seja na chegada para o trabalho ou depois para sair. Por ser ciclista, ele não tem esse tipo de direito", comentou a presidente da Acipe.

Como resposta, estimular as empresas de Petrópolis a incentivar o uso da bicicleta diariamente pode promover uma mudança que não demanda alto investimento. Como destaca o texto da Indicação Legislativa, "o uso da bicicleta como alternativa de transporte é parte fundamental da mobilidade urbana em nossa cidade". Seguindo o exemplo de cidades do exterior, no Brasil algumas cidades já estão se mobilizando para incentivar empresas ao estímulo ao uso da bicicleta.

"A gente entendeu que seria uma forma interessante de estimular as empresas a investir para facilitar a vida do seu funcionário que usa a bicicleta como meio de transporte. Várias cidades criam esse estímulo. Então, a empresa que atender a uma série de especificações receberia esse selo e também receberia um desconto no IPTU", explicou Isabella.

A Indicação Legislativa foi encaminhada pela Câmara Municipal de Petrópolis à Prefeitura Municipal e agora aguarda análise do prefeito para criar projeto de lei dispondo sobre a concessão de desconto no IPTU às empresas que incentivarem o uso de bicicleta.

Foto: Denis Eletherio / WhatsApp

Leia mais...

sexta-feira, 23 de julho de 2021

GTSM1 lança nova bicicleta full suspension com melhor custo benefício da categoria

Com o melhor custo/benefício da categoria, a GTSM1 Rav3 Blue/Orange Edition é uma bicicleta de alta performance desenvolvida em parceria com Márcio Ravelli


GTSM1 lança a RAV3 - Foto: Divulgação / GTSM1


A GTSM1 anunciou esta semana a inclusão de um novo modelo de bicicleta full suspension à linha de bicicletas desenvolvidas pelo em parceria com o multicampeão de MTB, Márcio Ravelli.

O novo modelo divulgado pela GTSM1 é a RAV3 Blue/Orange Edition, que possui quadro GTS de Carbono Super light modular Toray T700 com suspensão Mastershock MT-30 Air Tapered Boost e grupo Shimano Deore M6100 1x12.

Segundo Ravelli, o modelo é ideal para amadores que buscam alta performance. "Este é um dos modelos mais básicos da linha PRÓ, ideal para quem está evoluindo no cross country ou outras modalidades. É um modelo de transição para atletas amadores que estão começando a competir em alta performance", explica o campeão.

Pesando cerca de 12,5 Kg, a bicicleta GSTM1 RAV3 conta com suspensão Mastershock MT-30, o grande diferencial desta edição limitada, pois permite que atletas intermediários usufruam de um componente profissional. O sistema de 12 velocidades Shimano Deore garante muito versatilidade para o uso misto em diferentes modalidades do mountain bike.

Detalhes da bicicleta GTSM1 RAV3 - Foto: Divulgação / GTSM1


"Os componentes da GTSM1 RAV3 Blue/Orange Edition são resistentes e eficientes. Conseguimos desenvolver uma bicicleta que irá ajudar muitos ciclistas que vivem esta transição para o profissional pois possui o melhor custo/benefício do mercado", conclui Ravelli.

Preço e disponibilidade da GTSM1 RAV3


A nova GTSM1 RAV3 Blue/Orange Edition pode ser adquirida nas revendas da marca em todo o país e também no site da própria marca.

A RAV3 está disponível nos tamanhos 16", 18" e 20" pelo valor de R$ 19.999,00.
Leia mais...

segunda-feira, 31 de maio de 2021

Thiago Velardi "Feio" abre escola de bike em Jundiaí (SP)

Thiago Feio


Lenda nacional das modalidades de gravidade, um dos maiores construtores de trilhas do país e incentivador do esporte, Thiago "Feio" Velardi pretende passar seu conhecimento para novas gerações do MTB.

Conhecido por sua longa carreira com a bike, Thiago Velardi já fez um pouco de tudo sobre duas rodas. Praticando mountain bike desde 1994, ele é um dos maiores incentivadores do esporte no Brasil, sempre organizando provas, andando de bike com sua família e amigos,  participando de eventos e construindo trilhas nos quatro cantos do país, principalmente na cidade de Jundiaí, em São Paulo.

Recentemente, o atleta foi vice-campeão brasileiro de E-XCO. Além disso, ele representou o Brasil no primeiro campeonato mundial de E-MTB da história.

Responsável por boa parte dos cuidados com as trilhas da Serra do Japi, o atleta que ficou conhecido como Feio acaba de apresentar um novo projeto para a região: a Escola de Bike do Feio, um trabalho que promete passar um pouco de seu conhecimento para ciclistas de todas as idades e modalidades, com uma atenção especial para o aspecto social que a bike pode ter na vida dos mais jovens. 

"O objetivo é passar um pouco do conhecimento que adquiri ao longo de mais de 20 anos praticando MTB, e 15 competindo profissionalmente", comentou Thiago.

Escola do Feio - Foto: Fala Biker


"Não quero ensinar apenas a técnica, também assuntos relacionados com a prática do esporte como: noção do equipamento, meio ambiente, boas condutas, manutenção de trilha, leis de trânsito que influenciam a bike, história da bicicleta e do MTB, entre outros assuntos", complementou. 

"Com as aulas, podemos melhorar a cultura dos praticantes para sermos melhores vistos nos ambientes que frequentamos, principalmente pelas comunidades locais. Além disso, iremos realizar projetos sociais com jovens carentes de Jundiaí. Ensinar a andar de bike e ter respeito pela trilha, pela sociedade e pela natureza. Acredito que o esporte é uma ótima maneira de formar cidadãos conscientes", explicou Feio.

Escola de Bike do Feio em fase inicial de implementação


Especialista em criar percursos fluidos das diversas modalidades do MTB, Thiago Feio já deu início aos trabalhos de construção em sua Escola. A ideia é criar um pacote variado de opções, com obstáculos para ensinar ciclistas com diferentes níveis de pedal.

Cultura do Trail Building - Foto: Fala Biker


"Por enquanto, estamos construindo as trilhas, mas já temos bastante variedade de níveis e modalidades do MTB. Já fizemos um circuito para bikes sem pedal, para crianças, área de habilidade, trilhas de descidas e um circuito XCO de alto nível. A próxima fase será a infraestrutura com banheiros, área de alimentação, outras comodidades para os alunos, Pump Track, Dirt Jump e mais trilhas", explicou Feio. 

Devido ao atual momento da pandemia de Covid-19, o início das atividades vai acontecer sem grupos, e a matrícula poderá ser feita de forma mensal, bimestral, trimestral e semestral.

As aulas serão ministradas em até 4 dias da semana, com quatro horários por dia. Provando que a bike é para todos, a idade mínima para se matricular na Escola de Bike do Feio é de apenas 1 ano. Os valores serão divulgados em breve.

"Acreditamos no processo de aprendizado a longo prazo, tanto do lado de quem quer aprender, como do nosso de ensinar. E como nossa metodologia de ensino irá abranger outras disciplinas, é necessário mais tempo para ser produtivo e alcançar melhores resultados", explicou.

Experiência nas trilhas


Tendo estudado Educação Física, Thiago Feio  trabalha ensinando esporte de aventura desde 1999. As aulas de bike começaram no início dos anos 2000, com foco em turistas, treinamentos empresariais, recreação, condomínios e, recentemente, para diversos atletas de Cross-Country Olímpico, modalidade que cada vez mais exige habilidade e técnica dos pilotos.

Aulas para todos os sexos e idades - Foto: Fala Biker


"Minha aluna Fabiana Brandão foi Campeã Brasileira Master de XCO ano passado, depois de 2 meses de aulas específicas, já que ela vem do Cross-Country Maratona, que é menos técnico", explicou Feio, exemplificando um dos frutos de seu trabalho. 

"Faz mais de 10 anos que penso em dar aulas de bike, mas sempre acabei focando em competir, organizar eventos e construir trilhas. Aí, fui adiando este projeto. Agora, com o aumento dos praticantes e muita procura por aulas, decidi criar a Escola de Bike do Feio, em um local projetado especificamente para isso, já que muitos estão dando aulas em trilhas compartilhadas", complementou.

"Em um local exclusivo, a aula torna-se mais eficiente e segura, pois não tem interferência de outros praticantes", finalizou Feio. 

Para saber mais informações, acompanhe a Escola de Bike do Feio no Instagram.

Fotos: Fala Biker
Leia mais...

sexta-feira, 22 de março de 2019

Gravel bike: nova Trek Checkpoint AL3 já está à venda

Gravel bike Trek Checkpoint AL3 2019 - Foto: Trek/Divulgação

A Trek divulgou a versão da Trek Checkpoint AL3 2019, uma gravel bike rápida no asfalto e estável em terrenos mais acidentados. Segundo a empresa, é uma bicicleta que "está sempre pronta para uma aventura".

A bicicleta é equipada com tecnologia econômica e robusta que o acompanha tanto no deslocamento para o trabalho quanto ao explorar estradas de cascalho.




Construída com suportes adicionais para paralamas, bagageiros traseiros e dianteiros, um alforje no tubo superior e um terceiro suporte para caramanhola, a Trek Checkpoint AL3 também é um bom equipamento para realizar cicloviagens.

Trek Checkpoint AL3 2019 com bagageiro - Foto: Trek/Divulgação

O quadro da Checkpoint AL3 é de Alpha Alumínio da série 200, resistente, estável e confortável em suas pedaladas mais longas e difíceis. Suporta o peso acumulado de 125Kg. Já o peso da bike é de 10,44kg.




A versão 2019 da Checkpoint AL3 conta com novos freios a disco Flat Mount, mais leves, elegantes, menores e mais limpos que os freios a disco tradicionais, oferecendo melhor desempenho e poder de frenagem em condições difíceis.

Quer mais informações sobre essa bike? Elas estão disponíveis no site da Trek.
Leia mais...

quarta-feira, 20 de março de 2019

CIMTB publica carta de agradecimento aos participantes da 1ª etapa


A organização da Copa Internacional de Mountain Bike (CIMTB) publicou uma carta de agradecimento a todos que participaram da primeira etapa do evento em Petrópolis (RJ) nos dias 9 e 10 de março.

Foi a primeira vez que a CIMTB desembarcou em Petrópolis e, de acordo com a organização, "foi muito gratificante ver o carinho com que todos nos receberam e, também, aos atletas".



E por falar em CIMTB, confira o site Bike aos Pedaços publicou algumas fotos registradas pelo nosso fotógrafo Davi Corrêa. Confere lá!

Leia abaixo a íntegra da carta da CIMTB


Prezados (as),

Primeiramente, gostaríamos de agradecer a todos que estiveram conosco nesta etapa, que aconteceu de 9 a 10 de março. Tivemos cerca de 700 atletas inscritos o que significou mais de 3 mil pessoas de outras cidades em Petrópolis somente em função do evento neste primeiro ano e 40% deles não conheciam a cidade.

Petrópolis foi o destino da Copa pela primeira vez e foi muito gratificante ver o carinho com que todos nos receberam e, também, aos atletas. É por isso que acreditamos que o projeto de longo prazo tem grande potencial para se tornar o maior evento da cidade em alguns anos, como já aconteceu em outros locais.  Com o passar dos anos, mais atletas vão comparecer vindos dos lugares mais distantes do Brasil e de outros países junto com a imprensa. É uma questão de confiança e isso leva tempo.



Através do Ilmo. Prefeito Bernardo Rossi agradeço a todos que estiveram envolvidos com a realização do evento, contribuindo com sua dedicação. O sucesso do evento é a soma deste suor e comprometimento coletivo e a Prefeitura Municipal tem um papel vital no sucesso em todo este processo.

A nossa intenção sempre foi agregar e unir os empresários, secretarias, imprensa, entidades, população, órgãos ligados à segurança pública, etc. para terem uma prova que todos possam frequentar e se sentirem bem em um ambiente receptivo e familiar. Para nós, é muito importante trazer um público para a cidade que está ligado ao esporte e a valorização da saúde, da família, da preservação ambiental, do respeito ao próximo, entre outros valores, que fazem com que a tranquilidade da cidade seja mantida apesar da ocupação ser intensa no final de semana.



Outro agradecimento que deve ser feito é para todos os moradores do Vale do Cuiabá, em especial, à família proprietária do Sítio São José que foi sede do evento que acreditou no projeto. Nosso agradecimento, também, ao nosso campeão Henrique Avancini e seu pai Ruy e a todos que se envolveram na construção da pista, limpeza da fazenda, entre muitos outros serviços.

Além disso, tivemos o 32º Batalhão do Exército de Infantaria Leve que foi um dos responsáveis pelo sucesso do evento com sua banda, a Unimed Petrópolis, brigadistas “Águias de Resgate”, equipe SAMU, a empresa TMG do Albert e Daniela, Morelli com seus maravilhosos carros restaurados, Clube do Fusca, food trucks, cerveja Bohemia, hotéis, imprensa, atletas da cidade e todos que estiveram presente nos prestigiando.



Vamos embora de Petrópolis com a consciência tranquila, sabendo que deixamos aqui uma grande quantidade de pessoas felizes e que começam, desde já, a preparar, a cuidar, a pensar e a esperar a etapa do ano que vem. Em 2020, estaremos de volta e contamos com todos vocês novamente para renovar com muita alegria a parceria da CIMTB com Petrópolis, em todos os setores da cidade.

Muito obrigado a toda a comunidade de Petrópolis.

Um abraço,

Rogério Bernardes
Leia mais...

terça-feira, 12 de março de 2019

Convocação da seleção brasileira de MBT XCO


A Confederação Brasileira de Ciclismo (CBC) convoca, de acordo com o UCI Individual Ranking Elite, publicado em 05/03/2019, os atletas abaixo relacionados, para participarem do Campeonato Pan-Americano de Mountain Bike XCO, que acontecerá entre os dias 02 e 06 de abril, na cidade de Aguascalientes, no México.




Critérios de convocação


A convocação tem como objetivo exclusivo o Campeonato Pan-Americano de MTB XCO 2019. Para selecionar os atletas convocados, foram adotados critérios objetivos, fundamentados em resultados esportivos (Campeonatos Brasileiros, eventos nacionais, internacionais, e demais resultados de competições recentes), e também critérios subjetivos, como fator idade, renovação da base, surgimento de novos atletas com alto índice técnico e atletas que tenham apresentado resultados crescentes significativos ao longo da última temporada.




Além dos critérios citados, os convocados não podem estar envolvidos em processos disciplinares ou de Doping, devem estar de acordo com o Código de Ética da CBC e mostrar  total condições físicas e técnicas.

Atletas convocados:
Luiz Henrique Cocuzzi
Guilherme Gotardelo Muller
Jaqueline Mourão
Raiza Goulão

Carlos Polazzo - Técnico
Leia mais...

terça-feira, 5 de fevereiro de 2019

Empresa envia bicicletas de 3 mil dólares em caixas de TV para evitar danos no frete

Caixa usada pela empresa para enviar bicicletas

Para solucionar os problemas com danos às bicicletas durante o transporte, uma empresa holandesa de bikes elétricas, a VanMoof, passou a fazer o envio de seus produtos, que custam a partir de $3000, em caixas de TV.

Quem já recebeu bicicletas arranhadas ou com algumas partes amassadas devido à falta de cuidado durante o transporte sabe o quão ruim é receber um produto em tais condições. A ideia criativa da VanMoof reduziu os danos na bicicletas, visto que os entregadores manuseiam com mais cuidado o objeto ao pensarem que se trata de uma televisão frágil.

"Estávamos sofrendo enormes danos na entrega, especialmente nos EUA, e enfrentando grandes despesas com devoluções, substituições e reembolsos", disse Taco Carlier, co-fundador da VanMoof, à CNNMoney.

A VanMoof começou a adotar essa estratégia em 2016 e desde então, os problemas com bicicletas danificadas durante o processo de transporte para entrega reduziram para menos de 80%.

"Foi realmente incrível", disse Carlier. "Quase não recebemos mais reclamações".

Bicicleta da VanMoof
Bicicletas da VanMoof custam a partir de $3000. Foto: Divulgação

A iniciativa do pessoal da logística da VanMoof foi tão genial que a empresa não pode nem ser questionada por fazer propaganda enganosa. Eles não informam que existe de fato uma TV dentro da embalagem. Só há desenhos do aparelho impresso na caixa e dentro dessa ilustração, uma bicicleta. Uma estratégia brilhante.
Leia mais...

terça-feira, 29 de janeiro de 2019

VÍDEO | Kriss Kyle salta de helicóptero com uma bike e faz performance incrível em Dubai


Um dos melhores pilotos escoceses de BMX, Kriss Kyle fez uma performance impressionante em Dubai saltando de um helicóptero e seguindo um percurso até terminar no parque aquático. Confira as imagens impressionantes no vídeo que foi divulgado pela Red Bull.
Leia mais...

terça-feira, 22 de janeiro de 2019

CIMTB Michelin abre as inscrições para a temporada 2019


Uma oportunidade que vai economizar tempo e dinheiro. É isso que a Copa Internacional Michelin de Mountain Bike (CIMTB Michelin) propõe ao disponibilizar para os competidores um combo com as inscrições para todas as etapas do evento de 2019. A organização elaborou um pacote para os competidores correrem todas as etapas por um valor promocional e terem a chance de somar os pontos de todas as competições, o que fará diferença no resultado final da temporada. O valor de cada pacote depende da categoria dos atletas. A promoção vai até o dia 3 de março. Acesse e se inscreva para todas as etapas.




Desta vez, a primeira parada será em Petrópolis entre os dias 9 e 10 de março. Berço de atletas do mountain bike, como o campeão mundial de Maratona Henrique Avancini (Cannondale Factory Racing) e a campeã Pan-americana juvenil 2018, Giuliana Morgen (Sense Factory Racing), as competições acontecem entre os dias 9 e 10 de março no Vale do Cuiabá, na região de Itaipava. O evento vai oferecer provas de Cross Country Olímpico (XCO) e Cross Country Short Track (XCC) para a SuperElite. Para as demais categorias da CIMTB Michelin e Copa Sense Bike Amadores, os atletas irão pedalar na pista de XCO.

A etapa seguinte é em Araxá, que se consolida em 2019 como uma das três no mundo com classificação Stage Race Hors Class (SHC) pela União Ciclística Internacional (UCI) e única na América Latina. A prova tem um novo formato este ano para a Super Elite Masculina e Feminina, sendo quatro dias de competições, de 25 e 28 de abril. A terceira etapa será em Ouro Preto nos dias 29 e 30 de junho. Congonhas fecha o calendário nos dias 17 e 18 de agosto.




O valor para as quatro etapas de 2019 para a Super Elite Masculina e Feminina é de R$ 940 incluindo todas as provas do ano, Cross Country Olímpico, Short Track, Time Trail, Maratona e Desafio da Ladeira. As demais categorias da CIMTB Michelin poderão garantir todas as etapas por R$ 540. Cyclocross, E-Bike, Sub65, Over65, PNE podem garantir o pacote por R$ 270. O combo para os atletas da Copa Sense Bike Amadores é de R$ 320. O valor não inclui a taxa do boleto.

A organização incluiu o pacote para facilitar as inscrições para os atletas que desejam correr a CIMTB Michelin durante todo ano de 2019. “Voltamos a dar esta opção a pedidos dos atletas que estão conosco em todas as etapas. É uma chance de pagar mais barato na inscrição e faz parte de uma série de novidades que estamos implantando este ano”, comenta Rogério Bernardes organizador da prova.

Etapas CIMTB Michelin 2019


A primeira etapa da CIMTB será uma estreia. A cidade de Petrópolis é palco da CIMTB Michelin com Cross Country Olímpico (XCO) Classe 1 e Short Track (XCC) Classe 3 com 70 pontos para o campeão no ranking da União Ciclística Internacional (UCI). O evento também oferecerá o XCO para categorias da CIMTB e Copa Sense Bike de Amadores.

A segunda parada é em Araxá. Em 2019, a etapa será uma das três provas do mundo classificada como SHC, na qual o atleta campeão soma 160 pontos no ranking da UCI. A novidade é que o evento acontece durante quatro dias para a Super Elite e vai exigir muita força e físico dos atletas já que começa com uma Maratona (XCM) na quinta-feira, seguida do Time Trail (XCT) de sexta-feira, o Short Track (XCC) de sábado e encerrando a competição, o Cross Country Olímpico (XCO) de domingo. A decisão será a partir da somatória de tempos das quatro provas. Para as demais categorias, acontecerá o XCO no sábado e no domingo.




A terceira etapa é em Ouro Preto. O evento continua com o formato de 2018 e com uma etapa da UCI Junior Series. A competição oferece para a Elite o XCC e o XCO com 70 pontos para o campeão no ranking mundial. Para as categorias da CIMTB e Copa Sense Bike de Amadores as provas de XCO acontecerão no sábado e no domingo.

Fecha o calendário a etapa de Congonhas. O evento vai oferecer pelo 14º ano, o tradicional Desafio Internacional de Maratona para a Super Elite e também para as categorias da CIMTB e Copa Sense Bike de Amadores. O evento soma pontos para o ranking da UCI Marathon Series.

“O Calendário de 2019 ficou excelente, bem distribuído, e será decisivo na soma de pontos do Ciclo Olímpico de Tóquio 2020. Teremos muitas novidades que prometem deixar a CIMTB ainda mais atrativa e disputada para os atletas, equipes, patrocinadores e público. Será um verdadeiro show a cada etapa”, comentou o organizador Rogério Bernardes.
Leia mais...

sexta-feira, 18 de janeiro de 2019

Caloi Avancini Team divulga vídeo de lançamento da equipe 2019

Atletas da Caloi Avancini Team. Foto: Hudson Malta

"O Mountain Bike é um esporte complexo, não depende só do que você faz, mas principalmente de como você faz", é uma das frases de Henrique Avancini no vídeo de lançamento da equipe Caloi Avancini Team 2019 publicado nesta sexta-feira, 18 de janeiro. Nesta temporada o time contará  com três atletas: Marcela Lima, Pedro Lage e Edson Rezende.





Leia mais...

quarta-feira, 16 de janeiro de 2019

Strava inclui handbike e cadeira de rodas no App


Um dos aplicativos mais populares para monitoramento de atividades físicas, o Strava incluiu handbike e cadeira de rodas na sua lista de exercícios nas últimas duas atualizações que ocorreram em 2019.

Versão 80.0.0, atualizada em 7 de janeiro, a 81.0.0, de 15 do mesmo mês, já trazem estas duas formas de atividades em sua listagem.




As atividades feitas na cadeira de rodas e a prática do ciclismo com handbikes já ocorrem faz tempo. Por mais que o Strava tenha demorado a fazer essa inclusão, ela ainda chegou em boa hora.



Leia mais...
 
Copyright © 2018-2022 Foto e Bike • Direitos reservados | Escreva-nos: blogfotoebike@gmail.com
Template Design by BTDesigner • Powered by Blogger
back to top